Gallup elege os artistas e músicas coreanas mais influentes de 2020

Todo mês de dezembro a Gallup (Um instituto de pesquisa que é tão relevante na Coreia quanto o Datafolha é por aqui, por exemplo) faz uma pesquisa para mostrar as personalidades da mídia mais influentes do ano. Hoje foram revelados os resultados para o ano de 2020, e embora muita coisa seja bem previsível, ainda tem uma ou outra coisa que vale a pena ser comentada.

Para começar, vamos ver quem os coreanos abaixo dos 40 anos elegeram como os artistas mais influentes de 2020:

#1 — BTS
#2 — IU
#3 — BLACKPINK
#4 — Lim Young Woong
#5 — TWICE
#6 — Young Tak
#7 — Zico
#8 — Red Velvet
#9 — Hwasa
#10 — Paul Kim

BTS ser o 1º lugar entre os jovens coreanos não é a coisa mais inesperada do mundo, mas o fato deles serem o único boygroup da lista no Top 10 é impressionante, especialmente quando vemos vários desses boygroups batendo recordes pessoais de vendas de álbuns e alguns inclusive batendo 1 milhão de cópias. Então eles ficarem atrás até mesmo do Red Velvet (Perdão pelo meme mas as velvetinhas acabaram não trabalhando taaaanto assim como grupo depois do smash de virada de ano que foi “Psycho” né) parece bem discrepante com o que a gente é bombardeado pelo Hanteo e pela Gaon toda semana.

BLACKPINK ainda não está forte o suficiente para bater o domínio feminino da IU na pesquisa, mas o #3 fez com que, pela primeira vez, elas aparecessem como o girlgroup mais relevante da indústria. Ou seja, levou 4 anos mas elas finalmente derrubaram o TWICE, que aparece no 5º lugar geral mesmo com números mais tímidos de seus singles nos charts. Lim Young Woong e Young Tak são dois cantores de trot que mostram toda a popularidade do programa “Mr. Trot” que aconteceu esse ano (O Lim Young Woong ganhando a competição e o Young Tak ficando em 2º lugar em 2020) e que os jovens também se interessam por música trot (Na lista acima dos 40 anos só tem cantor trot com o BTS fazendo figuração na lista). Fechando a lista temos Zico e Hwasa pelos grandes hits que foram “Any Song” e “Maria”, e o Paul Kim que nunca me importei muito.

A categoria de músicas mais populares abaixo dos 40 anos não traz grandes novidades também, mas tem umas surpresas legais (A lista acima dos 40 anos só tem música trot):

#1 —BTS – “Vou Entrar no BTS” (“Dynamite”)
#2 — IU – “Eight”
#3 — Hwasa – “Maria”
#4 — Zico – “Any Song”
#5 — BLACKPINK – “Lovesick Girls”
#6 — Im Young Woong – “Trust in Me”
#7 — Jessi – “NUNU NANA” / BTS – “Boy With Luv”
#9 — BLACKPINK – “How You Like That”
#10 — Young Tak – “Jjiniya”

BTS e BLACKPINK sendo os dois únicos grupos idols no Top 10, evidenciando mais uma vez que o que é exportado na onda hallyu não é necessariamente o que é tendência na Coreia. Acho que é válido citar que nenhum comeback em coreano do BTS esse ano aparece na lista, já que “Dynamite” é uma música em inglês e “Boy With Luv” é do ano passado, o que me faz questionar se “Dynamite” seria mesmo esse sucesso se não fosse a contribuição de MC Maha na divulgação da música.

Brincadeiras a parte, é óbvio que “Dynamite” ofuscou qualquer coisa esse ano (Até o próprio BTS, pensando um pouco), mas o fato de “Boy With Luv” aparecer na lista e não os singles do 7, por exemplo, me faz pensar que o 2020 no BTS não foi tão imbatível assim. Já no caso do BLACKPINK eu estou surpreso por “Lovesick Girls” estar na frente de “How You Like That” já que a segunda hitou mais que a primeira, mas talvez seja a Coreia do Sul me mostrando que eles estão arrependidos disso e talvez exista algum gosto para as músicas do grupo.

Já na parte dos solistas, “eight” está no segundo lugar é até compreensível, mas “Any Song” apanhar de “Maria” é chocante. Bem, já é evidente que a Hwasa está maior que o Mamamoo e que, quando todos esses grupos esfarelarem para deixar as gostosonas engatarem carreira solo, a Hwasa vire mesmo uma das solistas da nação (Talvez a tão cobiçada sucessora da Lee Hyori que a Coreia está caçando há uns bons 10 anos seja ela, afinal), mas eu não sabia que “Maria” era uma faixa tão querida assim entre os coreanos. Foi um grande hit, mas nunca imaginei que estaria acima de “Any Song”. Por fim é bom exaltar a aparição de “Nunu Nana” se mostrando um dos grandes hits do TikTok coreano e botando a Jessi em um outro nível do mainstream.

3 comentários em “Gallup elege os artistas e músicas coreanas mais influentes de 2020”

  1. Eu morri com a foto do mc no começo kkkkkkkkkkkkk
    Duas coisas que notei; Hwasa tá se tornando uma grande solista que passa na frente de alguns aí.
    E finalmente tão dando o reconhecimento que Lovesick Girls merece, que fico passada que a galera prefira Pretty Savage que se torna clichê a cada ouvida e Como Você Gosta Disso? Ainda ser unânime.

    Curtir

Os comentários estão desativados.