Fiquei 92% mais gostosa e peituda ouvindo “Easy” do WJSN THE BLACK

WJSN (Ou Cosmic Girls, para os mais íntimos) debutou hoje sua nova sub-unit The Black. Como no comeback anterior elas resolveram virar um grupo para os gays de boate e o grupo já tem sua sub-unit fofinha na conta, eu achei que essa nova divisão renderia algum girlcrush mais batido como o que vem rendendo no K-pop ultimamente… Mas aí *BOOM* as gatinhas resolvem me tombar entregando classe, elegância e sedução com “Easy”:

Descrita como um “Dark disco suave e lento, porém intenso e mortal”, “Easy” é basicamente a representação mais madura do WJSN até aqui. Gostosas de terno te seduzindo e gemendo por 3 minutos na música é sempre uma combinação devastadora, e a música cria uma energia hipnotizante e única dentro do universo que é a discografia das garotas cósmicas. Não é algo necessariamente único (A direção dessa faixa me lembra muito “Blue Moon” da Kyungri, por exemplo), mas dá uma nova camada para o WJSN poder explorar (Seja exclusivamente com essa unit ou incorporando na sonoridade principal do grupo inteiro no futuro).

Em “Easy” as 4 integrantes cantam sussurrando e gemendo a música inteira, o que induz o ouvinte a se sentir seduzido pelas vozes prazerosas e cativantes. Ao mesmo tempo, traz uma força que me faz sentir poderoso e intocável enquanto a música toca, como se eu fosse de fato uma grande gostosa pronta para acabar com sua vida. A melodia e a pegada funky da faixa são incríveis, e o baixo dessa música (Que fica mais destacado no refrão) é o ponto alto desse comeback pois meu deus, que coisa deliciosa. No final da música eu já estava assim:

WONHO Photos (52 of 109) | Last.fm

Gostosa, dramática, peituda e molhada. Pois é, menina, o WJSN The Black fez tudo isso por mim.

“Easy” é a definição que teremos de conceito mais adulto vindo do WJSN. Um número mais forte e impactante, com uma performance saliente e uma sonoridade mais classuda e sensual, mas sem perder a atitude e personalidade. Ao mesmo tempo que “Easy” é um negócio totalmente novo para o WJSN, é uma mudança de som e imagem que casou perfeitamente com elas e criou uma música extremamente viciante. Fica aqui a torcida para que, de alguma forma, o WJSN explore ainda mais esse terreno em lançamentos futuros.


Hidden gem: Kiss Your Lips

A b-side do single, “Kiss Your Lips”, é mais o que eu esperava dessa unit: Um Moonbahton (G)I-DLEzesco com batidas fortes e mais objetivas, criando uma faixa dançante e perfeita para criar toda uma imagem girlcrush em cima. E eu curti muito isso aqui, os sintetizadores são muito gostosos e a virada no refrão combinou muito para levar ao ápice todo o clima que a música cria. Obviamente estou agradecendo a Starship por não usar essa música como single, mas ainda é um ótimo trabalho que tem seu charme. “My Attitude” realmente serviu atitude e é um grande acerto do WJSN em 2021.

8 comentários em “Fiquei 92% mais gostosa e peituda ouvindo “Easy” do WJSN THE BLACK”

  1. Morta com esse título! Hahahhaha
    Também curti a música, estava com saudades de algo mais sexy classudo assim, ainda mais vindo de um grupo (derivado, na verdade) na qual se eu curti seis músicas foi muito.

    Curtir

  2. Acertaram na primeira sub-unit, e acertaram novamente nessa! Uma pena as Cosmic Girls terem levado tanto tempo pra lançar sub-units; isso teria ajudado muito a conquistar o pessoal que gosta de k-pop mas que tem preguiça de grupos com muitas integrantes… Mas pontos pra elas por terem conceitos bem definidos pra cada unit.

    A dúvida agora é a seguinte: se tiver uma terceira sub-unit, vai ser uma dupla? Porque a essa altura, acho que já dá pra dizer que as chinesas não vão voltar pro grupo (e pra Coreia do Sul)…

    Curtir

Os comentários estão desativados.