MNET fecha o caixão para os mais iludidos e oficializa o fim do IZ*ONE em abril

Apesar de meses tentando enrolar os mais inocentes com uma renovação de contrato e uma tentativa de transformar o grupo temporário em permanente, a MNET oficializou hoje o fim do IZ*ONE para o próximo mês:

Antes do fim o IZ*ONE ainda vai lançar um cover de 3!4! do Roora no próximo dia 12 como parte do projeto “REWIND : Blossom”, e nos dia 13 e 14 elas farão seu concert de despedida “One, The Story”. Nenhuma música de despedida foi anunciada, mas não duvido a MNET já ter uma dessas engatilhada para o mês que vem.

Eu já tinha cantado a bola que essa história de continuar com o grupo era bobagem pela quantidade de gravadoras envolvidas, e como cada uma deve achar mais lucrativo ter suas trainees 100% no contrato deles do que dividindo lucros com a MNET/Off The Record. Claro, com a popularidade do IZ*ONE e o tanto de flops pós-show dos integrantes outros grupos da franquia Produce, o mais inteligente seria manter o grupo e renegociar contratos, mas acho que as empresas confiam que vão criar a nova Chungha de suas meninas em termos de popularidade, então ok, boa sorte.

Acho fascinante como elas nunca superaram “La Vie En Rose”, então fica o link desse hino para embalar esse post

Com as meninas voltando para suas empresas originais, surgem as especulações do futuro de cada uma. As japonesas nem tanto, já que as 3 devem voltar para seus grupos 48 e a Sakura nem deve demorar muito para anunciar uma graduação também, mas para as coreanas fica aquela dúvida sobre debutar solo ou tentar vingar algum girlgroup. Se fosse para apostar, eu diria que ficaria assim:

Kwon Eunbi e Kim Chaewon (Woollim): Devem parar no Rocket Punch (E talvez assim o grupo finalmente ganha um comeback porque né, desde o desastre de Juicy essas meninas sumiram). Talvez tentem engatar algum solo para a Eunbi (Seria a minha aposta de gatinha ex-girlgroup que vira a solista da nação), mas acho que a Woollim é cagona demais para pensar em algo tão “audacioso” assim.

Choi Yena (Yuehua): Nem tem muito o que apostar já que a geral está crente que ela vai direto para o EVERGLOW (E eu também levo fé nisso)

Lee Chaeyeon (WM): Essa deve estar nos planos de algum novo girlgroup da empresa, e levando em conta que o Oh My Girl é o grupo mais fofinho e inofensivo, eu apostaria nesse novo girlgroup indo pela linha mais girlcrush empoderada que já encheu o saco de muitos aí.

Kim Minju (Urban Works): Essa deve estar torcendo para a gravadora ter algum plano em mente antes de perder o hype (E que não envolva música, levando em conta o fiasco que foi a passagem da Minzy por lá),

Jo Yuri (Stone Music): Solista, mas mais nível Somi que Chungha.

Ahn Yujin e Jang Wonyoung (Starship): O que a nação implora é que a Starship tente vingar um novo SISTAR e ressuscitar a trend gostosas de shortinho agarrado no cu no verão que não vinga desde que o próprio SISTAR morreu. O que eu creio que deve rolar é das duas se juntarem com mais umas 3 novinhas da gravadora e criar outra variação de ITZY na Coreia.

Kang Hyewon (8D Creative): Vão tentar vingar um girlgroup novo com ela e mais 60 integrantes, lançar uns 2 EPs e fazer ela perder toda a popularidade individual perdida num grupo gigante.

De qualquer forma, desejo sorte para as fofas em qualquer que seja o destino delas. Que a fanbase do IZ*ONE não se disperse a ponto de não conseguir manter nenhuma delas relevante, e que a fanbase de girlgroups formados em reality show que elas possuem não chute o balde com esse fim para focar as energias no futuro girlgroup que a MNET vai formar esse ano.

4 comentários em “MNET fecha o caixão para os mais iludidos e oficializa o fim do IZ*ONE em abril”

  1. Ah! Finalmente os refrescos! O problema são as meninas coreanas, vai ser difícil vingar em alguma área. Algumas devem ir para a atuação, o que é uma boa já que muito idol só torna-se idol para conseguir uma carreira de atuação mais fácil no futuro, e no caso delas é melhor ainda por não ter tido que passar por um grupo permanente.

    Quanto as que quiserem continuar na música, vai ser bem difícil conseguir algo, só espero que não acabem em grupos como gugudan e PRISTIN e terminem do jeito que esses grupos terminaram.

    As japonesas já estão com a vida ganha. Sakura e Nako já eram extremamente populares no HKT/AKB. Sakura deve promover por mais uns 2 ou 3 anos até se graduar para continuar com seu canal no YouTube (que parece ser um caminho bem comum para ex-48g), Nako tem apenas 19 anos e vai completar 20 esse ano, tem muita carreira pela frente ainda, e a Hitomi que era a mais flopadinha das três pode conseguir mais posições agora, se pá até ganhar uma posição de center em um senbatsu.

    Curtir

  2. Se o disband for o melhor pra elas, então beleza. E realmente, elas nunca superaram o ápice de La Vie En Rose – mas é difícil mesmo, porque é uma música sensacional.

    Que venha agora o Girls Planet 999 (que a Mnet jura que não é um novo Produce), e vamos ver o que sairá dali.

    Curtir

  3. acabei de ver uma notícia de q a sakura assinou ou está em conversas pra assinar com a bighit (???) e como não pesquisei mais afundo n faço ideia se isso é fake ou não, mas q bom pra ela (eu acho), das outras eu não vejo nenhuma das empresas apostando nelas como solistas não, as japonesas voltam pro japão pra entrar nesses grupos de 700 garotas e das coreanas quem não virar atriz, vai pra algum grupo flopar (mas eu torço pra pelo menos o da chaeyeon vingar)

    Curtir

Os comentários estão desativados.