A “Fiesta” do IZ*ONE que quase virou um enterro mas rendeu o melhor MV de 2020

Depois de passar uns 3 meses em prisão domiciliar por conta dos milhares de escândalos envolvendo manipulação de resultados do Produce, IZ*ONE está de volta para (finalmente) lançar seu 1º full album “BLOOM*IZ”. A faixa escolhida para promover o álbum foi “FIESTA”, na qual é descrita como o IZ*ONE “florescendo na parte final de sua trilogia da flor, representando os esforços das integrantes em transformar seus sonhos em realidade”. Pura breguice, eu sei, mas pelo menos rendeu um MV lindíssimo:

Sério, a direção responsável pelo MV está de parabéns. Os efeitos estão on point, os cenários absurdamente lindos e tudo tem uma coloração e brilho que não passa do ponto e deixa cada cena visualmente prazerosa. As meninas estão deslumbrantes, todos os figurinos estão lindos (Meu preferido é o que está na thumb do vídeo, ele funciona muito bem na coreografia e nas poses das integrantes) e todas as cenas individuais estão bem legais, funcionando no contexto do MV e, principalmente, na conexão entre uma cena e outra. Meu único pitaco aqui é que poderiam ter segurado um pouco a mão na edição de cenas, rolam umas cenas e cortes muito rápidos (Especialmente lá pro final do vídeo) que dão uma bagunçada de leve no resultado final, mas é tudo tão bem feito e com muito bom gosto que isso não chega a se tornar um incômodo. Estamos em Fevereiro ainda, mas esse MV facilmente vai ser um dos melhores no K-pop em 2020.

É uma pena que esse MV lindíssimo foi feito para uma música tão… passável. Nada contra a música, mas tirando o break final que achei bem divertido com o vídeo e elas coreografando em cima do batidão eu também não tenho nada a favor. Alguns momentos e sintetizadores me lembraram as músicas que o TWICE lançou ano passado, e “Fiesta” acaba perdendo nessa comparação pessoal, pois essa música acabou não sendo tão catchy pra mim . “Fiesta” é um single sólido e melhor do que “Violeta” do comeback anterior, mas ainda assim fica aquela sensação de que faltou algo para ela funcionar tão bem sozinha quanto funciona com o auxílio do MV. No conjunto da obra é um ótimo trabalho, mas o vídeo tem muito mais méritos do que a música.

Acredito que “Fiesta” seja o último single do IZ*ONE da Coreia (No máximo rola um single de despedida tipo “Downpour” do I.O.I depois das promoções de um inevitável álbum japonês), e com isso em mente acredito que elas fecharam um ciclo de forma visualmente lindíssima, e merecia uma música mais memorável para abrilhantar ainda mais esse fim de trilogia. É aquela história clássica: “Fiesta” é uma faixa legal? Sim. Duraria mais de 24 horas numa playlist? Não. Mas considerando que, até uns dias atrás, esse álbum estava perigando ser engavetado para disbandar o grupo no meio do caos que elas estavam há 2 meses atrás, só o lançamento já é uma vitória pro grupo e seus fãs.


Hidden gem: Ayayaya

Embora nada no “BLOOM*IZ” seja muito outstanding e essencial na minha vida, o álbum é bem redondinho com boas músicas preenchendo ele e pouca coisa totalmente descartável. Partindo disso, acho que a faixa mais gostosa do álbum é essa “Ayayaya”, que meio que reforça a minha tese de que essas faixas com direcionamento mais tropical funcionam muito bem como album tracks, só estão desgastadas como single mesmo. Ou então é porque estamos no verão aqui e essas farofinhas funcionam de fato nessa época pra gente, então fica mais fácil de engolir do que se fosse lançada no frio de julho/agosto.

8 comentários em “A “Fiesta” do IZ*ONE que quase virou um enterro mas rendeu o melhor MV de 2020

  1. Maravilhoso esse MV, mesmo! E a música, pra mim, é o melhor single delas depois de La Vie En Rose – e é impressão minha ou o refrão tem mais cara de J-pop que de k-pop? Seja o que for, gostei!

    Só o rap que é horrível. Mas até aí, o de La Vie En Rose também era. Se por algum milagre do destino o IZ*ONE não acabar nesse álbum, sugiro que elas desistam de enfiar rap nas músicas. Pode ser uma tradição no k-pop, mas definitivamente não funciona com elas.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Não tem nenhuma rapper no grupo, era de se esperar. A que em tese deveria fazer isso dizem não ter segurança para tal e só fica com cara de cu o mv inteiro, “rubibodato”.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s