Chungha está de volta com “Killing Me”, pois um álbum de 21 músicas não foi o suficiente para o 2021 dela

Esse ano a Chungha já alimentou o mundinho gls com QUERENCIA, o apocalíptico álbum de 21 músicas que, sozinho, tem mais material que muito artista relevante na Coreia por aí. Eu achei que, depois de um projeto tão grande, a gente só veria a cara da Chungha lá pelo ano que vem, mas a gata mostrou que ainda tem pique para trabalhar esse ano e lançou hoje o single especial “Killing Me”:

Continue Lendo “Chungha está de volta com “Killing Me”, pois um álbum de 21 músicas não foi o suficiente para o 2021 dela”

Top Top.jpg: 10 hinos feministas do Asian Pop que empoderaram toda uma nação de gays

Uma regra máxima da música pop é que as divas pop são o grande exemplo de caráter e personalidade que gays ao redor do mundo usam para moldar suas personas, mostrar independência e poder diante da nossa sociedade homofóbica, pois são elas que nos dão força com suas músicas empoderadas e feministas sobre sermos nós mesmos e não temermos nenhum macho opressor. Para celebrar isso, o Top Top.jpg vem aqui com 10 hinos feministas que empoderaram diversos gays em um mundo que é cada vez mais difícil ser uma minoria transgressora. A chuva de lacres, autoestima e fechos na cara da sociedade começa AGORA:

10º lugar — Chungha – Chica

Continue Lendo “Top Top.jpg: 10 hinos feministas do Asian Pop que empoderaram toda uma nação de gays”

Top Top.jpg: As 10 músicas mais pau mole do K-pop em 2021 (Até agora)

Se você é uma gatinha antenada nos mais recentes eventos da blogosfera, deve ter notado que o Lunei começou uma onde os blogueirinhos estão fazendo suas listinhas com as 10 músicas mais legais do 1º semestre. Eu até tentei fazer a minha lista nesse fim de semana, mas acabou que foi mais fácil para mim escolher as 10 músicas mais broxantes do ano até aqui do que as 10 melhores de fato. Será que isso é um sinal de que 2021 está horrível ou eu que estou mais amargo do que nunca?

Enfim, nesse Top Top vou falar sobre as 10 músicas mais pau mole de 2021 no K-pop, sendo aquelas que, como a própria gíria diz, não faz o pau de ninguém subir. Tivemos muita coisa nesse nível esse ano, então será divertido mostrar quais foram as minhas 10 decepções dessa primeira metade do ano (Que podem muito bem sobreviver nessa mesma lista no fim do ano). E começando esse Top 10 temos a mais nova eterna promessa do K-pop que não deslancha nunca:

10º lugar — LOONA – PTT (Paint The Town)

Continue Lendo “Top Top.jpg: As 10 músicas mais pau mole do K-pop em 2021 (Até agora)”

Top Top.jpg: 10 hinos asiáticos feitos pelas madrinhas dos gays

Junho chegou, e isso significa que é #PrideMonth! Um mês onde ser hetero é ilegal, e a comunidade LGBTQIA+ é celebrada e amada pelo menos um mês enquanto ainda luta por direitos básicos e de igualdade e respeito na sociedade. Muitos conteúdos estão sendo feitos para celebrar o Pride Month, e esse post é feito para celebrar isso de uma forma que gays amam celebrar: Com uma playlist safadíssima de divas pop que são adotadas como as madrinhas dos gays. Prontos para um festival de fritação, purpurina, brilho, voguing e closes certos? Então siga lendo esse Top Top!

Antes de tudo um disclaimer: Não vejam esse post como uma espécie de “Olimpíadas de quem fez mais pelos LGBTQIA+”, mas sim um post para divulgar músicas maravilhosas de artistas que são aclamadas e adoradas pela comunidade. Sabemos como as divas pop são amadas pelos gays pelos seus trabalhos ousados e fora da curva, e esse post tem a intenção de realçar todo esse trabalho e a simbologia dessas artistas como ícones pop e aliadas da comunidade. Com isso dito, vamos começar esse Top Top com ela:

10º lugar — BoA – Hurricane Venus

Continue Lendo “Top Top.jpg: 10 hinos asiáticos feitos pelas madrinhas dos gays”

Chungha no esconde sus raíces latinas para lanzar la versión en español de “Demente”

Achou que a Chungha tinha acabado com o Querencia depois de 5 MVs (6 se contarmos “Everybody Was” para o projeto New.wav)? Pois é, menina, a mulher não lançou um álbum de 21 faixas para largar tão fácil assim, então hoje ela lançou o MV para a versão em espanhol de “Demente”:

Continue Lendo “Chungha no esconde sus raíces latinas para lanzar la versión en español de “Demente””

Chungha continua trabalhando tanto quanto professor da rede pública na collab com o Rain “Why Don’t We”

O QUERENCIA mal nasceu depois de uns 12 meses de parto e a Chungha já está envolvida em um novo lançamento: Hoje saiu “Why Don’t We”, faixa principal do 2º EP do Rain, onde a Chungha faz uma participação especial.

Continue Lendo “Chungha continua trabalhando tanto quanto professor da rede pública na collab com o Rain “Why Don’t We””

ALBUM REVIEW: Chungha – Querencia

Foi mais de um ano de promessas, mas o QUERENCIA finalmente chegou como o 1º grande álbum de 2021. Já sabemos que “Bicycle” não é uma faixa tão forte para representar sozinha um projeto tão grande, mas como está o resto do álbum? Já sabíamos que algumas músicas nele estão entre os grandes destaques da carreira da Chungha, mas o que o material inédito mostrou para nós? 21 faixas alimentaram bem os gays? Vamos conferir agora.

Resultado de imagem para Chungha Querencia

Artista: Chungha
Álbum: Querencia
Lançamento: 15/02/2021
Gravadora: MNH Entertainment
Nota: 88/100

Continue Lendo “ALBUM REVIEW: Chungha – Querencia”

A Chungha tá de saia e bicicletinha, uma mão tá no guidão e a outra tá lançando “Bicycle”

Foram meses de espera, músicas aleatórias e pré-lançamentos, mas finalmente aconteceu: Chungha lançou seu 1º álbum de estúdio “Querencia”, se tornando o 1º grande evento do K-pop em 2021. Será que, depois de quase 1 ano de promoções através de pré-lançamentos, a Chungha conseguiu cumprir com todas as expectativas e o hype que eu tinha para esse comeback? Bem, vamos começar comentando a faixa principal desse retorno, “Bicycle”:

Continue Lendo “A Chungha tá de saia e bicicletinha, uma mão tá no guidão e a outra tá lançando “Bicycle””

Chungha dá um tempo nas farofas pros gays com a midtempo rock “X”

A continua jornada de Chungha rumo ao título de dinda das gays deu um tempo no último pré-release do “Querencia”, “X”. Ao invés de um farofão para bater cabelo e fazer carão como uma grande gostosa, Chungha está numa vibe mais introspectiva cantando um baladão de bêbada:

Continue Lendo “Chungha dá um tempo nas farofas pros gays com a midtempo rock “X””

O que (não) aconteceu em 2020: O álbum da Chungha

2020 acabou e os idols estão aquecendo os motores para engatar mais uma série de comebacks safadíssimos e questionáveis para nosso deleite (A essa altura em outros anos a gente já estava fritando com um bopzão mas vamos levar em conta que estamos no meio de uma pandemia né). Mas, enquanto o pessoal por lá não empolga no mês de janeiro, vamos continuar revivendo algumas coisas que aconteceram (Ou não) no mundinho do K-pop que abalaram a fanbase.

E uma coisa que deveria ter rolado em 2020 mas foram enrolando e enrolando até não conseguirem lançar mais em 2020 foi o “QUERENCIA”, primeiro full album da Chungha.

Continue Lendo “O que (não) aconteceu em 2020: O álbum da Chungha”