RECAP — Queendom S01E04: A militância contra o vestidinho branco

NO EPISODIO ANTERIOR: As meninas fizeram uns desafios meio bosta pra pagar mico gratuito, Bom comeu um milho e AOA comeu o cu dos gays botando alguns pra bater cabelo ao som de Egotistic. E esse episódio teve uma hora e meia para passar 3 performances e parte dos resultados da segunda rodada, então imaginem o quão carregado foi assistir isso, mas mesmo assim eu vou tentar entregar um recap razoável para vocês (e lembrando que as performances comentadas do 2° round estão nesse post).

 

Screenshot_20190922-191106_Video Player

Continuar lendo RECAP — Queendom S01E04: A militância contra o vestidinho branco

KARD está de volta com o que dá pra se esperar de algo chamado “Dumb Litty”

Os teasers que eu vi do KARD com os integrantes representando deuses da mitologia (E o Thor pois a DSP quer milkar em cima dos marvetes também) estavam até legais e tal mas eu não estava levando muita fé com algo chamado “Dumb Litty”, pois é o tipo de nome que entrega exatamente que a música será um troço tryhard badass difícil de engolir, e o lançamento hoje só cumpriu isso:

Continuar lendo KARD está de volta com o que dá pra se esperar de algo chamado “Dumb Litty”

LABOUM faz a alegria de seus 20 fãs não desistindo e voltando com “Firework”

Alguns grupos simplesmente não nascem pra hitar, né. LABOUM, por exemplo, conseguiu sua primeira vitória com muito esforço com “Hwi Hwi” mas, pro azar delas, foi em cima de um single da IU. Isso acabou trazendo um hate forte em cima do grupo, já que o single não estava charteando e ninguém sabia onde o LABOUM estava vendendo tanto álbum pra vencer a fucking IU, e então a moral do grupo morreu e a ladeira foi grande pra elas. Mas elas não desistiram e seguem com uma jornada regular de comebacks, dessa vez lançando seu 1° full album “Two Of Us” e o single “Firework”:

Continuar lendo LABOUM faz a alegria de seus 20 fãs não desistindo e voltando com “Firework”

Flower anuncia o disband. Agora Washio Reina pode seguir solo sem dançarinas no fundo.

Mal deu para as jpoczinhas comemorarem a discografia da Namie Amuro finalmente chegando no Spotify e outra notícia já fez questão de abalar o mundinho Jpop: Flower, um dos grupos do E.G Family, deu disband.

Continuar lendo Flower anuncia o disband. Agora Washio Reina pode seguir solo sem dançarinas no fundo.

RECAP — Performances do Queendom (Round 2)

E aqui estamos com mais um recap do Queendom, comentando as performances do segundo round de apresentações do programa que foram exibidos na semana passada (Recap do Episódio 3 completo aqui) e hoje (Recap do Episódio 4 nesse fim de semana, provavelmemte). No desafio desse round umas tiveram que fazer covers das outras, e seguem abaixo as minhas opiniões do que elas entregaram nas apresentações:

Mamamoo – Good Luck

Continuar lendo RECAP — Performances do Queendom (Round 2)

Perfume recria as capas de seus álbuns para o CM do “P Cubed” e desafiam os fãs a criarem um PV para “Challenger”

Perfume lançou hoje sua nova coletânea “P Cubed” (Que elas promovem como a primeira coletânea da carreira delas mas que pode ser considerada até como a terceira, dependendo do ponto de vista), e os comerciais do álbum mostram mais uma vez que Perfume é a verdadeira revolução recriando as capas dos álbuns de estúdio do grupo lançados até aqui:

Continuar lendo Perfume recria as capas de seus álbuns para o CM do “P Cubed” e desafiam os fãs a criarem um PV para “Challenger”

Dreamcatcher segue livrando o rock do ostracismo com “Deja Vu”

Depois que o hype de “Menininhas pop teen se transformando em góticas trevosas a serviço de satan” passou pra mim, Dreamcatcher perdeu o apelo nas minhas playlists. E o problema nem é delas, pois as músicas delas continuam sendo boas, consistentes e com uma produção única dentro do K-pop, e sim que não bate com o meu gosto mesmo, e “Deja Vu” acaba sendo mais um exemplo disso:

Continuar lendo Dreamcatcher segue livrando o rock do ostracismo com “Deja Vu”

Morreu ou foi pra re(CORD)? Koda Kumi anuncia seu DÉCIMO SÉTIMO álbum de estúdio

O inevitável aconteceu: Koda Kumi anunciou seu 17° álbum (Isso mesmo, a bicha já tá indo para o álbum de número DEZESSETE) para o dia 13 de novembro, com o conveniente nome “re(CORD)” (Entenderam agora o trocadilho no título? Nossa minha mente às vezes me surpreende de tão brilhante).

 

Continuar lendo Morreu ou foi pra re(CORD)? Koda Kumi anuncia seu DÉCIMO SÉTIMO álbum de estúdio

Vampironas do IZ*ONE se preparam para o Halloween com o novo single japonês “Vampire”

Com o verão japonês acabando, a tendência agora é de surgirem lançamentos temáticos de halloween no país, por ser uma data temática bem comercial por lá. Indo nessa onda o IZ*ONE lançou seu terceiro single japonês “Vampire”, e como o nome sugere, traz o grupo num estilo mais vampiresco e halloween fantasy para milkar bem em cima do lançamento oficial no próximo dia 25:

Continuar lendo Vampironas do IZ*ONE se preparam para o Halloween com o novo single japonês “Vampire”

RECAP — Queendom S01E03: LGBTs, limões e milho

NO EPISÓDIO ANTERIOR: (G)I-DLE fez um pacto em tailandês fortíssimo que levou o grupo direto pro #1. Lovelyz soltou um batidão rampeiro em cima da música mais aegyo da carreira e se lascou. Para o 2° round Idle escolheu Park Bom para fazer um cover delas sendo que ela provavelmente só soube da existência do grupo no programa mesmo, e no que isso vai dar?

Screenshot_20190914-233601_Video Player

É com Jimin tendo uma crise sabendo que vai ter que fazer um cover do Mamamoo que começamos esse recap

Continuar lendo RECAP — Queendom S01E03: LGBTs, limões e milho