Girls Planet 999 lança “O.O.O”, que infelizmente não é uma bagunça tão gostosa quanto “Pick Me”

Girls Planet 999 já está na porta da sua casa que nem testemunha de jeová avisando que a MNET está voltando com o SEU entretenimento manipulado favorito, e essa semana vai acontecer a revelação de todas as 99 participantes dessa zona. Hoje, as 33 coreanas foram reveladas através da performance introdutória da música do programa, “O.O.O”:

A parte chinesa do programa será revelada no dia 14 e, se seguir a lógica, a parte japonesa será revelada no dia 16. A música completa já está disponível nas plataformas de streaming, e infelizmente não é uma bagunça tão crocante quanto “Pick Me” ou as músicas da série Produce. A parte da bagunça ainda está lá, mas “O.O.O” é uma mistura de muitas coisas que não formam absolutamente nada coerente de ouvir, e muito disso é por conta da música tentar algum conceito e transmitir alguma energia mística/espacial que não precisava. Era só fazer uma farofona safada comno “Pick Me” e já estava bom.

Dá vontade, né, Girls Planet 999?

Sobre a performance, a única coisa que consigo comentar é sobre a center: Kim Dayeon é uma ex-Produce 48 que rodou na 70ª posição, então não teve muita chance de brilhar no programa. Nessa performance a Dayeon não conseguiu mostrar muita coisa, mas a bicha é bonita e gostei das partes que vi dela. De resto, a única que teve chance nessa performance foi essa gatinha aqui por ganhar a única linha solo…

…E como todo o resto foi em coro, nenhuma hypada do twitter chama qualquer atenção. Provavelmente a revelação das chinesas e das japonesas vai se manter nesse nível então não vou me dar o trabalho de criar novos posts para elas, mas a center chinesa (Shen Xiaoting, que aparece no final do vídeo) já ganhou vários pontos com esses 30 segundos dela estourando a coluna e batendo forte o cu no chão com “Señorita” da cubana e do namorado da cubana:


O Girls Planet 999 vai ser muito comentado por aqui, incluindo recaps dos episódios do programa que começa em agosto. Então, se quiser a cobertura mais safada e bagaceira do GP999 na internet, siga o blog no twitter e não perca nenhum post: @popasiaticojpg

13 comentários em “Girls Planet 999 lança “O.O.O”, que infelizmente não é uma bagunça tão gostosa quanto “Pick Me””

  1. Vamos ter que esperar mais dois dias pro vídeo das chinesas (e sabe-se lá quantos mais pro das japonesas)? Que p*** falta de sacanagem, Mnet…

    Realmente, “Pick Me” era mais divertida, trash puro sem medo de ser trash.

    Em todo caso, quem sabe os outros vídeos não deixem a música mais interessante? Provavelmente não vão. Talvez uma performance das mentoras Sunmi e Tiffany?

    Curtir

  2. Achei tão básica, Dougie… nem parece uma música de reality da MNET, vou esperar todas as versões saírem para ver se tem algum tempero em alguma outra versão, pq se depender dessa kk

    Curtir

  3. A música tentou se levar a conceitual demais mesmo. Era pra ser mais farofa e divertido, nada de conceito chique e as meninas sérias demais. Foi bem morno mesmo.
    A Pick Me até hoje é insuperável! Que merda viciante de ouvir! Kkkkkkkkkkkk

    Curtir

    1. Acho que faltou mais aquele negócio performático de palco subindo e descendo, efeitos de luz e toda aquela pirotécnica que faziam no produce. Até o próprio palco é feíssimo… Não tô colocando muita fé por enquanto

      Curtir

  4. Nem parece uma música tema de reality da mnet, que saudades das farofinhas que o produce entregava, passava meses viciada nessas músicas. Achei a menina do clc tão mofina, esperava mais. :c

    Que venham as chinesas, espero que não tenham dado nada tão básico assim a elas.

    Curtir

  5. Não faço ideia se elas estão cantando em mandarim ou em coreano (nessas horas eu adoraria saber falar mais idiomas)… mas achei a apresentação mais animada que a das coreanas.

    Mais dois dias de espera agora até o último vídeo…

    Curtir

      1. Concordo!

        Se bem que uma coisa que me surpreendeu positivamente no vídeo das trainees coreanas desse programa é que tem várias delas que fogem consideravelmente do padrão de beleza habitual das idols por lá. Tem algumas moças ali que provavelmente várias pessoas devem estar achando feias, e talvez elas sejam feias mesmo – mas justamente por elas não terem a cara padronizada, gostei bastante delas (e nem achei elas feias, apenas diferentes do comum nesse meio, mesmo).

        Curtir

        1. Exatamente! Eu também tive essa percepção e achei bacana, diferente. Acho que parte disso também tem a ver com a prioridade não ter sido estabelecida em times de trainees de empresas.

          Curtir

  6. E agora foi a vez das japonesas:

    Além da decepção por elas estarem cantando em coreano, esperava algo mais espevitado delas, menos talento e mais carisma; elas pareciam mais focadas na coreografia do que em fazer coisas engraçadinhas. Da forma como ficou, acho que o K-Team parecia mais J-Team que o próprio J-Team (e vice-versa).

    Seja como for, parece que no fim do mês vai ter um vídeo dos três grupos juntos. A menos que finalmente a gente ganhe uma versão trilíngue da música, não vejo muito propósito; se já fica difícil prestar atenção na imagem e na voz de cada garota num vídeo com 33 delas, vai ser quase impossível pra uma pessoa normal fazer isso num vídeo com NOVENTA E NOVE delas…

    Curtido por 1 pessoa

Os comentários estão desativados.