A vida é muito curta para ouvir “Life’s Too Short” do aespa muitas vezes

Ontem o aespa lançou o segundo pré-lançamento do seu comeback, “Life’s Too Short”. A música em inglês foi performada anteriormente na participação do grupo no Coachella, e a minha bolha que acompanhou esse evento teve uma reação bem morna quando ouviu a música, o que não é muito comum se tratando do aespa. Como eu não me dei o trabalho de ver essa apresentação do Coachella, o lançamento do MV ontem foi como uma grande novidade para mim… Mesmo que “Life’s Too Short” não seja uma grande novidade no geral:

Leia mais »

“Illusion” é boa demais para ser um single do aespa

aespa movimentou as últimas 24 horas do mundinho kpopper com o anúncio do 2º EP “Girls”. Tivemos tracklist de NOVE músicas revelada (Ok que metade é velharia MAS foi só para a SM surrar os full albums de 8 faixas por aí, então ok), anúncio de contrato com a Warner, lançamento de “Life’s too short” e por aí vai. A cereja do bolo aconteceu durante essa madrugada, quando de surpresa o aespa liberou uma das músicas do comeback, “Illusion”:

Leia mais »

aespa vai participar do palco principal do Coachella e nasce o primeiro “BLACKPINK paved the way” do K-pop

Tá rolando um festival chamado Coachella onde vem acontecendo várias coisas legais para os fãs de asian pop: Rolou reunião do 2NE1, a primeira vez de Utada Hikaru em um festival, um gogoboy de Hong Kong tirou a roupa e Kyary Pamyu Pamyu fritou cérebros com a milionésima performance de PONPONPON. E o próximo fim de semana promete mais com o anúncio do aespa aparecendo no festival:

Leia mais »

Top Top.jpg: As 10 músicas mais pau mole de 2021 no K-pop

Eu sei que passei um mês enrolando vocês com as melhores músicas de 2021, mas também sei que vocês gostam é da baixaria, é do barraco, é da possibilidade de surgir uns 10 fãs surtadíssimos me xingando e falando como eu sou um lixo por não saber ser profissional em um blog de K-pop. Então, atendendo ao desejo de 90% das pessoas que se deram o trabalho de votar naquela enquete que fiz no twitter, aqui vão as 10 músicas mais pau mole do K-pop em 2021 para você divulgar pro seu coleguinha e ver qual a reação dele vendo a fave sendo massacrada por um gay.

Nem vou me dar o trabalho de explicar critérios e tal pois quem já é velho de guerra no blog sabe como as coisas funcionam, mas vale repetir: Nem tudo que eu citar aqui é necessariamente ruim, mas todos esses singles são decepcionantes de alguma forma, desde “Broxante demais para o que elas são capazes de fazer” até o “Isso é um atentado para a indústria coreana”. São singles que vieram abalar as estruturas do K-pop e só conseguiram abalar as minhas estruturas com a raiva que passei ouvindo. Sem mais delongas, vamos ao maravilhoso top 10

10º lugar — TWICE – Scientist

Leia mais »

O cover de “Dreams Come True” não é a pior tragédia que o aespa lançou na carreira (nem melhor que a versão do S.E.S)

Já tinha um tempo que o aespa anunciou um cover de Dreams Come True do S.E.S, que depois se revelou como parte do projeto de natal da SM E uma vitrine para divulgar o CU (Cultural Universe) da SM, pois o aespa virou um grupo de garotas propaganda para qualquer novidade do mundinho SM Entertainment. Pois bem, hoje saiu o cover com o MV de “Dreams Come True” e, apesar de ter muitas ressalvas, não achei de todo ruim:

Leia mais »

O que aconteceu em 2021: aespa e Kwangya

Dezembro é um mês tradicionalmente sem pauta no pop asiático por ser um mês de premiações e singles de natal (Tirando o Mandopop, onde muito artista relevante por lá lança álbum nos últimos dias do ano por alguma razã0), então é um bom momento de fazer um throwback sobre os eventos que marcaram e fizeram desse um ano comentável (Pelo lado bom ou ruim).

E para começar, nada melhor do que falar do girlgroup que se consolidou líder da nova geração do K-pop em 2021: aespa.

Leia mais »

Pelo menos “Savage” é o troço mais aceitável que o aespa vai fazer a fanbase engolir

Com um passinho viral que transformou Next Level em um dos maiores hits do ano, aespa conseguiu fazer todos engolirem Kwangya e todo esse universo envolvendo o grupo a ponto de ser um dos grupos mais populares dessa geração atual (Diferente de, huh, outros universos que a Coreia não comprou tão bem assim). Tudo que falta para elas é uma música boa que não me desse vontade de morrer logo no primeiro play… E talvez essa música seja “Savage”:

Leia mais »

NingNing posta umas fotos e vira o assunto do dia na fanbase

Tem dias que o K-pop tem 300 lançamentos no mesmo dia e dá muito trabalho para o desgraçado do blogueiro que só dá conta de fazer 2 posts por dia. E tem dias que não acontece absolutamente NADA, com a fanbase tendo que se virar com coisas como o novo corte de cabelo que a NingNing (aespa) postou no Weibo hoje:

https://twitter.com/npomvtt/status/1414876150258601985?s=19

Leia mais »

Top Top.jpg: As 10 músicas mais pau mole do K-pop em 2021 (Até agora)

Se você é uma gatinha antenada nos mais recentes eventos da blogosfera, deve ter notado que o Lunei começou uma onde os blogueirinhos estão fazendo suas listinhas com as 10 músicas mais legais do 1º semestre. Eu até tentei fazer a minha lista nesse fim de semana, mas acabou que foi mais fácil para mim escolher as 10 músicas mais broxantes do ano até aqui do que as 10 melhores de fato. Será que isso é um sinal de que 2021 está horrível ou eu que estou mais amargo do que nunca?

Enfim, nesse Top Top vou falar sobre as 10 músicas mais pau mole de 2021 no K-pop, sendo aquelas que, como a própria gíria diz, não faz o pau de ninguém subir. Tivemos muita coisa nesse nível esse ano, então será divertido mostrar quais foram as minhas 10 decepções dessa primeira metade do ano (Que podem muito bem sobreviver nessa mesma lista no fim do ano). E começando esse Top 10 temos a mais nova eterna promessa do K-pop que não deslancha nunca:

10º lugar — LOONA – PTT (Paint The Town)

Leia mais »

“Next Level” ser melhor que “Black Mamba” não torna esse comeback do aespa algo bom

Depois de regravar alguma midtempo qualquer de algum ato qualquer da SM, aespa está de volta com um remake de uma trilha sonora para um filme hétero qualquer, “Next Level”. Eu não ouvi a música original mas reconheço essa batida principal da música que eu já acho bem questionável e maçante, e a regravação do aespa não faz muito para melhorar isso:

Leia mais »