Serri fala sobre o principal escândalo do Dal Shabet, seus fãs sendo chamados de estupradores e o futuro do grupo

Eu não acompanho o canal da Serri no YouTube (Embora seja inscrito no Serri Day) porque não ela não bota aquele engsub esperto e ainda não chegou o dia em que me torno fluente em coreano. Mas hoje notei que os Q&A (Perguntas e respostas) do canal costumam fazer muito sucesso para um canal com 13 mil inscritos por conta dela comentar sobre a vida idol e os bastidores dos idols de K-pop. O primeiro Q&A dela, por exemplo, conta com quase 500 mil visualizações:

Nesse video a Serri fala sobre o início da carreira como idol, como se tornou trainee e o início de carreira como idol/integrante do Dal Shabet, mas o que gerou todo esse buzz no vídeo foi ela comentando sobre o ISAC e todo o incidente que foi marcante para o grupo nunca mais obter sucesso na indústria, e acredito que essa foi a 1ª vez que a cantora comenta sobre o assunto, já que ela diz que “Agora pode comentar sobre [de forma mais confortável] por tudo estar esclarecido”. Lá pelos 3 minutos de vídeo ela começa a falar sobre o assunto, mas vou deixar aqui os pontos mais importantes.

“[Em 2011] Nós (Dal shabet) recebemos um prêmio rookie. E os rookies fizeram uma performance conjunta. E nos prêmios de final de ano dancei provocativamente com outro membro de girlgroup*. Em outro evento, um fã pediu para a garota de cabelos rosa do Dal Shabet um autógrafo e um aperto de mão, mas é dito que eu disse ‘Sai fora, maluca! Eu não aperto a mão de vadias.”

*Acredito que a tradução no inglês do vídeo esteja errada e ela esteja falando de boygroup, já que o evento em questão foi uma performance especial que o Dal Shabet fez com o B1A4 performando Hollywood do Jay-Z com a Beyoncé no SBS MUSIC FESTIVAL.

Essa performance gerou muita polêmica por conta do teor mais sensual e provocativo da performance, onde as Shabetas foram taxadas como vadias se alisando em cima dos integrantes do B1A4. A performance mais esse rumor do fansign fez a Serri ser a mais xingada na época, tanto que ela pediu para que parassem de difamá-la nas redes sociais.

“Postei em uma rede social ‘estou tão desanimada, por favor, evitem escrever essas coisas’, e nossos fãs torceram por nós, mas houveram comentários de ódio também. E eu mencionei um certo fandom impulsivamente [No caso, os fãs de B144 “Banas”].

As coisas estavam se acalmando e estávamos há 1 semana do ISAC (Aquele evento onde idols se matam em competições esportivas). […] No entanto, quando os haters disseram que iam jogar ovos e destruir o carro quando eu chegasse, me senti mal pelas outras integrantes, eu estava pensando na pior coisa.”

A coisa estava nesse nível. Serri era odiadíssima naquela época por ter postado para os fãs dos outros grupos (Especialmente os Banas) pararem de chamá-la de vadia e etc. (Muitos netizens consideraram a forma que ela pediu rude demais para uma novata) e isso começava a prejudicar o Dal Shabet que, embora ainda conseguisse manter bons rankings nos charts, não eram mais convidadas para tantos eventos como em 2011. E tudo veio a piorar depois do ISAC:

“Depois que participei [do ISAC] um boato ridículo se espalhou onde um Darling (Fã do Dal Shabet) sequestrou e estuprou outros fãs, e uma pessoa denunciou para a polícia. Palavras como nosso fandom ter sequestrado, agredido e estuprado… Tão absurdo. Isso foi tão absurdo, pessoal. No entanto, o boato foi twittado loucamente e foi parar nos trending topics do Naver. Do 1º ao 5º: Dal Shabet Serri, sequestro, estupro, o outro fandom [Bana], etc. Então eu tive que lidar com isso. Escrevi uma carta de desculpas e enviei para minha empresa. Fiquei muito desanimada, e foi difícil. Eu pensei que tinha que ser responsável pelo que eu digo e ter cuidado.

Eu não pensei porque essas coisas aconteceram comigo. Pelo contrário, eu refleti e mudei. Eu certamente fui impulsiva escrevendo aquilo numa rede social, no entanto o boato se espalhou loucamente. Coisas assim podem acontecer quando você está no ramo do entretenimento, mas você pode superá-las com força e auto-reflexão.”

Esse evento foi determinante para o Dal Shabet não alçar maiores vôos nos charts e com o público coreano, e com a fanbase (Que já não era grande, pois era muito complicado um girlgroup conseguir consolidar fanbase naquela época) se diluindo (Ninguém queria ser associado a uma fanbase com um suposto estuprador no histórico) o flop era inevitável. Porém o grupo conseguiu singles bem estáveis nos anos seguintes, e se não fosse pelo do grupo ser um dos mais odiados do Kpop na época, músicas como Hit U, Mr. Bang Bang e Big Baby Baby poderiam ser grandes sucessos na Coreia.

Recentemente Serri fez um ensaio para a BNT International, e falou sobre a possibilidade de um retorno do Dal Shabet para a revista:

“Há muita discussão sobre o Dal Shabet ter ou não acabado. Nós nunca acabamos. Queremos voltar um dia, mas não tenho certeza se o público quer que a gente faça um comeback. Mas para alguns fãs que nos querem unidas, eu quero ser ativa [com o Dal Shabet] novamente.

Estamos planejando uma galeria do Dal Shabet. Será uma exibição e uma música um dia por semana. O que é mais significativo é que Dal Shabet começou como um grupo de 6 integrantes e algumas delas saíram do grupo depois, e a galeria deve reunir todas as 6 integrantes.”

Acho meio bizarra a forma como ignoram que a Viki era integrante do Dal Shabet (Não sei se existe alguma mágoa das outras por conta dela ter saído no meio do caos do grupo ou se a Viki mesmo não tem e nem quer ter mais nenhuma ligação com as Shabetas), mas a declaração dela, ao invés de tentar iludir os 7 fãs que restaram do grupo, foi bem realista e deve ser uma opinião de outros diversos grupos que declaram que formalmente não acabaram: Pode até existir a intenção de voltarem, mas acaba não valendo a pena se o público não tiver interesse. Mas estou feliz por, pelo menos, terem um projeto como grupo sendo planejado (Além dela mesma que vai lançar uma OST para um dorama aí no próximo dia 8).

3 comentários em “Serri fala sobre o principal escândalo do Dal Shabet, seus fãs sendo chamados de estupradores e o futuro do grupo

  1. Caraca, a coreia pode acabar com a carreira de qualquer um. Eu não acompanhei o grupo só sei que elas lançaram a melhor musica d 2016. Vou ate ouvir agora.

    Curtir

  2. Mesmo estando no kpop a muitos anos, eu não sabia desse escândalo do Dalshabet, agora entendo o motivo delas nunca terem estourado mesmo com as músicas perfeitas que lançavam… É incrível como um rumor ou uma história mal contata pode destruir uma carreira :/

    Hey vc era o dono do Why Dougye? Eu lembro que acompanhava muito o blog, mas sumiu de repente kkk

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s