Red Velvet lança “Zimzalabim” para punir aqueles que gongaram “Really Bad Boy”

Depois de uns lançamentos no Japão que ninguém se importou muito, Red Velvet está de volta para seu primeiro comeback no ano com “Zimzalabim”. Partes ruins são muitas (Afinal juntaram todas as partes e montaram um single), e a parte boa desse comeback é que Red Velvet provou que o que já era ruim pode ficar pior SIM:

Eu admiro muito a ousadia do Red Velvet em nunca jogar safe. É tudo tentando ser diferente, inovador, fora da caixa, corajoso, naquela linha de “Ou as pessoas vão odiar ou vão amar muito isso” mas que nunca vão mirar numa zona mais confortável para um girlgroup, sempre se desafiando (E desafiando a fanbase, dependendo do ponto de vista). O problema é que o aproveitamento do grupo anda bem baixo e está ficando bem comum sentir certo desgosto pelos singles que elas vem lançando… E “Zimzalabim” acaba sendo outro exemplo de single (muito) ruim.

O instrumental explorando vários ritmos e tempos é uma ideia interessante, embora algumas ideias sejam meio óbvias demais para o grupo. Tipo, drop no refrão só pelo impacto? Teddy tá aí tentando fazer acontecer há uns bons anos, fora que toda a construção de contrastar versos mais fofos com batidão rampeiro deixa claro que Red Velvet quer milkar em cima dos youtubers que gozaram horrores em cima do drop de Love Cherry Motion.

A ideia em si não é ruim, mas é tudo tão mal executado que o “refrão” só está ali pra ser preguiçosamente ruim mesmo. E não é só o refrão, pois os versos só são menos piores, e nada conversa com nada, fazendo de “Zimzalabim” uma música que já começa lá embaixo e só vai piorando conforme o tempo passa. Talvez um dia essa música dê a volta por cima comigo e eu passe a curtir ironicamente até eu começar a curtir pra valer (Sou especialista nisso), mas por enquanto é só uma versão ainda pior de I GOT A BOY.

Eu ainda aprecio o fato do Red Velvet sempre fugir do óbvio, e é uma das qualidades que faz o grupo ser tão marcante no Kpop hoje em dia (Tanto pelo bem quanto pelo mal). Mas essa coragem e audácia acaba sendo irrelevante no meio de uma música tão ruim, o que faz o Red Velvet acumular diversas decisões erradas em seus comebacks que são mais proveitosos visualmente (Em MVs elas quase nunca erram e esse de “Zimzalabim” é stunning as always). Óbvio que quando tudo dá certo Red Velvet consegue fácil um dos melhores comebacks do ano, mas fica difícil criar qualquer hype se para cada acerto a SM precisa errar várias vezes como vem acontecendo.

 

9 comentários em “Red Velvet lança “Zimzalabim” para punir aqueles que gongaram “Really Bad Boy””

  1. Sabe quando vc acha que um acontecimento foi ontem mas na realidade foi há muito tempo atrás, e vc fica pensando caramba como o tempo passou, sou eu desde a última música realmente boa de Red Velvet

    Curtir

  2. já tava me sentindo uma aberração pq achei podre (e olha que meu gosto com kpop é questionável) mas assim quando o single é um lixo as bsides salvam e pra nesse álbum nem isso………….

    Curtir

  3. Essa música é uma bagunça sem fim, uma mistura louca de instrumental, versos horríveis, refrão preguiçoso, até as roupas que colocaram nelas são péssimas. Já quero ver a Joy com cara de cu em todas as fancams.
    Mas sério, podrissímo, elas vem derrapando desde Bad Boy (mesmo que os fãs digam que é a melhor, a música é bem pombo), só que a trilogia Power Up, RBB e Zimzalabim é poluição sonora das brabas.

    Curtir

    1. Eu tô muito chocado por ter AMADO essa música. Eu sei que tá uma bagunça meio grotesca mas eu até que gostei das partes individualmente (mesmo sabendo que não são lá mt boas) e no final das contas eu amei tudo junto (menos aquela intro tenebrosa com o “Are you ready for this?” e a Wendy gritando ZIMZALABIIIM, cringy demais). O refrão colou MUITO comigo, tô de boa e do nada tô *zimzalabimzimzimzalabimzimzimzalabimzimzim” e fazendo o passo da mãozinha de Latata que colocaram aí! Chiclete demais!
      Além disso, achei evocativo de Red Dress que é uma das minhas bsides favoritas das Red Velcro e quando dá o break pro final (por mais nada a ver que seja) me remete a algo que o F(x) faria. Não sei, no fundo talvez eu esteja em fase de negação apenas depois de um 2018 decepcionante e os singles passados (exceto Ice Cream Cake) começando a envelhecer comigo.
      Não esperava que tu fosse descer o cacete na música hahsshhs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s