Vamos ajudar o YG a não cometer mais crimes com o pacote anticrime de Sérgio Moro

Nos últimos dias… meses… anos a YG vem se envolvendo em diversos processos e crimes, fazendo a YG dar diversas satisfações ao judiciário coreano e aos internautas toda santa semana. Para ajudar o Yang e sua trupe eu liguei para o meu amigo íntimo Sérgio Moro (Já que, por alguma razão, ele não responde mais as minhas mensagens no Telegram) e pedi para que ele ajudasse o YG a não cometer mais crimes com seu revolucionário pacote anticrimes. Então vamos a um maravilhoso Q&A sobre crimes e se o YG deve ou não cometê-los.

YG: Hey, Moro, é crime dar suporte a uma rede de prostituição e aliciamento?

SM: SIM, É CRIME!!!

PhotoPictureResizer_190618_213738194_crop_200x200

Por mais que esse esquema renda muito dinheiro, isso custa a vida de várias jovens inocentes que não merecem ser abusadas e tratadas como mercadoria sexual, e segundo o meu pacote anticrimes isso configura como crime. Ou seja, não pode.

YG: Hey, meu juiz preferido, é crime ameaçar testemunhas por conta de testemunhos que elas dão à polícia?

SM: SIM, É CRIME!!!

PhotoPictureResizer_190618_213738194_crop_200x200

Ameaçar testemunhas para que elas mudem depoimentos com a finalidade de limpar sua barra é errado e fere os direitos da justiça, ainda mais quando você é pego no pulo. E está escrito aqui no meu pacote que proíbe crimes que isso está proibido. Não ameace testenunhas.

YG: Hey, meu muso da direita, é crime o uso, porte e compra de drogas?

SM: DEPENDE…

PhotoPictureResizer_190618_214314087_crop_200x200

Se você tiver muita influência e popularidade na indústria pode até ser pego com um helicóptero de drogas que nada vai acontecer pro seu lado. AGORA se for um qualquer eu não posso fazer nada, pois está escrito no meu maravilhoso pacote anticrimes que é crime.

YG: Hey, meu super herói da vida real, é crime manipular informações inadequadamente a fim de pagar menos impostos?

SM: SIM, É CRIME!!!

PhotoPictureResizer_190618_213738194_crop_200x200

E tome cuidado, pois aí na Coreia esse crime é gravíssimo e revolta bastante a população, tome cuidado.

YG: Hey, meu braço direito da justiça, é crime deixar a CL no porão sem lançar nada na Coreia?

SM: NÃO É CRIME!!!

PhotoPictureResizer_190618_213814823_crop_200x200

Pode manter a gata mais má no porão sem medo, ninguém está se importando muito e isso não é lá muito importante para os coreanos, então não coloquei como crime no meu pacotão anticrimes.

YG: Hey, meu mister judiciário desprovido de lábios, é crime deixar as meninas BLACKPINK sem um full album e obrigá-las a lançar produções do Teddy pelo resto da vida?

SM: BEM, NÃO É CRIME…

PhotoPictureResizer_190618_214252461_crop_200x200

… Mas se alguém resolver te processar por mais um single horroroso delas eu não poderei te defender.

Agora que atualizamos para o YG o que pode e o que não pode ser feito para não ter problemas na justiça, ficamos na torcida para que a empresa consiga um futuro mais transparente e menos ilícito para o bem não só da YG como de seus funcionários, acionistas e admiradores de seus artistas.

 

4 comentários em “Vamos ajudar o YG a não cometer mais crimes com o pacote anticrime de Sérgio Moro

  1. YG e Moro… a dupla perfeita, made in Hell.

    Pior que no caso do Blackpink ele nem tem com que se preocupar, já que o povo que se interessou por k-pop por virar modinha (que é bem grande) vai continuar consumindo as músicas delas por pura preguiça de procurar grupos menos conhecidos com repertório melhor. É o mesmo caso do BTS, aliás. Enquanto isso o EXID morre anônimo a nível mundial e o LOONA permanece restrito ao underground dos tweets da Kim Chi…

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s