Perfume é um conceito poligonal que dirige um carro virtualmente na ótima “Polygon Wave”

Já tem alguns meses que o Perfume lançou digitalmente seu novo single “Polygon Wave”, mas o trio resolveu segurar o PV para o lançamento físico do EP (Que na verdade é single) nessa quarta feira. Dentro da indústria japonesa isso faz sentido mas, pela demora (E pela videografia icônica do Perfume), dava para esperar algo bem melhor desse vídeo né:

Quer dizer, elas dançam em um cenário com vários polígonos, “dirigem” um carro por alguma rua em outro e no fim tudo se revela como um mundo virtual para representar o quão artificial está o mundo que elas cantam na música. Quase tudo nesse vídeo parece os PVs do capsule, incluindo esses vídeos mais recentes do comeback da dupla em 2021 onde tudo gira na Toshiko ou no Nakata dirigindo um carro.

Aliás, “Future Wave” é maravilhosa. Nakata tá dando tudo de si em 2021 e lançando as melhores produções dele em ANOS.

É mais ou menos a mesma ideia com execuções ligeiramente diferentes, mas no capsule esses vídeos que seguem apenas uma nota funcionam porque o Nakata é um velho com artrite e até hoje ninguém sabe se a Toshiko existe mesmo. Para um vídeo do Perfume falta um pouco mais de ação, umas luzes estourando, uma coreografia melhor destacada, elas olhando para o nada bem reflexivas sobre como a sociedade está afundando em toda tecnologia enquanto elas parecem cada vez mais com androides evangélicos prontos para liderar a revolução dos robôs junto com o FEMM. Sabe, umas coisas aí que deixem o vídeo menos chato e mais… Perfume.

É uma pena o vídeo ser tão desinteressante, pois “Polygon Wave” é a melhor música do Perfume desde, sei lá, 2015?? Esse retorno do Nakata para o retrofuturismo fez muito bem para as produções mais recentes dele, e “Polygon Wave” é basicamente o eletropop meets funky que deu certo por muito tempo nos primeiros álbuns do trio, o vocoder está on point e o refrão (Que é praticamente a música inteira junto ao instrumental) é delicioso. “Polygon Wave” tem aquela coisa estranha mas envolvente, psicodélica e divertida que faz qualquer fã do Perfume se apaixonar pelo grupo, e isso infelizmente faltou (E muito) na hora de fazer esse PV.


Para mais experiências artificiais e sem vida sobre emulações poligonais de japonesas que temos dúvida se existem ou não de fato, siga o Pop Asiático.jpg no twitter: @popasiaticojpg

2 comentários em “Perfume é um conceito poligonal que dirige um carro virtualmente na ótima “Polygon Wave””

  1. Agora fica o questionamento: quem vai ser o próximo ato protégé de Nakatão a gravar música com direito a vídeo de carro sendo dirigido nesse ano? Ami Suzuki? Meg? Pamyuzão? Natsume Mito?

    Curtir

  2. Será que vem ai? Nakata voltando a fazer o que sabe de melhor? Rezando para ele fazer caridade com a Ami já que a última que a velha soltou é bem chinelinha

    Curtir

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: