Big Hit pede desculpas pelo discurso de Jim Jones na mixtape do Agust D/Suga, afirmando que “usou por combinar com a atmosfera da música”

Esse final de semana a fanbase ferveu com a descoberta de que o Suga/Yoongi/Agust D usou um trecho de um discurso do Jim Jones na introdução de “What Do You Think?”, uma das faixas de sua nova mixtape. Eu resolvi esperar a notinha de desculpas do cara/da Big Hit para chegar a qualquer conclusão (Mesmo já tendo minhas opiniões sobre o assunto), e depois de 2 dias de barracos e rinhas de fanbase, a Big Hit soltou essa nota:

[…] O sample do discurso usado na introdução da música “What Do You Think?” na mixtape foi selecionada sem qualquer intenção especial pelo produtor que trabalhou na faixa, que não se preocupou com a identidade de quem falava e usou o sample pela atmosfera geral da música.

Depois do sample ser selecionado, a empresa seguiu com os processos internos e os procedimentos revisando o conteúdo. No entanto, cometemos um erro ao não reconhecer a inadequação do conteúdo e incluir a amostra da música.

[…] A Big Hit removeu a parte da música em questão e relançou a nova versão. O artista também se sente envergonhado e profundamente responsável por um problema que surgiu em uma área que ele não considerou.

Acredito que a Big Hit sentiu que não tinha nenhuma desculpa possível pra justificar o uso de um discurso de um lider de seita que liderou um dos maiores massacres da história em cima de um artista altamente ligado à ONU e os Direitos Humanos sem nenhum conceito além de estético, então a nota toda é meio que uma forma de limpar a barra do Agust D, falando que ele não sabia o que tinha por trás do sample jogando a responsabilidade pros produtores e até pra própria empresa. E, bem, isso acaba indo na contramão do que a própria fanbase estava defendendo pois foram dois dias enchendo diversas timelines em como ele estava muito envolvido na produção da mixtape e como ele era um produtor genial (Mesmo que ele só seja creditado como compositor), e até vídeos dele mexendo/revisando a faixa com o sample tocando no fundo.

O trecho em si, segundo a Big Hit, não é ressignificado, foi simplesmente colocado por combinar com a letra/música, e aí foram que foram. Faltou sensibilidade e, acima de tudo, faltou pesquisa do material, afinal qualquer google no nome do Jim Jones seria o suficiente para alguém gritar “Ei, isso é discurso de alguém horrível no mundo, não combina com a marca do BTS, vamos tirar da música”. No fim a Big Hit já tirou o discurso da faixa e já falou pelo próprio Suga que ele está arrependido e refletindo/se responsabilizando pelo que aconteceu, até pra preservar o cantor de um backlash pesado em uma carta direta (Não sei se vai dar certo, mas enfim).

Acredito que essa nota só explicitou que o BTS não tem toda essa liberdade/controle do próprio trabalho quanto a fanbase quer propagar, e que o pessoal por trás do grupo bota umas coisas e músicas que os integrantes não fazem ideia do que está acontecendo, só chegam no estúdio e cantam. E, no meu ponto de vista, isso bota em cheque até o quanto de fato eles se envolvem em suas músicas (Não estou dizendo que eles só mexem duas virgulas e 3 notas e já são creditados como compositor/produtor, mas sim que eles podem não ser tão geniais e revolucionários quanto acreditam). Todo esse escândalo mostrou que, no final do dia, BTS ainda é um grupo de K-pop com problemas de bastidores como todo grupo de K-pop (Mas ficar falando que BTS não é K-pop ainda é hilário).


Aproveitando, aqui vão os meus dois centavos sobre “Daechwita”, a faixa que serviu como single da mixtape e eu não comentei na época que saiu:

Assistindo o vídeo eu me senti que nem a Jimin sendo arrastada na lama por não saber o básico de história coreana na época de “Good Luck”, mas esteticamente tá lindão. A música é aquela velha história de “Eu sou mais foda que você, tenho muito dinheiro, sou genial” (Mas nem tanto depois desse fim de semana) e agora que descobri a existência da Queen Wasabi essa música me parece meio inútil.

19 comentários em “Big Hit pede desculpas pelo discurso de Jim Jones na mixtape do Agust D/Suga, afirmando que “usou por combinar com a atmosfera da música””

  1. O pior é que o mano é talentoso mesmo. Há cinco anos que sigo o trabalho dele e ele é dos idols mais envolvidos com o próprio trabalho. Eu não compro a desculpa da big hit. Duvido MUITO que ele não tenha participado nessa merda. Ficava mais satisfeita se ele simplesmente assumisse que deu um tiro no pé. Morte horrível.

    Curtir

    1. Eu nem duvido do talento dele produzindo (A IU não teria chamado ele pra produzir um single dela se ele não fosse tão bom assim), mas essas desculpas abrem várias brechas (Fora a questão de mostrar ele super envolvido no trabalho mas se algo der errado o discurso mudar pra “Ele não sabia/não passou por ele” que a galerinha já vem levantando)

      Curtido por 1 pessoa

  2. Das duas uma, ou as army precisam baixar a bola na hora de falar “aaain nossos oppars são geniais e participam de todo o processo!”, porque não é verdade, ou o fio aí tem realmente liberdade criativa e fez essa merda toda por conta própria e é um burro egocêntrico total.

    E pensar que a Tiffany foi cancelada por errar na hora de postar uma bandeira e o AOA quase acabou por não saberem quem foi o Tiradentes coreano… O poder de um pinto…

    Curtido por 2 pessoas

  3. O pior disso tudo foi vê até onde o fanatismo das armys podem chegar pra tentar tirar o idolo da reta, até mesmo xingando quem pediu por uma posição dele. E se f*deram bonito com essa declaração da empresa, desmentindo todas as fics da suposta crítica social que só elas, incríveis seres inteligentes, identificaram.

    No mais, só sinto pena

    Curtido por 1 pessoa

    1. Justamente. E se vc não entendeu a genialidade dele em usar esse trecho na musica, você estava dando hate… infelizmente vi muitaaaa gente do fandom falar isso…

      (Claro que os haters se aproveitaram disso)

      Enfim, lamentável…

      Curtir

  4. google não funciona na coreia, o que funciona é o naver (mas acredito que até lá deve ter)
    o mano aí entrou tanto no personagem, que o bom senso/moral se escafedeu pelo visto

    Curtir

  5. Então entre escolher que ele é um ~maravilhoso artista intimamente envolvido com seu material, porém insensível, macabro ou talvez burro mesmo~ ou um ~idol que só age com act e vai lá e cantam no que mandam~, a BigHit preferiu a segunda opção? Estou impressionado. Bom, devem ter percebido que, mesmo com a máscara caindo, as fãs retardadas continuariam achando que ele é mais do que aparenta.

    E sobre um outro comentário ali mais acima, mencionando a produção dele e o convite da IU, até isso estou colocando em cheque. Capaz dele não ter envolvimento real algum com esses materiais que levam o nome dele. Bem provável que a BigHit só assine o cheque e IU, Heize e outros e seus produtores aceitem creditar, já que sabem que isso atrairá mais atenção do que teriam naturalmente.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Isso me lembrou um pouco de como a CL foi massacrada por MTBD conter trechos semelhantes ao Alcorão (eu não me lembro se eram realmente ou se eram apenas semelhantes)…

    Mas enfim, eu acho bem difícil do Suga não saber o que era ou de quem era o discurso na música dele, pois ele parece ter trabalhado muito e ter se envolvido muito no álbum, mas de qualquer forma, acredito que ele devia sim pedir desculpas, os próprios coreanos estavam criticando os membros por nunca virem pedir desculpas por si só, e a empresa sempre se desculpar por eles…
    E tbm pelas fãs que podem ter se sentido ofendidas, embora boa parte esteja o defendendo, sempre tem uma parcela que se magoa…

    Curtido por 1 pessoa

  7. É aquilo, se fosse uma artista feminina provavelmente não poderia nem mais sair de casa sem ser linchada, o famoso perdão masculino. As passadas de pano da fanbase me enojaram. Sinceramente, smp odiei bts e nunca comprei esses discursos baratos deles para meninas de 15 anos, não é a primeira vez que rola um escândalo feio desses. Eu enquanto mulher preta posso apenas lamentar (e temer), o quão longe as pessoas podem chegar para relativizar discursos como os do Jim Jones.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Eu acho que a BigHit foi até esperta de certa forma, fez o básico. Ele provavelmente sabia muito bem o que estava fazendo (e talvez até tenha uma critica por trás), mas tentar explicar tudo isso ia deixar a dimensão da polêmica maior e tinha o risco do backlash aumentar também, então fizeram o 101 e mataram o assunto.

    E acho que o fato da Tiffany e AOA terem recebido um backlash maior é pq a questão estava muito mais atrelada com a história da Coreia e Asia em si (se tem gente que não sabia nem quem era Jim Jones aqui no ocidente onde a parada ocorreu imagina lá)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s