Year End 100: As 100 melhores músicas do Asian Pop em 2021 (Parte 1)

Enquanto os blogueiros de fundo de quintal já terminaram ou estão encaminhando suas listas de fim de ano, euzinho sou um gay desorganizado e preguiçoso que não conseguiu equilibrar os posts do Top 100 com os posts normais e o trabalho que tenho. Então eu decidi empurrar tudo para 2022 pois, afinal, por que não?! 2021 foi um ano que rendeu muita coisa legal, e não precisa morrer em 2021 mesmo.

Então começa HOJE a minha lista com as 100 melhores músicas do Asian Pop que eu ouvi de 2021. A lista é totalmente pessoal e sem nenhuma pretensão de falar que a minha fave é melhor que a sua (Embora seja) ou algum comentário mais crítico e profissional. São 100 músicas que eu acho ótimas, ficaram na minha playlist e marcaram meu 2021, então acredito que vocês vão curtir essa seleção de milhões que fiz e vou postar durante os próximos dias.

100. Misako Uno – Koi No Wana Shikakemasho

Leia mais »

Year End 100: As melhores músicas do asian pop em 2020 (Parte 6)

E aí, gatinhas, como passaram o ano novo? Passaram muita vergonha? Eu fiquei sozinho em casa mas bebi tanto e fiquei tão louco que fui e voltei de Chromatica em uma madrugada. Ou seja, me diverti horrores, e espero que vocês também. Então, feriados passados, vamos dar continuidade ao nosso Top 100 de melhores músicas no Asian Pop em 2020, agora com a clássica parte das barradas do Top 10. Essas 15 músicas foram incríveis na minha playlist e por pouco não chegaram lá, mas ainda merecem toda a aclamação possível. E, começando mais uma série de hinos do asian pop, temos a grande unit de 2020 no meu coração:

25. Refund Sisters – Don’t Touch Me

Leia mais »

YEAR END 100: As melhores músicas de 2020 no Asian Pop (Parte 1)

Foram milhões de pedidos, pessoas desmaiando na porta da minha casa de ansiedade e uma crise econômica que afundou ainda mais o nosso país causada pela demora desse Top 100, mas chegou o dia de começar a definir as melhores músicas de 2020 de acordo com esse blog. Aqui vocês sabem: São as 100 melhores músicas de acordo com a minha opinião que é a grande verdade absoluta da história da crítica K-pop. Ou seja não importa se o seu fave conseguiu 77 prêmios e foi aclamado pela billboard como o álbum do milênio, se não apareceu nesse Top 100 é porque provavelmente seu fave só lançou lixo (Aviso de ironia porque né, vai duvidar da capacidade de raciocínio do Kpopper pra você ver o que acontece).

Na verdade, como toda lista de qualquer coisa na história, as músicas foram escolhidas com base no meu gosto pessoal envolvendo diversos fatores (O quanto eu acho a música maravilhosa, o quanto durou na minha playlist, o quanto acompanhou os dias em que chutei o balde virando altas doses de cachaça e por aí vai). Juntei tudo isso, peneirei em 100 músicas e aqui estamos. Você está livre para discordar de qualquer coisa desse Top 100 (Os comentários até me ajudam com o engajamento e pra valorizar o adsense, então não deixem de xingar o mau gosto do blogueiro, bitches), mas tenham consciência não vão mudar em nada o ranking do meu blog.

Seguindo a tradição, esse Top 100 será dividido em 7 partes, com 6 partes de 15 músicas e um Top 10 no fim. Pode acontecer dessas 7 partes saírem ao longo desses 7 dias (Temos reveillon e ano novo chegando né), mas no máximo até o final da 1ª semana de janeiro vocês devem saber qual foi a minha grande música de 2020. Tudo explicado, vamos começar com elas, que serviram um dos grandes hits de 2020 (Mas não com uma das melhores músicas do grupo):

100. Oh My Girl – NONSTOP

Leia mais »

Gallup elege os artistas e músicas coreanas mais influentes de 2020

Todo mês de dezembro a Gallup (Um instituto de pesquisa que é tão relevante na Coreia quanto o Datafolha é por aqui, por exemplo) faz uma pesquisa para mostrar as personalidades da mídia mais influentes do ano. Hoje foram revelados os resultados para o ano de 2020, e embora muita coisa seja bem previsível, ainda tem uma ou outra coisa que vale a pena ser comentada.

Para começar, vamos ver quem os coreanos abaixo dos 40 anos elegeram como os artistas mais influentes de 2020:

#1 — BTS
#2 — IU
#3 — BLACKPINK
#4 — Lim Young Woong
#5 — TWICE
#6 — Young Tak
#7 — Zico
#8 — Red Velvet
#9 — Hwasa
#10 — Paul Kim

Leia mais »

Lee Hyori, Uhm Jung Hwa, Jessi e Hwasa se encontram em um bar e vão formar o girlgroup “Refund Sisters”

Esse Refund Sisters já era meio que realidade há algum tempo desde que vazaram o encontro da Hyori, Uhm Jung Hwa, Jessi e Hwasa em um restaurante coreano aí, mas eu esperei elas oficializarem esse grupo para não acabar sendo tombado igual um ou outro fandom por aí… E essa oficialização rolou hoje, com o primeiro teaser do Refund Sisters sendo liberado no “Hangout With Yoo”:

Leia mais »

ALBUM REVIEW: Hwasa – María

Levando em conta que fez mais de um ano desde o hit “TWIT”, esse primeiro EP da Hwasa até que demorou demais para rolar. Não que ela ou o Mamamoo tenham parado junto: Teve Queendom, álbum novo, novos solos das outras integrantes… Mas levando em conta o tamanho do hit que “TWIT” foi, pegando #1 na Gaon logo de cara (O próprio Mamamoo levou uns dois anos pra conseguir o único #1 no chart e foi com uma das mais esquecíveis do catálogo delas), eu achei que esse EP sairia bem antes. Mas “María” está entre nós, e se talvez ele tenha tardado em chegar, o EP não deixa a desejar no geral.

Leia mais »

Hwasa é a maior mujer latina da Coreia do Sul com “Maria”

Hoje foi um dia de glória para os gays kpoppers pois, além da Sunmi, Hwasa também está de volta com seu 1° EP solo e seguindo com a série de solos que o Mamamoo vem lançando em 2020. E se “pporappippam” deixou o nível lá em cima para as grandes gostosas do dia, “Maria” não deixou por menos e formou uma ótima dupla de hinos:

Nota aleatória: Por que raios o EP se chama “MarÍa” com acento agudo no i e a faixa se chama “Maria” sem esse acento?

Leia mais »