KEEMBO revive os ótimos tempos musicais do SPICA com “Scene”

Eu devia divulgar o KEEMBO mais por aqui. Eu só falei pra valer do debut sem graça delas, mas “Scandalous” é um dos grandes destaques desse 2020 e 99 é um popzinho de verão bem gostoso que até a IU curtiu e divulgou no Instagram, mas eu perdi o timing pra comentar os singles e ficou por isso mesmo. Uma pena né, mas vou seguir com a vida e me redimir disso pois ontem elas lançaram “Scene”, que é a faixa mais SPICA da dupla até aqui:

Para quem não conhece o SPICA, é o grupo que o KEEMBO fez parte entre 2012 e 2016, e tinha como proposta ser um grupo de vocalistas com uma média de idade de debut maior do que a de um girlgroup convencional (Ou seja, conceitos/assuntos mais “adultos” para um grupo de K-pop). Assim como quase todo grupo idol focado em vocalistas, o SPICA passou uns anos penando aí nos charts quando não rolava uma produção da Lee Hyori por trás, mas elas serviram alguns hinos que duram na minha playlist até hoje.

“Russian Roulette” segue sendo um dos meus debuts favoritos no K-pop

Uma característica muito forte no SPICA eram os vocais mais tensos, dramáticos e altos, dando toda uma carga e intensidade para suas músicas, e a gente encontra isso em “Scene”. Kim Boa e Bohyung são vocalistas sensacionais, mas a combinação das duas vozes é perigosa pois fica naquela linha tênue entre um bom trabalho em conjunto e uma desconfortável batalha de high notes entre vocalistas, e toda música que eu ouço delas eu fico nesse misto de medo e expectativa pra ver se uma acaba “engolindo” a outra. Felizmente não foi o caso de “Scene”, pois ambas fizeram um trabalho maravilhoso e todo momento mais dramático da interpretação vocal delas é essencial e no ponto para a música.

O instrumental é um pop/rock bem característico dos trabalhos que o Sweetune faz quando quer puxar por esse lado mais exagerado e dramático. Me lembra “Pandora” do KARA, me lembra as melhores do INFINITE e etc., mas a banda por trás da faixa deu todo um diferencial, além do trabalho dos vocais do KEEMBO deixar “Scene” como um single perfeito na discografia do SPICA. Na discografia do KEEMBO, “Scene” soa fora da casinha delas (É a primeira faixa pop/rock da dupla), mas elas vem numa sequência muito boa de singles e ainda tem muito potencial para explorar na dupla.

Eu estou surpreso com o que o KEEMBO vem fazendo esse ano. Elas tinham tudo pra ser mais um dos inúmeros atos na Coreia que socam baladas a rodo para 7 pessoas se importarem no Melon, mas elas são diferentes e estão entregando várias faixas pop divertidas para 7 pessoas se importarem no Melon. Se o mundo fosse justo “Scene” já estaria disputando o #1 em todos os charts coreanos, mas a luta continua para Boa e Bohyung (Pelo menos a aclamação em um site de fundo de quintal elas já tem).

Uma consideração sobre “KEEMBO revive os ótimos tempos musicais do SPICA com “Scene””

  1. Poxa, eu não fazia ideia que o fim do SPICA tinha desovado o KEEMBO. Eu ouvia muito You Don’t Love Me, era uma gritaria, mas era uma gritaria gostosa. Eu acho que já se foi o tempo que o cantor precisar dar o high note pra provar que sabe cantar, existem músicas que isso irrita muito.

    Como tu disse, a interpretação de voz delas ficou incrível, eu curti bastante. Vou começar a acompanhá-las ❤

    Curtir

Os comentários estão desativados.