GFRIEND são as 6 netas da bruxa da disco music na ótima “Mago”

Depois de entregar uma das melhores b-sides e um dos melhores singles do ano em comebacks diferentes, eu já estava num lucro muito grande com o GFRIEND (Diferente da Coreia do Sul, levando em conta que esse ano rendeu os piores peaks do grupo na Gaon). Mas elas ainda não estavam prontas para dizer adeus a esse 2020, pois ainda precisavam lançar seu 3º álbum de estúdio “Walpurgis Night”. A faixa principal levou o icônico nome “MAGO”, e tal como o Patolino, elas foram implacáveis:

GFRIEND é mais um grupo a aproveitar a tendência da disco music no K-pop, e eu ainda não estou enjoado disso da Coreia reviver os anos 70/80 nas músicas. Acho que quando os produtores por lá forem safadíssimos sampleando Bad Girls da Donna Summer e recriarem essa icônica capa de Four Seasons of Love para um grupo de terceiro escalão (Apostaria GWSN mas acho que acabou o dinheiro lá na Kiwi Media) eu penso “É, não tem mais da onde a Coreia beber dessa fonte”, mas até lá eu me acabo com o que 2020 vem rendendo nesse estilo.

Sobre a música, “MAGO” é descrita como a história de uma garota “que se declarou uma bruxa sem medo dos olhares e julgamentos, expressando sua atitude positiva e confiante em um festival colorido e brilhante”, o que é uma boa fantasia para mais uma música de empoderamento e autoaceitação no K-pop. Na verdade isso é muito bom pois deixa a letra mais interessante e fantasiosa sem cair naquele clichê de não me importar com os haters pois eu sou assim mesmo e la di da di da. Normalmente eu sou contra essa viajada nas ideias que a Big Hit dá na hora de criar um conceito que só pessoas sem uma vida pra ficar caçando referência onde não tem inteligentes entenderiam, mas aqui funciona muito bem.

O instrumental também é muito gostoso. No geral ela me lembra “I’m So Sick” do Apink, o que me trouxe ótimas memórias de como eu me acabei com o Apink finalmente florescendo como gostosonas numa música memorável (Dá pra gente falar isso da própria “MAGO”, inclusive), com o GFRIEND não indo de cabeça no synthpop e tentando “modernizar o retrô” como todas vem fazendo esse ano. Eu sinto que o refrão poderia ser mais destacado do resto da música, mas acho que o “My heart is beating for you” dá uma compensada sendo a linha mais memorável pra mim.

O MV também te leva para os tempos da brilhantina, desde a proposital escolha de proporção 4:3 da tela até a estética de uma discoteca. Gostei muito das poses e carões delas, sendo mais fortes, impactantes e em nada lembram aquele grupo que milkou tudo que deu do conceito de sonsas colegiais e sonsas formadas. Agora elas são as grandes gostosas que os gays estavam doidos para stannear, e ainda ganhamos essa gostosona sendo uma gostosona no pole dance, então não temos do que reclamar né.

GFRIEND teve um 2020 muito bom, com 3 músicas muito boas e uma celebração muito legal para promover seu novo álbum de estúdio. “MAGO” não é tão grandiosa quanto “Labyrinth” ou “Apple” (2 faixas que foram recicladas para o “Walpurgis Night”), mas funciona bem como uma faixa mais vibrante para encerrar um ciclo. É uma pena que o 2020 do GFRIEND não foi tão forte quanto o habitual, mas parece que “MAGO” começou bem nos charts, então fica a minha torcida para que elas consigam arrancar um hit ainda esse ano.


Hidden gem: Three of Cups

Outra tendência que vem sendo destaque em 2020 e que o GFRIEND aproveitou nesse álbum é o famigerado City Pop, que foi usado na deliciosa “Three Of Cups” e que é a minha faixa inédita favorita do novo álbum do grupo (A melhor mesmo é “Labyrinth” mas já rasguei a seda por ela lá no início do ano). Com mais uma execução muito legal e vocais adoráveis que combinam com a energia do instrumental, eu não consigo ficar parado ouvindo essa música e sinto a vibe de como eu estivesse caminhando na Avenida Paulista livremente enquanto as luzes da noite me iluminam. O álbum tem outras músicas legais, mas “Three Of Cups” é a que mais me fez ver que ainda podemos ter fé no que o GFRIEND pode oferecer em um álbum (Afinal aquele último EP é carregado pela title ótima mesmo de tão esquecível que é).

6 comentários em “GFRIEND são as 6 netas da bruxa da disco music na ótima “Mago””

  1. Que musiquinha boa! A coreografia tá ótima também_ a unica coisa que me incomoda é aqueles conjuntos da chanel que elas usaram, deu uma quebra no visual, na minha opinião_
    E a bichinha do pole dance arrasou, antes so ligava para a prima da Jessica e a Umji. : )

    Curtir

  2. Nem entraram no top 100 do Melon ainda, triste. Ainda bem que pra um full album elas tão carregando bem nas vendas. As mudanças no Melon chart afetaram bem feio até mesmo grupos grandes, Twice não conseguiu top 10 até agora, a nova do Mamamoo tá super baixa (apesar de Dinga estar hitando) e aparentemente só o BTS e as Blackpink conseguem se segurar no digital. Forças pros grupos flopados, pq vencer agora na Coreía tá difícil.

    Curtir

    1. Acho que o grupo ainda tem muito pra subir lá, no genie elas pegaram #1 pela primeira vez em 3 anos e disco music tá rendendo a médio prazo na Coreia, dá pra acreditar no hit sim

      Curtir

  3. Faz um tempo que não curto as músicas do Gfriend, felizmente mago me pegou nos primeiros segundos, o conceito lindíssimo e elas estavam com um visual perfeito até o album fui ouvir, também bem bom, esperando o win dessa era pq merece muito

    Curtir

Os comentários estão desativados.