XUM digievolui de subunit para redebut do Neonpunch com “Ddalala”

Esse XUM nasceu como uma subunit nugu do também grupo nugu Neonpunch, mas a empresa delas anunciou o fim do grupo por conta das dificuldades que a empresa estava passando por conta do Covid-19. Até aí era só uma empresa que provavelmente montaram com 50 reais e 2 caldos de cana falindo como tantas outras empresas do entretenimento coreano que estamos vendo por aí, mas o que ninguém explica é como a empresa decidiu manter o XUM apesar das dificuldades financeiras, transformando o trio e “Ddalala” num redebut do Neonpunch:

A intro desse vídeo é perfeita, o batidão servindo farofa da The Week em 2011 prometia reviver os tempos de farofas bagaceiras que a nuguzada servia aos montes no meio da década e as gatas batendo cu no chão como se não houvesse amanhã. Se não me engano essa intro foi usada como teaser desse redebut, e eu já estava on fire pelo XUM entregando o batidão que os gays pediram e pronto para aclamar o farofão rampeiro como um dos melhores de 2020. Porém, o batidão só ficou na intro e o que veio de fato para mostrar o reboot do grupo não segura tão bem as pontas.

Não me levem a mal, a farofa que foi servida é boa também, elas ainda estão servindo grandes gostosonas no MV (Principalmente a menina que canta o pré-refrão que poderia virar a Johyun delas e virar it girl aleatoriamente pois deu o sangue nesse vídeo) e tudo mais, é uma legítima farofa nugu como o próprio Neonpunch servia (Em uma outra pegada masok). Mas tudo aqui é bem menos empolgante que a intro, e a sensação é de que “Ddalala” poderia ser bem mais. Os versos acelerados são muito bons, li um comentário falando que serviram a vibe de “Level Up” da Ciara e realmente foi isso mesmo que rolou, mas o pré-refrão e o refrão são bem mais ou menos e não elevam a experiência como deveria. “Ddalala” ainda é uma boa farofa mas pouco se destaca no meio das outras farofas por aí.

Ainda não entendi se o XUM é só a empresa delas adiando o inevitável ou realmente vai rolar um trabalho mais consistente para essa reformulação, mas “Ddalala” é um passo bem, digamos, ok para esse novo projeto. Não é algo que eu vá lembrar de ouvir no fim do dia, mas acho que vale para quem curte essas farofas bate cabelo por aí. Mas é fato que essa música poderia ser bem melhor se tivesse um refrão mais impactante, e esse é o tipo de coisa que um grupo devia pensar quando planejam repaginar a marca e as integrantes.

3 comentários em “XUM digievolui de subunit para redebut do Neonpunch com “Ddalala””

  1. a empresa simplesmente chutou as outras duas integrantes do neonpunch e usou a desculpa do corona, e sobre a música, eu tivesse a mesma sensação, a intro é a melhor parte e o refrão é super broxante

    Curtir

  2. quem sabe a empresa inventou essa pra cortar os custos com as outras integrantes? Teorias as partes, estou encucada com esse nome XUM, fazia tempo que não via nome tão feio.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s