EVERGLOW mal chegou mas já está indo embora com “Adios”

EVERGLOW debutou esse ano com “Bon Bon Chocolat”, num autotune tão pesado com um batidão tão exagerado que era como se a gente tivesse em 2010 com o mundinho Kpop Brasil deitando pra qualquer coisa que o 2NE1 lançasse na época, então é óbvio que os mais velhos de guerra hyparam o debut delas (Merecidamente, aliás, adoro a música) e já estavam prontos pra rivalizá-las com o outro bootleg de 2NE1 que está lá na YG. E, se depender delas e desse comeback com “Adios”, podem comparar ainda mais pois não estão nem aí:

Na verdade essas comparações entre EVERGLOW e BLACKPINK fazem bem para esse início de carreira do EVERGLOW. Lembram de uma época em que todo boygroup nugu parecia querer arrancar a peruca do BTS, não conseguia mas montava fanbase suficiente para pagar as contas mesmo assim? Ou então quando twinks e cacuras da década passada discutiam para saber se Lady Gaga copiava ou não a Madonna e isso rendeu mais mídia para as duas? O princípio do EVERGLOW é mais ou menos esse. A meta não é exatamente bater de frente com o BLACKPINK mas sim conseguir aquela parcela de pocs fãs que não acham que o girlgroup da YG é a única coisa que presta no K-pop mas só ligam pra pop em coreano quando estão lançando algum bate estaca nervoso pra fritar em boate. Isso é um crime? Claro que não, se tem essa brecha para fazer dinheiro elas tem que aproveitar mesmo.

Dito isso, não achei “Adios” tão parecida com alguma coisa da YG como vocês andam pintando por aí. Tirando esse conceito “farofão badass” (Que não é patenteado pela YG masok), a única coisa que lembra BLACKPINK é o drop do refrão que virou marca registrada das produções do Teddy e que, geralmente, matam toda a música. Em “Adios” esse drop funciona melhor comigo mas não exatamente por ser bom e sim por achar que elas chuparam muito desse drop trashissimo de I’m An Albatraoz que eu levo muito pela piada da guria se comparando com um fucking Albatroz. “Adios” acaba sendo um farofão legal na minha playlist, que não é melhor que Bon Bon Chocolat mas não chegaria a ponto de ofender a música chamando de “demo de Kill This Love” ou coisa assim.

“Adios” é uma farofa bem consistente por parte do EVERGLOW que acerta em cheio o público alvo delas. Provavelmente elas vão ter que ir além disso se quiserem ser um grupo de sucesso, mas elas estão tendo um bom ano até aqui com músicas bem legais e conseguindo uma atenção acima do normal para um grupo novato sem tanto suporte (O fato de terem duas ex-Produce 48 na formação ajuda, mas ainda assim estão conseguindo bons resultados). É esse o caminho pro grupo que, mesmo se não conseguir bater de frente com os grupos gigantes, tem grande potencial para se tornar aqueles grupos populares de 2º escalão que todo mundo gosta de acompanhar (O que já vai ser um feito e tanto).

Uma consideração sobre “EVERGLOW mal chegou mas já está indo embora com “Adios””

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s