Year End 100: As 100 melhores músicas do Asian Pop em 2021 (Parte 1)

Enquanto os blogueiros de fundo de quintal já terminaram ou estão encaminhando suas listas de fim de ano, euzinho sou um gay desorganizado e preguiçoso que não conseguiu equilibrar os posts do Top 100 com os posts normais e o trabalho que tenho. Então eu decidi empurrar tudo para 2022 pois, afinal, por que não?! 2021 foi um ano que rendeu muita coisa legal, e não precisa morrer em 2021 mesmo.

Então começa HOJE a minha lista com as 100 melhores músicas do Asian Pop que eu ouvi de 2021. A lista é totalmente pessoal e sem nenhuma pretensão de falar que a minha fave é melhor que a sua (Embora seja) ou algum comentário mais crítico e profissional. São 100 músicas que eu acho ótimas, ficaram na minha playlist e marcaram meu 2021, então acredito que vocês vão curtir essa seleção de milhões que fiz e vou postar durante os próximos dias.

100. Misako Uno – Koi No Wana Shikakemasho

Continue Lendo “Year End 100: As 100 melhores músicas do Asian Pop em 2021 (Parte 1)”

O que (não) aconteceu em 2021: LALISA

Esse ano foi meio movimentado para o BLACKPINK. Não tivemos muita música do grupo em si (Mas até aí em que ano temos muita música delas né…), porém as meninas se mantiveram em destaque com vários desfiles, photoshoots e dois debuts solo: O da Rosé que ninguém fora dos blinks se interessou muito por se tratar de música lenta e o da Lisa, uma integrante bem popular que prometia uma farofa bem crocante para a população por ser a rapper fodona que rima Lisa com Monalisa do BLACKPINK…

Continue Lendo “O que (não) aconteceu em 2021: LALISA”

Leftovers (08/12): cignature, Davichi, Koda Kumi, Mino, Utada Hikaru, a banda nova da JYP, Demon Slayer e etc.

Finjam que botei uma intro fodástica aqui para comentar lançamentos não tão novos assim que passaram batido por aqui.

cignature – Boyfriend

Continue Lendo “Leftovers (08/12): cignature, Davichi, Koda Kumi, Mino, Utada Hikaru, a banda nova da JYP, Demon Slayer e etc.”

Pacotão J-pop: Miliyah, Chanmina, Pamyu, AKB48, seiyuus e etc.

Com o trabalho comendo boa parte do meu tempo livre eu acabo não comentando muitos J-pops que passam por mim pois me matar por 40 views não faz parte do meu ser. Porém, agora que peguei uma folga, dá para falar de alguns lançamentos que rolaram por lá esses dias e que vale a pena a divulgação. Não exatamente por serem hinos, mas porque eu acho que merecem uma divulgação.

Miliyah – DEVIL KISS

Continue Lendo “Pacotão J-pop: Miliyah, Chanmina, Pamyu, AKB48, seiyuus e etc.”

Mas é claro que a Lisa não perderia a oportunidade de promover a horrível “Money”

Esse debut da Lisa poderia ter parado em “LALISA”. A Coreia pode ter cagado horrores para o single, mas o que importa é que eu simpatizei com a Lisa, simpatizei com a música e até hoje me pego cantarolando os “say Lalisa love me” enquanto faço as coisas no trabalho. Estava tudo indo bem, mas a YG queria MAIS, e isso resultou em um vídeo especial para a b-side do single “Money”:

Continue Lendo “Mas é claro que a Lisa não perderia a oportunidade de promover a horrível “Money””

Desossando MVs #2: Lisa – Lalisa

Já comentei aqui sobre o comeback da Lisa com “LALISA”, como eu achei essa a melhor música de mina fodona do BLACKPINK e como o mundo adora me contrariar falando que essa música é, na verdade, um lixo. E agora é hora de falar do MV, um festival de luzes, cenários, roupas e orçamento que a YG adora esbanjar para os fãs usarem como discurso “A música é horrível? Sim, mas pelo menos a mulher está um LUXO”. Mas será que todo orçamento esbanjado no vídeo cria um vídeo realmente interessante de assistir? Vamos ver:

Continue Lendo “Desossando MVs #2: Lisa – Lalisa”

Lisa parece a Monalisa que faz compras na Marisa, faz facul lá na Unisa e estoura o limite do cartão Visa no seu novo rap “Lalisa”

Depois de Jennie lançar seu solo “SOLO” e Rosé ser ofuscada pelo Brave Girls com “On The Ground”, é a vez de Lisa debutar solo no K-pop. E como Lisa é a rapper do BLACKPINK, estava mais do que na cara que a YG meteria um trapzão de gosto duvidoso sobre ela ser a mina mais fodona das quebradas de Bangkok né. Mas será que “LALISA” é só isso ou tem algo que pode ter me chocado nessa estreia? Vamos ver:

Continue Lendo “Lisa parece a Monalisa que faz compras na Marisa, faz facul lá na Unisa e estoura o limite do cartão Visa no seu novo rap “Lalisa””

Leftovers (22/04) IZ*ONE, Apink, Kang Daniel, alguém do Seventeen, LiSA, FEMM e etc.

Aproveitaram o feriado ou foi tão morto quanto essa semana para os girlgroups de K-pop?

Davichi – Just Hug Me

Continue Lendo “Leftovers (22/04) IZ*ONE, Apink, Kang Daniel, alguém do Seventeen, LiSA, FEMM e etc.”

Leftovers (31/01): Bobby, Uhm Jung Hwa, Hwasa, Kyary pamyu Pamyu, Matsui Jurina e etc.

Mais um daqueles posts em que comento porcamente músicas que você que lê esse blog provavelmente não se importou em ouvir antes.

Uhm Jung Hwa – Hop In (feat. Hwasa, DPR LIVE)

Continue Lendo “Leftovers (31/01): Bobby, Uhm Jung Hwa, Hwasa, Kyary pamyu Pamyu, Matsui Jurina e etc.”

Year End 100: As melhores músicas do Asian Pop em 2020 (Parte 4)

A quarta parte do Top 100 de melhores músicas de 2020 está no ar, fazendo a sutil transição para introduzirmos o Top 50 da minha lista de favoritas de 2020. Isso quer dizer que, a partir de agora, os comentários vão deixar de ser “Você cortou música x tão cedo, que crime” para “Como assim essa música mais ou menos numa posição tão alta, você não tem vergonha?”… Ou não, já que algumas músicas que aparecem nesse post são fan favorites e Top 10 de muitos de vocês que lêem esse blog. Curioso para saber quem são, clica aí no leia mais então:

55. Yukika – Yesterday

Continue Lendo “Year End 100: As melhores músicas do Asian Pop em 2020 (Parte 4)”