Mamamoo, AOA, Lovelyz, Oh My Girl, (G)I-DLE e Park Bom são as participantes do “Queendom”, reality da MNET que estreia em agosto

Semana passada a MNET oficializou o “Queendom”, reality show que vai botar 6 girlgroups para baterem de frente lançando músicas no mesmo dia e promovendo ao mesmo tempo (Ou 5 girlgroups e a Park Bom, no caso). Hoje foram liberados os nomes que vão participar do programa e, contrariando expectativas de que a MNET fosse considerar “girlgroups relevantes” grupos como Pocket Girls, After School, LABOUM ou Loona, a emissora realmente arranjou uns nomes bem interessantes para participar da delícia.

MAMAMOO

De longe o nome mais popular atualmente entre os listados no programa, sendo o único que atrai fanbase (60 mil álbuns é um bom número pra girlgroup) e grande público (Os inúmeros Top 5 no Gaon provam isso). Ao mesmo tempo que o Mamamoo é favorito para ganhar o programa é o que menos tem a ganhar com o programa, afinal o grupo já é bem popular. A única razão da participação do Mamamoo no programa provavelmente é a empresa nugu que topa tudo pra tirar mais dinheiro da única fonte de renda que eles tem.

AOA

Já viveu seu auge na época em que Brave Brothers dominava os charts, caiu de popularidade entre 2016 e 2017 porque as integrantes não fizeram supletivo ou algo assim, perdeu a Choa, recuperou um pouco o sucesso com Bingle Bangle e aí uma outra resolveu sair do grupo também. Eu acho o AOA um nome meio velho pra ficar se preocupando com desempenho em charts, mas aparentemente é mais fácil tentar fazer o AOA ficar popular pela terceira vez do que o Cherry Bullet ficar popular pela primeira vez, então boa sorte.

LOVELYZ

Começou popular, arranjou um million seller com Ah Choo, conseguiu um Top 10 com Destiny e aí foi caindo e caindo e caindo nos charts do Gaon até virar grupo de fanbase depois disso (Ironicamente as vendas de álbum só subiram). O Lovelyz fiascando com o grande público foi mais pela discografia que ficava desinteressante a cada comeback, e a situação só tende a piorar agora que a empresa delas vai debutar outro girlgroup com umas ex Produce 48 e a lenda japonesa Juri Takahashi, mas vai que um single forte com hype no reality show derrube todas as barreiras do grupo né.

OH MY GIRL

Embora Oh My Girl não tenha lá um grande hit pra chamar de seu, Oh My Girl vem crescendo nos rankings digitais (se os peaks que estão na Wikipedia servem de alguma coisa). Começou lá embaixo batendo ponto lá no Top 80 e hoje em dia consegue figurar no top 20, 30 do principal chart coreano além de ter certa relevância no Social Media (O último MV delas tem 20 milhões de views no Youtube em 2 meses, o que é interessante) , então o programa pode ser o salto que o grupo precisa para conseguir o primeiro Top 10 da carreira e, quem sabe, vingar como grupo fofo de 2º escalão como os primeiros 7 anos de vida do Apink, né.

(G)I-DLE

MAS É CLARO que a Cube ia meter um grupo que mal saiu do status de rookie nessa marmota. A curta carreira das Idlezinhas já acumula uns sucessos aqui e ali além de ser um dos rookies femininos mais populares dos últimos anos, mas é óbvio que vão tratar as fofas como underdog já que são as novatas enfrentando um pessoal com, no mínimo, 3 anos a mais de carreira. O programa pode vir a ajudar e botar o Idle lá no topo? Pode, mas acredito que a Cube tinha opções melhores de fazer o grupo acontecer do que já enfiá-las em um reality competitivo.

Park Bom

Tá, essa me surpreendeu. A presença de Park Bom nessa bagunça é o equivalente à Bebe Zahara Benet participando do All Stars 3 (Olha euzinho usando referências de Drag Race que só umas 15 poczinhas vão entender): Ela não precisa disso, afinal já venceu na vida e tem status de lenda entre os fãs (Tá que ex-2NE1 anda sem moral nenhuma na praça masok, ainda foi um grupo lendário etc. etc.), mas a participação dela integra Park Bom aos mais jovenzinhos que não sabem o que foi um 2NE1 e tem como referência girl power o BLACKPINK e tenta trazer alguns deles pra fanbase dela. É meio arriscado e desnecessário, ainda mais se levar em conta essas músicas mais recentes dela que nada tem a ver com os popzões das outras participantes, mas é a Coreia né, vai que resolve hitar o baladão dela e surpreender a todos.

7 comentários em “Mamamoo, AOA, Lovelyz, Oh My Girl, (G)I-DLE e Park Bom são as participantes do “Queendom”, reality da MNET que estreia em agosto”

  1. Acho que o caso das Pocket Girls e do LOONA não é tanto de girlgroups que seriam considerados relevantes pra Mnet, mas sim de grupos que aceitariam se sujeitar a esse reality show.

    Ainda estou incrédulo que Mamamoo e G-IDLE se sujeitaram a isso; são dois grupos que realmente não precisavam desse tipo de exposição (G-IDLE é o segundo girlgroup rookie mais bem-sucedido, só não sendo o primeiro pelos números astronômicos do IZ*ONE; e Mamamoo parece só estar atrás de Blackpink, TWICE e Red Velvet em popularidade, com chances de passar essas últimas a médio prazo). Soyeon e suas amigas ainda são novatas então nem podem reclamar, mas as Mamamoo deviam começar a pensar se vale a pena ficar renovando contrato com essa agência delas…

    Gostaria de dizer que o mesmo se aplica ao AOA e Bom, mas depois dos respectivos escândalos que destruíram as carreiras delas (e do AOA perder duas integrantes – três se contarmos a baterista), infelizmente elas não estão em posição de escolher quais oportunidades aceitar ou não. Espero que o reality ajude a reerguer ambas, e não a enterrá-las de vez.

    Enfim, vai rolar interações entre os grupos competidores? Porque um duelo de rap entre Soyeon e Jimin seria histórico…

    Curtido por 2 pessoas

  2. Não sei como é a fanbase internacional desse povo, ou a coreana, mas não acho que o programa será tão caótico depois da revelação dos participantes (Mas terá fã war, isso é certeza). Eu só estou torcendo para que saia, ao menos, uns feats legais desse povo e que apenas ajude as meninas (Eu jurava que, se não fosse o comeback do IOI, a MNet daria um jeito de socar os grupos derivados para meio mundo de falecidos do IOI se degladiae).

    https://palpitesalheios.wordpress.com/

    Curtir

  3. Não lembrava mais do seu blog. Que bom que segue firme e forte. Tomara que Oh My Girl seja beneficiada nesse desespero da Mnet.

    Curtir

Os comentários estão desativados.