Dreamcatcher segue livrando o rock do ostracismo com “Deja Vu”

Depois que o hype de “Menininhas pop teen se transformando em góticas trevosas a serviço de satan” passou pra mim, Dreamcatcher perdeu o apelo nas minhas playlists. E o problema nem é delas, pois as músicas delas continuam sendo boas, consistentes e com uma produção única dentro do K-pop, e sim que não bate com o meu gosto mesmo, e “Deja Vu” acaba sendo mais um exemplo disso:

A música é boa? Sim, e muito. Gosto desse tipo de progressão com versos mais contidos e intimistas e um refrão mais explosivo e marcante, pra mim isso funciona quase sempre em uma música e o contraste que essa música dos versos quase servirem uma baladinha e o refrão entregar o rock mais pesado que se espera do grupo deixa tudo ainda mais efetivo pra elas. O MV também é lindíssimo, o CGI segue muito bem feito e a estética do grupo dá uma identidade muito forte pras meninas se compararmos com o Kpop num geral, mostrando queo Dreamcatcher tem um conceito muito legal que tem muito a ser explorado (Embora tenha vários momentos em que me parece que elas estão fazendo a mesma coisa que já fizeram antes com figurinos/visuais diferentes).

No geral “Deja Vu” é outro forte lançamento do Dreamcatcher, mas isso vai durar na minha playlist? Sendo honesto, não vai. É como eu disse, não faz o meu estilo e nem vou botar na minha playlist pois sei que vou preferir ouvir alguma farofa nugu trashissima ou até mesmo as velhas da época de Minx, mas o Dreamcatcher tem um nicho que vai sustentar o grupo e eu tenho certeza de que, com o público de headbangers certo, elas vão se consolidar e dar muito orgulho para essa nação rosqueira.

Caralho, Lunei.

4 comentários em “Dreamcatcher segue livrando o rock do ostracismo com “Deja Vu””

  1. Não achei essa música a melhor que elas já tiveram (é boa, mas elas têm melhores), mas o MV… tá maravilhoso!

    E considerando o gosto estranho dos coreanos, talvez o fato dessa não ser a melhor música delas possa até ajudar elas a conseguir sua primeira vitória num music show da vida. Boa sorte, rainhas trevosas!!

    Curtir

  2. Dsd Fly High Dreamcatcher nunca foi o mesmo. O problema de se trabalhar com uma temática tão limitada é o da saturação, não importa quão boa sejam as outras canções, elas sempre vão soar como cópia ou como se algo estivesse faltando( o que falta nesse caso é o felling do momento que as primeiras músicas tinham).
    Espero que as meninas se reinventem (meio improvável ) ou ao menos modifiquem a fórmula um pouco mais.

    Curtir

  3. Eu particularmente amei Deja Vu, gosto desse estilo rockerinhas do DreamCatcher.
    Concordo com a questão de que os lançamentos delas sempre ficam parecidos por conta disso, mas não me incomodo. Apesar de ser “repetitivo” no catálogo delas, no geral, é sempre diferenciado, com a onda de teen crush / teen aegyo que está em alta no kpop ultimamente.
    E tbm da pra notar que elas estão mesclando cada vez mais a pegada do rock com o pop. Em passos lentos, mas ta acontecendo.
    O MV tá belíssimo, os cenários e figurinos, eu achei tudo muito lindo.
    E não sei se só reparei nisso agora, ou se nesse MV que valorizou mais, porém, pqp, as minas tão muito LINDAS.

    Curtir

Os comentários estão desativados.