Top top.jpg: Os 10 melhores singles solo do Loona

Acho que esse é o tipo de post que todo blog/site de K-pop tem que ter. Ele engloba o pedantismo de montar um ranking, o pedantismo que foi o projeto pré debut do Loona, que é o tipo de grupo perfeito para escrever sobre. Eu nem lembro se fiz um post assim antes, mas vamos aproveitar que o Loona volta na próxima segunda e fazer um revival dos solos do grupo, ranqueando os 10 melhores solos do Loona.

Como o Loona tem 12 solos, só dois ficariam fora desse post. Então, para falar que cobri tudo que esse projeto contemplou, vou dar a minha menção honrosa aos dois singles que vão ficar fora do top. E esses singles são…

“Around You” e “One & Only”. Vou deixar claro aqui que, hoje em dia, não acho nenhum solo do Loona ruim ruim: Cada um tem sua particularidade que, dentro do universo do grupo, mostra a identidade de cada integrante de um jeito bem especial. Claro que o projeto só foi ganhar atenção lá pelo 6º single, mas acho que cada uma ainda consegue mostrar suas cartas para contribuir com o grupo. Então “Around You” e “One & Only” acabam ficando fora do meu pois Top 10 pois a) Acho “Around You” uma chatice sem tamanho e nunca fiz muita questão de ouvir “One & Only” mais de 2 vezes seguidas. Foi mal, Hyunjin e Gowon, mas o show tem que continuar.

10º lugar — Kiss Later (Yeojin)

Porque é uma faixa fofinha mas eu não gosto de sapos

“Kiss Later” é, provavelmente, a faixa mais fofa do projeto. O instrumental vindo diretamente de alguma faixa de irmã mais nova da nação da IU é adorável e os vocais da Yeojin são graciosos, combinando com toda a aura da música. O que faz essa faixa ser cortada logo no início do Top 10 é simplesmente o fato de não ter vontade de botar essa música pra cima. Tipo, eu poderia por ser uma boa música e acho que um 10° lugar pode parecer que estou subestimando essa música, mas as outras faixas são tão melhores e mais viciantes que “Kiss Later” parece a escolha ideal para abrir esse Top 10. De qualquer forma, é uma faixa adorável para quem está afim de ouvir números teatrais fofinhos.

Nosso 10º lugar está aqui porque a Yeojin me parece a escolha de garota do mês perfeita para abrir esse top 10. Já o 9º lugar foi o single que começou com toda essa bagunça de garota do mês:

9º lugar — VIVID (Heejin)

Porque não é AQUELA abertura que um projeto desse tamanho precisava, mas ainda é uma música bem legal

Quando esse projeto de garota do mês começou e ninguém sabia muito bem o que ia acontecer, as expectativas e dúvidas estavam bem altas, e isso precisava de uma música a altura de tudo isso. Com isso em mente, “VIVID” não me parece a melhor escolha das músicas de garota do mês (Mesmo fazendo todo sentido vendo o projeto como um todo), mas ainda é uma música muito legal. Tem um espírito mais descompromissado e “brincalhão” na música que torna “VIVID” um pop bem divertido e leve de ouvir, e um outro ponto bem legal é como os próprios vocais da Heejin soam mais desbocados também, deixando a música ainda mais interessante. Tinha escolhas melhores para o Loona se apresentar para o público, mas isso não deixa “VIVID” menos legal de ouvir.

“VIVID” entrou no 9º lugar por ser uma música legal que funciona no projeto de garota do mês. Já o 8º lugar entra nesse posto justamente por funcionar fora do projeto:

8º lugar — Let Me In (Haseul)

Porque certas músicas precisam de um tempo para serem aclamadas

Acho que de todas as músicas desse projeto que acompanhei no lançamento, “Let Me In” foi a que menos me interessou na época. Acho que o fato de ser o 3º single do projeto depois de 2 singles que não deram aquela energia inicial do projeto meio que impediu qualquer afeição minha por essa música, pois não é o tipo de música que eleva o projeto para outro patamar: Uma faixa lenta, orquestrada, que ganha certo pulso no refrão e cumpre bem o papel de mostrar o vocal limpo e angelical da Haseul, cantando essa música como se estivesse contando uma história, mas foi fácil esquecê-la enquanto o projeto de garota do mês rolava. Passado esse hype, essa música foi crescendo em mim, e acredito que esse 8º lugar acaba sendo muito válido para a música pois, olha só, até na minha playlist eu botei para ouvir de vez em quando. É sempre legal quando músicas assim te acertam de forma tardia, mas bastante eficaz.

“Let Me In” entrou no 8º lugar pela sutileza da faixa que me conquistou. Já o nosso 7º lugar conquista o ouvinte por… Bem, pelo extremo oposto disso:

7º lugar — Heart Attack (Chuu)

Porque todos amam uma garotinha obcecada cantando um jazz legal

“Heart Attack” é um pop acelerado com uma pegada jazz forte em seu instrumental, mostrando mais uma variante muito bem feita do pop com referências retrô do Loona (Algo que elas nunca apostaram como grupo… vai entender). “Heart Attack” é qualquer single dançante e bom da Ailee seguindo por um caminho bem mais fofinho, com um vocal fofíssimo dando todo o tom do projeto. É aquela coisa fofa porém não enjoadinha, pois a intenção é manter você se mexendo com a melodia da música o tempo todo. Em certos momentos a música é meio exagerada e, dependendo do dia, não vai ser algo que farei questão de ouvir, mas nos bons dias ela é simplesmente viciante e passo horas ouvindo.

“Heart Attack” aparece no 7º lugar por sempre estar a 200 por hora e não te deixar parado ouvindo. Já o 6º lugar sabe quando dar aquela desacelerada essencial:

6º lugar — Singing In The Rain (Jinsoul)

Porque, assim, quem não gosta de cantar na chuva?

Outra música de momentos pra mim: Tem horas que eu considero Top 4 material do Loona, tem horas que acho uma das mais fracas do grupo. Mas uma coisa que essa faixa acerta muito bem é no contraste do refrão: Enquanto os versos são animados, com muitas batidas e dando aquela aceleração que uma faixa eletrônica precisa e me faz esperar aquela explosão louca no refrão, que surge te puxando pra trás como algo pronto para te levar mais fundo na música, que ganha até um outro tom depois do primeiro refrão. Claro que não rola aquele contraste impactante que a transição de uma outra música desse projeto tem e vai aparecer mais pra frente (Vocês sabem qual é), mas “Singing In The Rain” é uma faixa em que seu instrumental ganha todo o destaque, e a Jinsoul foi presenteada com uma das músicas mais impactantes do projeto.

“Singing In The Rain” ocupa o 6º lugar por ser uma ótima música que fica melhor ainda dependendo de como seu coração está para ouvir. Já o nosso 5º lugar se aproveita das tendências que vão e voltam para brilhar nesse 2020:

5º lugar — Everyday I Love You (Vivi)

Porque synthpop e estética retrô estão em alta hoje em dia

Em outras épocas essa música teria rodado mais cedo no meu ranking do Loona, mas com o Synthpop e essa estética retrô bombando ultimamente eu pensei “Hum, eu posso dar mais uma chance para isso aqui”. Aí eu dei mais uma chance… E mais uma… E mais uma… E quando me dei conta já estava adorando isso aqui. Tipo, a introdução dessa faixa ainda não me empolga tanto ouvindo, mas quando a música começa pra valer é simplesmente mágico, com o instrumental delicioso de ouvir junto com os “I love you, I need you” no pré-refrão, que dão um ótimo gancho para o refrão que é incrível. “Everyday I Love You” não é o tipo de música que muda vidas logo de cara, mas vai te conquistando cada vez mais a cada play.

“Everyday I Love You” está no 5º lugar por ser a faixa que mais cresceu comigo dos solos do Loona. O 4º lugar não precisou disso, pois já estava aclamando desde o início:

4º lugar — Egoist (Olivia Hye)

Porque ser egoísta em um pop introspectivo é sempre uma boa opção

Esse Top 4 é formado de músicas arrebatadoras desde o início, ocupando a minha opinião pessoal de serem AS FODONAS da coisa toda, então preparem para essa surra de conceito, coesão e aclamação que essas 4 garotas serviram. Começando pela Olivia Hye, que no dia que lançou “Egoist” eu gritei que era a minha bias sim, tanto pela energia que ela transmite pelo MV quanto pela música, um popzão mais lento e introspectivo falando sobre amar a si mesmo muito. Todas as produções eletrônicas dos solos do Loona estão de parabéns pois são sempre de encher os ouvidos. Ah, e o rap da Jinsoul dá todo um charme para acrescentar ainda mais na música, que brinca com os mais diferentes elementos EDM para criar uma faixa hipnótica. “Egoist” não é a minha faixa favorita do projeto, mas é da minha integrante favorita do Loona.

“Egoist” entrou no 4º lugar por ser uma faixa muito boa e sem falhas. A nossa medalha de bronze também é uma faixa muito boa e sem falhas, porém tem um DROP que eleva tudo para outro nível:

3º lugar — Love Cherry Motion (Choerry)

Porque esse é o maior drop da história do K-pop

Pegando momentos específicos desse projeto, acho que a transição de pop fofinho para o batidão de rampeira em “Love Cherry Motion” é a coisa mais memorável desse projeto de garota do mês. E toda a metáfora visual em cima desse drop também é icônica: Ela toda fofinha e inocente cantando essa música inteira até chegar o momento em que ela come a cereja e *BOOM* ela vira uma putona pronta pra bater cu no chão loka de bala. E o mais legal é que o drop não só é memorável como dá para a música uma harmonia que você nunca esperaria pelo 1º minuto dela, como se evoluísse para uma versão completa e perfeita dela mesma. Acho que não existe drop mais efetivo e legal do que esse numa música de K-pop (Até porque o drop de “Love Cherry Motion” complementa o refrão, ao invés de substituir ele.

“Love Cherry Motion” garantiu a medalha de bronze pelo seu drop jogar uma boa música para o patamar de lendas desse projeto. Já o nosso 2º lugar é lendário do início ao fim:

2º lugar — new (Yves)

Porque synthpop é SIM o melhor que uma jovem adulta da Coreia pode oferecer para os gays

“new” é meio que um paralelo ao que foi “Everyday I Love You” (Algo que o próprio MV ressalta na teoria da pista de boliche). Enquanto o solo da Vivi é um synthpop mais adorável e fácil de ouvir no fone de ouvido enquanto estudo para uma prova, “new” é mais moderna e dinâmica, feita para mostrar a dançarina cheia de energia e poder de performance que uma gatinha que baseia sua dieta em maçãs pode oferecer. Um dos acertos desse projeto foi não botar músicas mostrando que elas são grandes cantoras, mas sim faixas que mostrassem como as integrantes poderiam contribuir com o grupo, e “new” é o melhor exemplo disso. Claro, uma vocalista poderosa também serviria muito nessa música, mas a Yves fez de um jeito em que tudo chamasse atenção: Vocais, instrumental, vídeo, performance e etc. Absolutamente tudo nesse single me prende a atenção, e é maravilhoso assistir e ouvir a 9ª garota do mês nessa música/MV.

Com uma descrição dessas não faz muito sentido deixar “new” na 2ª posição né?! E ela até alcançaria o topo mesmo, se no mesmo projeto não existe… Eclipse:

1º lugar — Eclipse (Kim Lip)

Porque é… Eclipse.

Eclipse é, bem, Eclipse. Quem fez esse slow R&B sintetizado para ser a faixa mais sensual do projeto sabia muito bem o que estava fazendo, pois era essa música que ia transformar o Loona… no Loona. Sem essa música é muito provável que o grupo não teria a atenção que tem, elevou as expectativas de toda santa pessoa que acompanhou esse projeto de garota do mês na época, sendo aquele hino dançante e provocativo que esse conjunto de solos precisava. “Eclipse” é misteriosa, instiga o ouvinte para o que vem a cada segundo, cada elemento do instrumental é glorioso e a Kim Lip cantando/gemendo pela música toda deixa essa faixa ainda melhor. Eu sei que essa escolha de #1 é meio básica (Especialmente para os fãs mais woke do grupo que não curtem muito o hype em cima do Odd Eye Circle), mas é impossível negar que “Eclipse” é o grande marco desse pequeno projeto do Loona.

12 comentários em “Top top.jpg: Os 10 melhores singles solo do Loona”

  1. Gostei do top 10! Só discordo sobre os “vocais graciosos” da YeoJin; pra mim os vocais dela são meio grosseiros nessa música – e é exatamente por isso que ela funciona; o contraste entre a voz meio áspera dela e a fofura da melodia acaba deixando ela bonitinha sem ser enjoativa (que é o que acontece no solo da Go Won, tirando os momentos dos microrraps).

    ViViD pra mim é um caso à parte; é curioso como os solos do yyxy têm a temática de autoaceitação, os do OEC são mais pro lado da piranhagem e os do 1/3 são mais inocentes… exceto por ViViD, cujos “Oh my God, yes!” soam um tanto sensuais.

    Curtir

  2. Gostei do seu top 10. Foi muito bacana aproveitar a jornada do Loona, mas não sei porque nos álbuns eles não levaram essa estética legal dos mvs produções para os mvs atuais. Os mvs delas era lindo, e eu como a louca das paletas das cores era um sonho assistir hahahaha.
    E concordo plenamente com as duas faixas de fora, o conceito da Gowon parecia tão perfeito pelos teaser do mv e fotos_ ela loira em um e de cabelo preto na outra_ e quando saiu foi como um balde de água fria.
    A da outra menina só pelas fotos e teaser tinha cara de ser sem graça, então nem dei tanta bola.

    Curtir

    1. Pior que a HyunJin (a.k.a. “outra menina”) é de longe a maior palhaça do grupo, e nem a música, nem o MV solo dela valorizam isso. Tivessem dado uma música debochada pra ela, com um MV mostrando ela fazendo caretas, miando e latindo e enchendo o bucho de pão, teria sido maravilhoso.

      Podia até ser uma versão diferente dessa mesma música, tipo o remix fanmade estilo reggaeton…

      Curtir

  3. INADMISSIVEL A MELHOR MUSICA DA HISTORIA EM 5º LUGAR !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! EXPONDO ESSE BLOG FUNDO DE QUINTAL IMEDIATAMENTE !!!!!!!!! RATO ESPALHADOR DE MENTIRAS !!!!!!! MEUS ADVOGADOS ENTRARÃO EM CONTATO

    Curtir

    1. E a música que mudou a indústria musical, que fez com que michael jackson, whitney houston, freddy mercury e lorde que ta viva porem sumida voltarem dos mortos para aplaudirem the masterpiece tbm conhecida como o hino da auto aceitação, do amor próprio, que inspirou bts e itzy a fazer a mesma coisa fora do top 10 é um desaforo

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s