Arquivo da tag: Mamamoo

As 10 músicas mais pau-mole do K-pop em 2020

Passamos uma semana aí aclamando as melhores músicas que o Asian Pop desovou em 2020, mas você, leitor assíduo desse e/ou de outros blogs fundo de quintal, está aqui pela bagunça: Quer ver uma baixaria generalizada, um monte de gente caindo de paraquedas e xingando esse blogueiro como se não houvesse amanhã, uma cadeira voando, a mãe sendo esculhambada, TUDO isso porque não aceitam que alguém pode achar a música do fave horrível. Então, criando uma tradição aqui nesse blog, vou listar as 10 músicas mais pau-mole do K-pop em 2020.

Uma música pau-mole não quer dizer (necessariamente) uma música ruim, e tem músicas aqui que eu acho até aceitáveis. Mas são músicas que, dadas as situações dos envolvidos, são xoxas, capengas, mancas, anêmicas frágeis e inconsistentes. Ou seja, grandes decepções pessoais). E vale destacar o “pessoal” aqui porque, embora ninguém leia esse disclaimer, é sempre bom ressaltar que isso aqui se trata de opiniões meia boca que só são verdades absolutas para quem escreve essa joça. Ah, e também são opiniões de coisas que eu minimamente acompanhei ou pelo menos ouvi esse ano, afinal eu só posso opinar sobre o que eu ouvi. Por exemplo: Monsta X provavelmente lançou uma porcaria horrível para a Starship continuar pagando os pecados depois de disbandar o SISTAR, mas eu não me importo com o que eles lançam então eles não tem chances de aparecer por aqui.

Explicações dadas, vamos dar início ao Top 10 com…

10º lugar — cignature – ARISONG

Continuar lendo As 10 músicas mais pau-mole do K-pop em 2020

YEAR END 100: As melhores músicas de 2020 no Asian Pop (Parte 1)

Foram milhões de pedidos, pessoas desmaiando na porta da minha casa de ansiedade e uma crise econômica que afundou ainda mais o nosso país causada pela demora desse Top 100, mas chegou o dia de começar a definir as melhores músicas de 2020 de acordo com esse blog. Aqui vocês sabem: São as 100 melhores músicas de acordo com a minha opinião que é a grande verdade absoluta da história da crítica K-pop. Ou seja não importa se o seu fave conseguiu 77 prêmios e foi aclamado pela billboard como o álbum do milênio, se não apareceu nesse Top 100 é porque provavelmente seu fave só lançou lixo (Aviso de ironia porque né, vai duvidar da capacidade de raciocínio do Kpopper pra você ver o que acontece).

Na verdade, como toda lista de qualquer coisa na história, as músicas foram escolhidas com base no meu gosto pessoal envolvendo diversos fatores (O quanto eu acho a música maravilhosa, o quanto durou na minha playlist, o quanto acompanhou os dias em que chutei o balde virando altas doses de cachaça e por aí vai). Juntei tudo isso, peneirei em 100 músicas e aqui estamos. Você está livre para discordar de qualquer coisa desse Top 100 (Os comentários até me ajudam com o engajamento e pra valorizar o adsense, então não deixem de xingar o mau gosto do blogueiro, bitches), mas tenham consciência não vão mudar em nada o ranking do meu blog.

Seguindo a tradição, esse Top 100 será dividido em 7 partes, com 6 partes de 15 músicas e um Top 10 no fim. Pode acontecer dessas 7 partes saírem ao longo desses 7 dias (Temos reveillon e ano novo chegando né), mas no máximo até o final da 1ª semana de janeiro vocês devem saber qual foi a minha grande música de 2020. Tudo explicado, vamos começar com elas, que serviram um dos grandes hits de 2020 (Mas não com uma das melhores músicas do grupo):

100. Oh My Girl – NONSTOP

Continuar lendo YEAR END 100: As melhores músicas de 2020 no Asian Pop (Parte 1)

“AYA” é um balde de água fria para o ótimo 2020 do Mamamoo

Mamamoo estava tendo um 2020 muito bom para mim. Os solos que eu curto ainda são bops fortíssimos na minha playlist, o solo que não faz muito por mim também não faço questão de descer o pau, as músicas que soltaram como grupo estavam ótimas também e ainda teve HIP que dominou muito bem o início do ano mesmo sendo de 2019. Eu realmente não tinha do que reclamar do Mamamoo esse ano… Até que elas lançaram “AYA”:

Continuar lendo “AYA” é um balde de água fria para o ótimo 2020 do Mamamoo

Refund Sisters junta 4 gostosonas para um revival do K-pop 2000 com “Don’t Touch me”

Já tem quase 3 semanas que o Refund Sisters lançou “Don’t Touch Me”, e embora esse seja meu vício até hoje, resolvi não comentar muito porque queria esperar o MV. E ele demorou… demorou… demorou e eu quase desisti dele até que *BOOM* elas lançaram o video hoje e está muito bom:

Continuar lendo Refund Sisters junta 4 gostosonas para um revival do K-pop 2000 com “Don’t Touch me”

Eu não faço a mínima ideia do que o Mamamoo está falando com “Dingga” mas estou amando

Mamamoo está preparando seu DÉCIMO EP (Lembro da época que achava surpreendente quando um gg passava do 5º EP kk tou ficando velho pra isso), “Travel”. Porém, antes da gente viajar nesse EP, o grupo liberou o single “Dingga” como aquecimento para o comeback:

Continuar lendo Eu não faço a mínima ideia do que o Mamamoo está falando com “Dingga” mas estou amando

Qual hino do empoderamento representa o lacre do seu signo?

Bom dia, operárias do lacre! Como estão os dias empoderados de vocês? Quebrando muito o tabu? Abalando as manas com sua tour? Derrubando o patriarcado? Pois é, minha filha, vivemos tempos onde a militância trabalha duro para um mundo mais justo, igualitário e melhor para todos. E isso é muito bom, não é mesmo? Seja para fazer algo útil no mundo ou só pra dar aquela lacrada naquela conta que chamou o fave de fracassado no twitter, as pessoas hoje estão se empoderando e não deitam mais para qualquer um, mostrando orgulho em serem eles mesmos.

Mas e você? Está fazendo sua parte? Ainda não? Não se sente tão empoderado pra isso? Talvez o problema esteja na sua playlist, que não está tocando a música certa para a sua personalidade definida pelos astros. Mas NÃO SE PREOCUPEM, pois esse blog trouxe a solução para os seus problemas consultando diversos ~especialistas~ e trazendo músicas perfeitas para te ajudar na sua busca pelo melhor você. Bora apoiar esse lacre? Entre nesse post e descubra a música ideal para você.

Continuar lendo Qual hino do empoderamento representa o lacre do seu signo?

Mamamoo choca o iTZY empoderando e vendendo roupas com “Wanna Be Myself”

Depois de várias jornadas solo envolvendo suas integrantes, Mamamoo está de volta com seu primeiro single de 2020, “Wanna Be Myself”. A música é um single especial para a marca Andar, entrando numa série de músicas para comerciais que o Mamamoo já lançou na carreira, mas com o plus dessa funcionar muito bem como se fosse um single oficial do Mamamoo mesmo:

Continuar lendo Mamamoo choca o iTZY empoderando e vendendo roupas com “Wanna Be Myself”

Lee Hyori, Uhm Jung Hwa, Jessi e Hwasa se encontram em um bar e vão formar o girlgroup “Refund Sisters”

Esse Refund Sisters já era meio que realidade há algum tempo desde que vazaram o encontro da Hyori, Uhm Jung Hwa, Jessi e Hwasa em um restaurante coreano aí, mas eu esperei elas oficializarem esse grupo para não acabar sendo tombado igual um ou outro fandom por aí… E essa oficialização rolou hoje, com o primeiro teaser do Refund Sisters sendo liberado no “Hangout With Yoo”:

Continuar lendo Lee Hyori, Uhm Jung Hwa, Jessi e Hwasa se encontram em um bar e vão formar o girlgroup “Refund Sisters”

ALBUM REVIEW: Hwasa – María

Levando em conta que fez mais de um ano desde o hit “TWIT”, esse primeiro EP da Hwasa até que demorou demais para rolar. Não que ela ou o Mamamoo tenham parado junto: Teve Queendom, álbum novo, novos solos das outras integrantes… Mas levando em conta o tamanho do hit que “TWIT” foi, pegando #1 na Gaon logo de cara (O próprio Mamamoo levou uns dois anos pra conseguir o único #1 no chart e foi com uma das mais esquecíveis do catálogo delas), eu achei que esse EP sairia bem antes. Mas “María” está entre nós, e se talvez ele tenha tardado em chegar, o EP não deixa a desejar no geral.

Continuar lendo ALBUM REVIEW: Hwasa – María

Hwasa é a maior mujer latina da Coreia do Sul com “Maria”

Hoje foi um dia de glória para os gays kpoppers pois, além da Sunmi, Hwasa também está de volta com seu 1° EP solo e seguindo com a série de solos que o Mamamoo vem lançando em 2020. E se “pporappippam” deixou o nível lá em cima para as grandes gostosas do dia, “Maria” não deixou por menos e formou uma ótima dupla de hinos:

Nota aleatória: Por que raios o EP se chama “MarÍa” com acento agudo no i e a faixa se chama “Maria” sem esse acento?

Continuar lendo Hwasa é a maior mujer latina da Coreia do Sul com “Maria”