Review Retrô: Quando o Brown Eyed Girls prometeu farofão e entregou 2 baladinhas com “The Original” (2012)

O Kpop tem dessas coisas de lançar um teaser prometendo uma coisa e entregar outra no lançamento oficial. Tem vezes o teaser e de outra música do álbum, tem vezes que a música sequer existe, mas em nenhum monento esses teasers “ilusórios” ficam muito distantes do lançamento oficial. A única exceção que me veio à mente é quando o Brown Eyed Girls lançou o single “The Original” em 2012:

O teaser de The Original é esse aí, com a Solbin do Laboum em seus dias de trainee fritando com uns headphones caríssimos ao som de um farofão pesando no dubstep (Lembram de quando o dubstep era a mania do momento na música pop?). O teaser é bem simples, mas se tratando de um comeback de verão e do single sucessor de Sixth Sense/Cleansing Cream, a gente podia contar com mais um hino poderosíssimo das lendas dando tudo que os gays queriam em 2012, certo? Bem, nem tanto, pois o que saiu desse teaser foi “One Summer Night”:

Sim, elas prometeram uma fritação e nos deram um baladão. “One Summer Night” é uma baladinha jazz bem suave, apostando na sutileza dos vocais das meninas para fazer a música brilhar. A primeira parte da música é sutil demais e não é lá tão inspirada assim, parece como qualquer outra baladinha filler que o próprio BEG lançaria no final de álbum, mas depois do primeiro refrão a música ganha vida com o rap sussurrado da Miryo, que é o ponto alto de uma balada competente do BEG no geral.

Não me entendam mal, se tem um grupo que sabe entregar um baladão fortíssimo como faixa promocional é o Brown Eyed Girls, e esse tipo de música combina muito bem com elas, só não é uma música muito expressiva no catálogo do grupo. Isso também vale para a b-side “Come With Me”

“Come With Me” segue naquilo de ter uma primeira parte mais suave e a segunda parte ganhar mais elementos e uma força mais interessante de balada gospel (Mas sem a letra de querer festejar com Jesus ou coisa assim), e os vocais estão bem mais angelicais e emotivos (Especialmente a JeA que é muito mais memorável nessa música). Um coralzinho de fundo combinaria muito bem e deixaria a música mais brilhante, mas se a gente compara esse single com os outros baladões que o BEG lançou (Como single ou album track), as duas músicas se perdem.

Acho que esse comeback foi o único momento que eu fiquei decepcionado com um lançamento do grupo. “The Original” é um bom single dentro de sua proposta, mas a sensação que me deixou no lançamento foi que elas ficaram devendo no final, por não ter vindo o farofão prometido e também pelas próprias músicas não serem tão emocionantes assim. É algo que, no fim do dia, não agrega muito para o Brown Eyed Girls e, mesmo sendo um single especial, “One Summer Night” e “Come With Me” não deixam de ser dois fillerzinhos que só devem ter saído para não deixar as véias mais amadas do Kpop sem um lançamento do grupo.