HA:TFELT fala pro pai que a vida é uma merda pra todo mundo em “Life Sucks”

HA:TFELT lançou seu álbum “1719”, e a minha faixa favorita nesse ótimo comeback foi “Life Sucks”, que felizmente não morreu só abrindo o álbum e também ganhou um MV pra chamar de seu:

O MV reflete bem o que ela canta na música. As manchetes de jornal ao fundo mostram todas as matérias que HA:TFELT foi citada por conta do escândalo de fraude do pai, que acabou usando o nome dela para dar uma aliviada na própria barra (Nesse tipo de caso a mídia sempre condena mais a pessoa famosa ligada ao criminoso do que quem realmente cometeu o crime), além de algumas outras notas que, de alguma forma, tentaram manchar o nome da cantora com o público. Eu interpreto a venda como a ausência do pai, que não esteve presente para dar suporte nem mantinha contato com a Yeeun até esses acontecimentos envolvendo a fraude dele, lembrando que tem uma filha famosa e pedindo ajuda pra ela, e o MV se desenvolve através dessa narrativa enquanto ela manda o recado para o seu pai, que tá tristinha por ele ser um criminoso mas a vida é uma merda pra todo mundo, então ele que se vire com os problemas dele pois ela já tem os dela pra cuidar. No final cai um monte de líquido vermelho/sangue na HA:TFELT, que representa o desejo de encerrar com todo esse pesadelo (No final ela canta “Talvez eu puxe o gatilho e termine com tudo isso para nós dois” em um tom mais pensativo, como se não descartasse como opção).

O álbum ainda ganhou outros dois MVs: “Solitude”, onde HA:TFELT canta em um barzinho coreano sozinha uma música de barzinho sobre cantar sozinha…

… E “Cigar”, que na verdade foi gravado em 2018 e era pra ter o seu MV lançado junto com “Pluhmm”, mas acabou sendo engavetado e lançado dessa forma, com uma gravação em projetor (A única explicação que eu vejo pra isso é que o MV foi barrado pelo uso de cigarros e a Amoeba achou esse jeito cult e conceitual para lançar o vídeo de uma forma mais “censurada”).

No geral 1719 é um álbum que transmite “uma experiência crua e verdadeira” sobre a vida da HA:TFELT. Seus medos, anseios, emoções, princípios e personalidade são trransformados em arte, de uma forma que não sirva somente para HA:TFELT extenar seus sentimentos, mas também compartilhar vivências profundas para que outras pessoas possam se identificar e se sentirem menos sozinhas e mais compreendidas em seus pequenos universos.

3 comentários em “HA:TFELT fala pro pai que a vida é uma merda pra todo mundo em “Life Sucks””

  1. Esse álbum foi o melhor lançamento dela pós JYP. Eu tinha achado as últimas músicas bem fracas, mas se encaixaram no album. Eu esperava um álbum fraco, mas, estava enganado. Gostei muito! Life Sucks é minha favorita!!

    Curtir

Deixe uma resposta para starpxxk Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s