Top Top.jpg: 10 músicas que eu queria que servissem como lipsyncs de um Drag Race Korea

Essa semana o mundinho GLS da fanbase ficou estremecido com a notícia de que uma produtora comprou os direitos para distribuir a franquia Drag Race para a Ásia, incluindo versões do Drag Race na Coreia, Japão, Índia e Cingapura, além de dar continuidade ao Drag Race da Tailândia:

Com o surgimento desse rumor de um Drag Race Korea acontecendo, é claro que fanbase se atiçou e já ficou ansiosa pelas músicas de K-pop que poderiam tocar nesse programa para duas drag queens dublarem por suas vidas e disputarem um prêmio de 100 milhões de wons. Então, no Top Top.jpg de hoje, eu vou fazer a minha seleção de músicas que eu quero ver sendo dubladas por essas pessoas de peruca colada e 3kg de maquiagem prontas para lacrar nessa competição:

10º lugar — CL – Hello Bitches

Leia mais »

IVE faz os gays pensarem o que vem depois do TAP no Grindr com o clássico moderno “After LIKE”

IVE já tinha feito história só com o teaser de “After LIKE” revelando a sample de “I Will Survive” mudando a história da música pop e salvando vidas queer do mal e da escuridão, e o Miojo Pop explicou bem a importância de “I Will Survive” para a comunidade. Hoje foi o dia de provar a coisa toda com o lançamento do 3º single do grupo, e eu não saí decepcionado com “After LIKE” no geral:

Leia mais »

Aparentemente o IVE vai lançar a música mais homossexual da história com “After Like”

IVE vai fazer o seu comeback com o 3º single “After Like” na próxima segunda. Até agora eu não estava muito ligado no comeback delas e, apesar de “Love Dive” ser um dos meus K-pop favoritos esse ano, nada agora tinha me empolgado muito para esse retorno… Até que hoje saiu o teaser de “After Like” e uau, que evento homossexual tivemos em 23 segundos de vídeo:

Leia mais »

Agora sim o IVE pode virar o girlgroup da nação com “LOVE DIVE”

IVE ensinou a nação a contar até onze e isso fez “ELEVEN” virar um dos grandes hits desse início de 2022 no K-pop, e foi um hit que não colou comigo pois até hoje acho “ELEVEN” um popzinho genérico que qualquer uma faz e elas deram sorte de ter feito sucesso mas tudo bem. Agora elas estão de volta com “LOVE DIVE”, que vai na mesma linha de popzão que qualquer girlgroup faz mas bem mais forte do que k debut:

Leia mais »

O que deu certo no IVE que não deu certo nos grupos de ex-I.O.I?

Quando o IZ*ONE deu o disband e cada uma seguiu seu rumo nas suas gravadoras originais, muito se especulou sobre o que cada uma seguiria. O caminho mais seguro para as meninas é uma carreira solo, pois deu certo para a Chungha depois que saiu do I.O.I (E a Somi também consegue arrancar um ou outro dinheiro quando consegue lançar música na YG) e até para aproveitar a fanbase individual das integrantes. Essa tendência se concretizou com os debuts solo de Kwon Eunbi e Jo Yuri, e outras gatinhas como Choi Yena e Kang Hyewon devem debutar como solistas em breve também. A Starship, porém, fez diferente e botou suas ex-IZ*ONE Jang Wonyoung e Ahn Yujin para debutar em um novo girlgroup, IVE.

Debutar duas gatinhas populares dentro de um girlgroup foi uma estratégia arriscada visto que nenhum dos grupos com ex-integrantes do I.O.I deu lá muito certo (E “ELEVEN” não é lá das músicas mais únicas para tornar o grupo memorável), mas foi uma estratégia que deu certo vendo que “ELEVEN” disparou nos charts coreanos e já aparece como um dos grandes hits da 4ª geração do K-pop. Mas o que aconteceu para um grupo de ex-IZ*ONE dar certo e o máximo que os grupos ex-I.O.I conseguiram foi engatar subcelebridades para a Rede TV?

Leia mais »

IVE é o 28º girlgroup tentando emplacar um girlcrush nugu esse ano com “ELEVEN”

A Starship debutou hoje seu mais novo girlgroup IVE. O grupo tinha muita expectativa em cima pois, além de serem da empresa que revelou o extremamente bem sucedido SISTAR e o nem tão bem sucedido Cosmic Girls, é o grupo onde as ex-IZ*ONE Yujin e Wonyoung vão viver pelos próximos anos pois a Starship não teve culhões de dar uma carreira solo para elas que nem vem rolando com outras ex-IZ*ONE. E a Starship também não teve muita coragem de escolher uma demo mais ousada para esse debut se analisarmos o que veio com “ELEVEN”:

Leia mais »