Produce 101 ganha sua primeira performance no Japão e mais um monte de investigações policiais na Coreia

Produce 101 vai estrear no Japão no próximo dia 25 e, como já é de costume, a performance introdutória do programa já foi divulgada para gerar aquele buzz. Já disse uma vez que estava de saco cheio do programa e depois dos recentes escândalos acho que os coreanos mesmo não querem mais saber do programa também, mas eu estou com o coração mais aberto para essa programa por algumas razões que eu vou falar nesse post.

A coisa que eu mais curti nesse programa é que os trainees entraram sem qualquer ligação com alguma agência de talentos, pois as chances desses moleques serem mais bagaceiros e sem qualquer traço de personalidade pré programado por uma empresa de entretenimento que nem rola na Coreia. Além do mais, como no Japão os grupos idol normalmente são mais escorados naquilo de serem carismáticos em cima de um palco ao invés de cantar ou dançar muito bem, eu posso torcer muito bem pra essa delícia abaixo fazendo o seu tempo de tela desesperadíssimo tentando se destacar dos outros e acreditar que ele tem chances mesmo de vencer na vida ao invés de já nascer nesse programa como Joke Act como foi o Celsão Kamura Produce s2 ou a Yamada Noe no P48.

cats.jpg

A imagem inteira é deliciosa com os dois do fundo se matando pelo kawaii mas esse aí tirando até o uniforme pelo tempo de câmera kkkkkkkkkkk Ou ele sabe muito bem o que está fazendo ou só ligou o foda-se.

Outra coisa que achei bem interessante foi a Yoshimoto Kogyo envolvida nesse rolê. Primeiro pelas ligações com a Yakuza que a empresa já admitiu ter e foi um puta escândalo no Japão um dia desses, mas principalmente porque eles são responsáveis por essa porcaria de verão que involuntariamente acabou se tornando a música de verão que mais ouvi esse ano e eu espero que esse futuro venha com uma proposta tão toscovilhosa quanto (Provavelmente vão vir com alguma demo requentada de boygroup coreano mas poxa, não custa acreditar né).

Sobre a música do programa, achei okzão. Das músicas masculinas do programa coreano, “Tsukame ~It’s Coming~” fica no meio termo entre Pick Me (Desfrutável) e X1-MA (Esquecível), mas serve bem para introduzir esse povo todo como o programa. É aquele tipo de música que você já sabe o que vai vir e não espera nada muito além.

Se no Japão o clima com o Produce é de expectativa, na Coreia o desespero é real com a polícia coreana investigando todas as temporadas do programa por conta de manipulação de votos (e essa investigação está indo para praticamente todos os reality shows envolvendo votação popular na MNET):

Eu estou meio chocado e achando hilário como a MNET não consegue abafar o caso, e parece que as coisas só vão piorando não só para a marca do programa como para o último grupo que saiu de lá. O X1 debutou semana passada com “FLASH” e, apesar de ter começado bem com diversos #1 nos charts coreanos mas já saiu do TOP 20 da maioria deles, além de uma série de contratos cancelados que já foram noticiados.

cats.jpg

#flop

Claro que isso não é lá tão importante já que a fanbase está fazendo sua parte comprando milhares de álbuns, mas comparado ao fenômemo de charts que foi o Wanna One, é meio preocupante ver que o público coreano não está mais tão interessado no que a Mnet está desovando pra eles. E como o Produce 101 é hoje o principal programa que a MNET possui, eles perdem muito deixando esses escândalos se tornarem maiores que os seus produtos.

5 comentários em “Produce 101 ganha sua primeira performance no Japão e mais um monte de investigações policiais na Coreia”

  1. O X1 eu acho que pode flopar mto se esse escândalo continuar, só quero que não afete o IZ*ONE, acabei me apegando ao grupo e às farofas que tão desovando
    Mas acho que eles vão fazer o Queendon hitar se o Produce ir por água abaixo

    Curtir

  2. Pra mim a maior surpresa no caso do Japão é descobrir que existem homens idols lá também. Na Coreia do Sul boygroups não são novidade, mas o único boygroup que eu lembro no Japão é o EXILE (e o perfil deles é bem diferente do padrão de idols). Espero que eles tenham cortes de cabelo melhores que os dos coreanos (me espanta ver os idols tentando pagar de fodões com uns cortes de cabelo extremamente jacus, em vez de botar um cabelo espetado, raspar a cabeça, qualquer coisa minimamente radical).

    Já no caso do X1, não sei se você soube que vários orbits estavam acusando a Mnet de copiar diversos conceitos do LOONA pro debut do X1… pelo que vi, não chega a ser realmente um plágio, mas que teve uma inspiração, teve (as semelhanças não são gritantes pra acusar de cópia, mas são relativamente grandes pra justificar como apenas coincidência). Enfim, pelo jeito esse conceito não fez muita diferença pro sucesso dos rapazes, no fim.

    Curtir

    1. Se bem que, claro, o próprio LOONA também não foi o primeiro grupo a trazer vários conceitos que os orbits acusam a Mnet de plagiar, como a historinha de fundo ou as cores individuais pra cada integrante. Só chama a atenção a Mnet ter usado de uma única vez vários elementos que a BBC usou e aprimorou… enfim, originalidade nunca foi uma característica do k-pop (ou mesmo do pop em geral), certo?

      Curtido por 1 pessoa

Os comentários estão desativados.