Lee Hi quer que a pandemia acabe para dar uma festinha e beijar estranhos na ótima “Red Lipstick”

Há algum tempo umas 3 ou 4 pessoas vem achando que esse blog se chama Asian Mixtape e resolveram ficar floodando o comeback que a Lee Hi fez na última semana com o álbum “4 ONLY”. Isso é uma prévia para o boom da caixa de comentários do blog e em breve terei posts com 200 comentários de pessoas divulgando músicas que provavelmente não valem a pena ouvir? Não sei, mas o que sei é que “Red Lipstick” vale a pena:

Desde que a Lee Hi saiu da YG e assinou com a AOMG ela estava meio fora do radar do capopeiro médio. A gata lançou “HOLO” que foi um bom hit em 2020 na Coreia mas não é o tipo de música que a fanbase costuma dar hype, lançou várias colaborações por entre o ano passado e e esse ano e aí *BOOM* veio o novo álbum de estúdio “4 Only”, que teve MVs para “Only” e “Savior” antes dela voltar oficialmente com “Red Lipstick”. O álbum ainda ganhou um 4º MV, com “H.S.KT”, que foi lançado hoje.

Mas o foco aqui é “Red Lipstick”, e que música deliciosa né. A onda retrô segue forte na Coreia, e esse pop funky acaba dando uma cor muito interessante para esses vocais mais suaves que a Lee Hi costuma usar. A cantora não é conhecida por entregar vocais muito expressivos e notas muito altas, então combinar isso com uma faixa em que você só precisa “sentir o groove” foi uma decisão muito boa. “Red Lipstick” é uma faixa animada, que te convida para dançar o tempo todo, tem um refrão muito legal e a participação da lenda do rap Yoon Mirae, que mais uma vez serviu um flow delicioso que combina muito bem com a atmosfera da faixa sem precisar se esforçar muito. É uma faixa que acerta a todo instante, e o resultado é simplesmente incrível.

O MV é legal também. Não sei se colocaria a pandemia como parte do universo desse vídeo pois, embora entenda mais ou menos a intenção (A Lee Hi louca para ver essa pandemia chegando ao fim para dar umas festinhas e uns amassos), ele funcionaria sem as máscaras e outras referências ao Covid. Mas curti que a Lee Hi deu uma certa profundidade ao conceito retrô usando elementos anos 70/80 no vídeo e tudo mais, sinal que a gatinha se dá o trabalho de ir um pouquinho além do “Vamos gravar uma música disco pois é o que tá bombando”. Nada nível Yukika sendo a senhorita City Pop na Coreia, mas é legal ver o conteúdo visual acompanhando a música muito bem.

“Red Lipstick” é um dos destaques de 2021 no K-pop e um dos melhores trabalhos da carreira da Lee Hi, fez tudo que eu quero ouvir de um número retrô no K-pop e mostrou que a gatinha está viva e ainda vai fazer muito pelo Kpopper. Provavelmente ela nunca vai fazer aquele barulho na fanbase que fazia na época que ela era da YG, mas mostrou com esse comeback que quem está perdendo é a fanbase.


Hidden gem: Bye

Indo pela mesma tendência de sons retrô da faixa principal, “Bye” é outra faixa em que você sente o groove subir no seu corpo e se deixa levar junto com o ritmo delicioso que essa música tem. “Bye” é fácil de curtir pois a intenção dessa música é ser e despretensiosa, do tipo que não me impacta logo de cara mas eu me sinto tão leve depois de ouvir que me sinto na obrigação de ouvir mais e mais. O “4 ONLY” é um álbum muito bom (Talvez o melhor da carreira da Lee Hi”, e “Bye” é o grande destaque dele.


Para mais vezes em que eu ouço a voz do povo desse blog e divulgação de músicas realmente boas para a sua playtlist, siga o Pop Asiático.jpg no twitter: @popasiaticojpg

4 comentários em “Lee Hi quer que a pandemia acabe para dar uma festinha e beijar estranhos na ótima “Red Lipstick””

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: