“So What” não é esse desastre todo, mas Loona ainda ficou devendo com essa demo chutada de boygroup da SM

Foi quase 1 ano de espera e cheques voltando, mas Loona finalmente está de volta com “So What” e seu 2° EP “#”. As prévias geraram momentos de tensão pois não teve uma prévia de áudio bom saindo pelos teasers e geral estava esperando por uma bomba catastrófica que iria unir as duas Coreias na base do caos e destruição, mas com o lançamento hoje a gente comprovou que “So What” não era esse desastre todo que os teasers prometeram… Mesmo que a música ainda deixe um gostinho bem amargo de engolir:

Mais cedo foi anunciado que o Lee Soo Man estava envolvido na produção do comeback do Loona, o que criou um alvoroço absurdo (e até certo ponto inesperado) na fanbase mas explica muito sobre “So What” pois, se julgar por todas as músicas tryhard que a SM já lançou, o Lee Soo Man não é muito bom nesse tipo de som. “So What” grita muito aquelas demos bagaceira que a SM lança como single prum NCT da vida (Ou pior ainda, lembra fácil aquela “Jopping” do SuperM) e isso não é algo que o Loona deveria estar lançando, mas por ser do Loona o single acaba sendo mais aceitável (Ou seja, se fosse mesmo o NCT lançando isso seria uma merda e vocês sabem muito bem).

O batidão acelerado dos versos combinado com os vocais delas ficou legal (mesmo com algumas vozes não sendo fortes o bastante para esse tipo de música), o refrão chupado de algum single do ITZY ficou ruim mas ainda funciona dentro dessa música e esses “I’m so baad” se prolongando no final de cada refrão entreteu nas 5 primeiras vezes que ouvi e depois só pareceu truque pra encher música mesmo (Deviam ter mantido o “I’m so bad” só na intro mesmo que ali ficou muito bom). Toda a experiência melhora com o MV que imbatível o melhor do Loona até aqui com elas sempre servindo um deleite visual e uma coreografia icônica, e acho esse MV o mais dinâmico dos 3 vídeos principais do Loona até aqui pois não pesa tanto a mão em ilustrar o enredo do Loonaverse e mistura isso com takes de puro entretenimento para as massas. Pra quem é de fora da fanbase acredito que esse seja o MV que mais prende a atenção, mas a música acaba não sendo tão legal assim no meio desses acertos e erros.

O que deu certo? É uma demo de boygroup que parou nas mãos do Loona, e já é comprovado cientificamente que um girlgroup sempre melhora uma demo safada de boygroup badass. O que deu errado? É uma demo de boygroup que parou nas mãos do Loona, e isso não acrescenta em NADA pra elas naquela ideia que a BBC quer vender de um grupo único no Kpop. “So What” não é o desastre todo que os teasers estavam prometendo, mas o último grupo que eu imaginaria indo nessa direção é o Loona, e isso foi decepcionante em um certo nível.


Hidden gem: Oh (Yes I Am)

O álbum todo também não é grande coisa, mas isso aqui é Loona emulando GWSN emulando f(x) naquilo de house safado pros gays, então é claro que eu ficaria de 4 por elas usando uma ótima referência pegando uma demo certa ao invés dessa bagaceira que usaram pra Title Track. Lembram quando disse que algumas vozes não funcionavam em uma música como “So What”? Pois em “Oh (Yes I Am)” tudo ficou delicioso na medida certa, e nada nem ninguém ficou dispensável na música. Dentro do que elas lançaram, “Oh (Yes I Am)” seria algo que eu particularmente preferiria como faixa promocional delas (Mas acho que dificilmente teria o mesmo potencial sucesso internacional que “So What” tem).

16 comentários em ““So What” não é esse desastre todo, mas Loona ainda ficou devendo com essa demo chutada de boygroup da SM”

  1. Eu achava que elas seguiriam um conceito mais místico, ou indie.
    O carinha da SM apenas pegou o que seria o próximo lançamento pra da Hyoyeon, e deu pra elas.
    Mais um O21, ou Bulldok da vida

    Curtido por 2 pessoas

  2. Entendo as críticas feitas, mas também entendo o lado da BBC. A impressão que eu tenho é que, sem o Jaden Jeong, a preocupação maior não é entregar um single original e impecável, e sim entregar um single com potencial de hitar – daí a ida pro girlcrush (que todo girlgroup vem fazendo), a escolha por colocar o MV também no canal do 1thek (o que divide as visualizações mas leva o vídeo pros assinantes do 1thek) e a ênfase dada ao Lee Soo Man ter produzido a música (já que por algum motivo os netizens se impressionam mais com figurões de agências grandes do que com os próprios idols).

    Agora é esperar pra ver se essa tática vai render resultado na Coreia. Fora dela, já rendeu: o EP pegou #1 no iTunes de 47 países (incluindo Brasil e EUA), o single também foi #1 no iTunes em mais de 17 países (e top 10 nos EUA – dá vontade, né Demi Lovato?), e se o rumor de que a pré-venda chegou a 100 mil cópias vendidas (provavelmente não, mas se chegou a 10% disso já tá ótimo), essa pode ser a era de maior sucesso delas. Não que isso seja difícil, claro.

    Curtido por 2 pessoas

    1. A propósito, algo muito legal nesse EP é que as músicas são bem diversificadas, entregando opções pra todos os gostos. E sim, Oh (Yes I Am) lembra bastante os singles do GWSN – como dizem, ladrão que rouba ladrão…

      Curtido por 2 pessoas

      1. Tomara que sejam. O pior é que, por algum motivo que eu não entendo, a pré-venda não entra na contagem logo de cara (só deve entrar na contagem semanal da Gaon, mas como o EP só saiu hoje, não sei se ele já aparece amanhã ou só semana que vem)…

        Enquanto isso, fora da Coreia o EP delas pegou #1 no iTunes de 54 países – com isso, elas acabaram de quebrar o recorde do Blackpink, cujo EP tinha conseguido #1 em 52 países. É um recorde meio inútil, verdade, mas quem sabe ele não renda uma notinha pra elas na mídia coreana e essa visibilidade ajude elas a conseguirem um comercial de bijuteria ou de frango frito, não é mesmo?

        Curtido por 1 pessoa

      2. As 100k cópias não se concretizaram (pelo menos não ainda), mas no terceiro dia de vendas os números do EP do LOONA saltaram pra 17,7k. Sim, bem abaixo de 100k (e das vendas do GFRIEND e do iKON), mas não deixa de ser um número bastante expressivo pra um grupo pouco popular na Coreia do Sul…

        Curtir

  3. Mais um comentário, só pra dizer que embora a HaSeul não cante em So What, aparentemente ela canta em Oh (Yes I Am) e em Ding Ding Dong. E em 365 também, mas essa a gente já sabia…

    Number 1 infelizmente não tem os vocais da fada do gelo.

    Curtido por 2 pessoas

  4. Só eu que fiquei pensando que o último I’M SO BAD esguelado do refrão se parece muito com a linha da Jessica CAUSE THE GIRLS BRING THE BOYS OUT (também esguelado) na bridge de The Boys?

    Curtido por 1 pessoa

  5. Olha Dougie, acredito nessa ciência também, que música de boygroup funciona bem melhor em girlgroup. Se realmente fosse aquele tal NCT seria a mesmice de sempre

    Curtir

Os comentários estão desativados.