14 músicas para celebrar o retorno de Jun Hyosung para o K-pop.

A ex-SECRET (R.I.P) e atual personalidade da mídia Jun Hyosung fez uma transmissão ao vivo no V Live onde, entre outras coisas, anunciou que está preparando um novo álbum. Esse álbum pode sair amanhã, mês que vem, esse ano, daqui há duas décadas… Mas não importa, depois de todo inferno que ela viveu na TS (E ainda vive, já que a batalha judicial ainda não acabou) eu já fico feliz e no HYPE de ver uma das solistas mais subestimadas que o K-pop já teve ainda vive entre nós, tanto que vou fazer aqui uma seleção espertíssima de músicas solo da cantora para vocês entrarem na mesma animação.

#01 Don’t Know Women (feat. J.Kyun)

Blurred Lines hitava em todo canto na época em que Hyosung debutou, então não foi tão chocante ver a cantora apostando em um derivado desse hit. Felizmente quase todo derivado de Blurred Lines é bem melhor que a original, e “Don’t Know Women” não é exceção.

#02 Good-Night Kiss

Quando Hyosung debutou solo muita gente não levou muita fé se ela conseguiria sustentar sozinha uma música. E aí ela nos entrega “Good-Night Kiss”, uma canção de ninar safadissima no qual não só Hyosung salvava o pop mas também inventava o TRAP, que anos mais tarde se tornou uma maldição sendo usada por metade dos grupos de Kpop até ninguém aguentar mais.

#03 Lonely Night

Jesus, que single de debut maravilhoso. Não só maravilhoso como bastante pop. “Lonely Night” é animada, tem elementos cativantes, uma batida contagiante e não dá pra deixar de sussurrar tudo que a Hyosung está cantando e tentar (e falhar em) ser tão sexy quanto o ícone.

#04 Come To See Me

“Come To See Me” é basicamente um single de sucesso do AOA com Brave Sound. Tudo grita AOA sem o Heys de Jimin dominando a faixa inteira, mas os sussurros de Hyosung combinam perfeitamente com a faixa, e entregando todo o sex appeal que é o grande forte das faixas da cantora. Hyosung quer te envolver e te hipnotizar quando você a ouve, e obviamente a gente só aproveita as delícias que isso rende.

#05 Into You

Pra mim essa é a title track mais fraquinha da carreira, mas ainda assim é uma popzinho bem gostoso com Hyosung trazendo um som mais suave mas sem perder sua sensualidade e vocais sussurrados.

#06 Taxi Driver

Faixa ideal para entrar no UBER toda desolada e abandonada com quatro doses de vodka barata na cabeça enquanto manda o motorista dirigir até qualquer beco perigoso onde você mora.

original

#07 How Can I

Baladinha obrigatória de EP falando de término de relacionamento e etc. O lado bom é que é uma baladinha mais acústica (Uma tradição dentro dos solos do Secret) e menos usada pelos girlgroups, o que faz essa faixa mais interessante junto com a forma única de cantar da Hyosung, sem apelar pra high notes a todo instante e sem tentar provar que é uma grande cantora.

#08 First Kiss

Essa daqui é chupadissima de qualquer álbum R&B teen. Ou seja, “First Kiss” estaria em casa no “Yours Truly” da Ariana Grande e fecha muito bem o EP da Hyosung, pois surge como uma faixa única dentro da discografia.

#09 Follow Me

O empoderamento feminino gritando forte aqui. “Colored” começa com Hyosung trazendo um grito de liberdade feminina num pop poderoso saído da mesma fôrma de outras faixas icônicas do Kpop como “Female President” do Girl’s Day. Rainha que quer independência pra todas as suas garotas faz assim.

#10 Find Me (feat. D. Action)

“Find Me” traz um terreno não explorado para Hyosung. Além da intensidade, a música possui um direcionamento mais dramático que quase toda diva pop tem a obrigação de apostar um dia, pois a combinação de vocais melodramáticos com pop/dance sempre resulta numa faixa poderosíssima.

#11 I Got U

Retrozinho moderno animado e dançante pós title track icônica = Tudo pra mim.

#12 So Good

Popzinho filler good vibes, mas um filler bem gostoso que nem me incomoda de estar aí enchendo álbum. O refrão é tão bonitinho de ouvir que me deixa genuinamente feliz de escutar.

#13 Dear Moon

Segunda e última baladinha da carreira da Hyosung, com essa falando sobre ela não ter superado um grande amor. A produção não tem grandes mudanças em comparação a How Can I, então se você gostou da baladinha do álbum anterior, vai gostar dessa aqui.

#14 Hello

Terminando a playlist temos um meio popzinho meio midtempo R&B com mais sax ditando o tom da faixa como se fosse qualquer criação Brave Brothers no auge. “Hello” é quase uma marca registrada das album tracks da Hyosung e, embora meio fillerzinha, é muito agradável de ouvir.

E esse é o fim. Eu sei, acabei recomendando a discografia toda da Hyosung, mas é pra mostrar que existia muito potencial na carreira dela, no mesmo nível de solistas do momento que fazem sucesso hoje na Coreia. Infelizmente a TS atrasou muito a vida da cantora com um gerenciamento de carreira péssimo, e todos os processos e drama judicial que a gravadora criou com as ex-Secret só prejudicou todos os envolvidos. Estou na torcida para que Hyosung mantenha esse fogo de diva pop e traga mais um hino para salvar garotas e viadinhos de todas as idades, mas se ela vier com um single para hipsters de cafeteria não tem problema também, pois o fato dela conseguir continuar com a carreira já vai ser uma vitória.

2 comentários em “14 músicas para celebrar o retorno de Jun Hyosung para o K-pop.

  1. que grupo/artista que a ts não fudeu, não é mesmo? (rindo de nervoso)
    mas na real fico tão feliz quando vejo hypando ou panfletando meu bebê AAAAaaaaaaAAaA só falta a jieun dar sinal de vida AÍ ENTRO EM ÊXTASE

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s