Levou 6 anos, mas finalmente alguém no Lovelyz apostou numa música de grande gostosa com “Tiger Eyes”

Quando um girlgroup se consolida com essa imagem e diacografia mais inocente, inofensiva e roupas de moda evangélica, a minha expectativa é ver quanto tempo isso dura e o shock value que isso traz, tipo quando o Apink deu uma mudança de 180° depois de 7 anos e passou a servir batidões para os gays se esbaldarem. O Lovelyz tentou fazer isso no Queendom mas ainda precisávamos de uma inédita que mostrasse a disposição do grupo para começar a servir bops pros gays também… E isso chegou através do debut solo da Sujeong com “Tiger Eyes”:

Yass kween werk!!!! nesse bopzão chiquérrimo e sofisticado sobre seus olhos de tigre. Sujeong conseguiu ser totalmente fora da zona de conforto e servir uma atitude mais cool e provocativa, algo que você não espera vindo do Lovelyz como um grupo e se torna ideal para alguma das meninas mostrar um charme e personalidade que fica escondido dentro das limitações do grupo em um trabalho paralelo. Os vocais da Sujeong estão on point com o instrumental sofisticado pronto para tocar em passarelas e vários gays botarem em suas playlists de catwalk na rua (Já está na minha, inclusive). Adorei a forma como o instrumental se mantém naquela linha contida mas com pulso, mas sinto que o refrão poderia se destacar mais do resto da música. O refrão final, onde ela vai emendando algumas notas junto, é mais memorável, mas no geral é bem ok (E não é todo dia que temos um refrão completo ao invés de um drop safadíssimo então temos que dar crédito pra Sujeong com isso).

O MV é daqueles que não acontecem muita coisa além de Sujeong caminhando, fazendo carão e servindo a grande gostosa que é em alguma locação aleatória, mas eu queria falar que essa coisa mais fierce ficaria muito mais forte nesse MV se ela tivesse mantido o cabelo daquela performance de “Sixth Sense” no Queendom. Eu sei que é regra os idols mudarem dramaticamente seus cabelos quase todo mês, mas lá ela estava fantástica e era a que melhor sustentou o look e a performance da música, e seria muito bom se ela tovesse mantido ele.

De resto o MV é um bom complemento para a música, que nem precisa de muito também. Um ótimo debut.

Eu sei que o sentimento dos fãs era pra Woollim ter encaixado um comeback do Lovelyz para pegar o hype do Queendom, mas considerando que o grupo foi um dos que menos repercutiu no programa eu vejo muito sentido messa estratégia da Woollim aproveitar aquelas que tem algum hype sozinhas mesmo para experimentar. Partindo disso, fico feliz que a carreira solo da Sujeong siga numa rota mais provocativa e que contrasta muito bem com a imagem do Lovelyz, e “Tiger Eyes” foi um ótimo primeiro passo. Agora é esperar pra ver se a Woollim vai ter competência pra sustentar a carreira solo dela (E da Kei) ao mesmo tempo que eles tem Lovelyz, Rocket Punch e algum boygroup aí para agendar comeback também.


Hidden gem: Call Back

O EP não tem lá muitos pontos altos a serem destacados, mas eu tenho que dar destaque para Call Back que é maravilhosa. Esses números R&B mais sofridinhos onde a artista fica sussurrando pela faixa toda mostrando que ela está emotiva mas sem deixar de ser uma grande gostosa no refrão servindo batofas intensas são ótimos para compor um álbum, e a Sujeong mandou muito bem com essa aqui. Praticamente a Taxi Driver da nova geração, mostrando que Sujeong tem tudo para ser a Jun Hyo Seong do Lovelyz.

7 comentários em “Levou 6 anos, mas finalmente alguém no Lovelyz apostou numa música de grande gostosa com “Tiger Eyes”

  1. Espero que ela promova (Apesar de que a coreô, se tiver, não parece ser uma das mais difíceis), e todo sucesso a ela (Que vai promover entre gigantes).

    Sobre o boygroup da Woollim, tão lá no Road tentando algum hype (Tem 1 só que é carismático, e num grupo de 10 acho meio arriscado só 1 ter MTA atenção), mas em relação ao Lovelyz, eles não tem tanto apelo não (Se não mudarem nada, vão acabar abaixo do TOP3)

    Curtido por 1 pessoa

    1. A Woollim tá tentando criar um apelo no Lovelyz pelos trabalhos solo das que conseguiram algum destaque (Tipo a Kei e a Sujeong com os solos e a Mijoo batendo ponto em vários variety shows) pra o grupo voltar com alguma integrante no hype (Deu certo com o April, não custa tentar)

      Curtido por 1 pessoa

  2. “Agora é esperar pra ver se a Woollim vai ter competência” a resposta pra isso é sempre “não”. Não teve competência nem pra diferenciar estampa de onça de estampa de tigre pras roupas da gata combinarem com a música, muito menos pra arrumar uma capa decente pro álbum digital (certeza que dava pra fazer coisa melhor no picsart e_e). Mas a música tá um hininho mesmo, e concordo que o cabelinho de Sixth Sense cairia melhor. Deixava ela mais ~fierce

    Curtir

    1. Esse caso da estampa na verdade é uma referência ao “Brown cow stunning” da Monique Heart, mostrando que a lenda está antenada com os memes dos gays que assistem RuPaul’s Drag Race

      Já a capa não dá pra defender mesmo (Na vdd fiquei até aliviado pois por um momento eu realmente achei que era a capa oficial)

      Curtir

  3. Menina eu achei tudo
    Mas eu espero de verdade que role um solo da Mijoo pra completar uma tríade entre as gostosas relevantes + a Kei
    E da Mijoo eu ainda espero algo melhor que isso (o que é difícil), espero que role mesmo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s