O que (não) aconteceu em 2021: O comeback do SNSD

Muitos grupos já morreram, já prometeram que não estão mortos e ficam alimentando esperanças de fãs a troco de nada, e esse ano aparentemente é o início do fim da 2nd gen com grupos como GFRIEND e Lovelyz cantando pra subir. Nem todo mundo é o T-ara no fim de 2021, mas nada é mais legal de acompanhar o fim do SNSD pois a SM conseguiu montar um triplex na cabeça de cada SONE ainda vivo com essa história de que o OT8 ainda existe, a ponto de QUALQUER.COISA.SER.UM.SINAL de que elas vão voltar:

… É sério.

Claro, é natural que haja toda uma movimentação em cima desse suposto comeback pois estamos falando do grupo mais popular da 2ª geração do K-pop e tal, mas já fazem 4 anos… Uma hora temos que superar, né? Não dá para querer caçar a cabeça de todo mundo que fala que o SNSD está morto porque, bem, está morto mas a SM ainda consegue lucrar alguma coisa tentando te convencer que está vivo.

Já que não teve SNSD esse ano, vamos ver o que as supostas ainda integrantes do grupo que supostamente ainda existe fizeram em 2021?

Taeyeon garantiu mais um ano de “Esperavam comeback do SNSD, receberam solo da Taeyeon” com “Weekend”, o hino dos finais de semana que não existem na minha vida desde que comecei a trabalhar em loja. A música deu muito certo e é um dos grandes hits de 2021, provando que pegar uma demo de Say So da Doja Cat e suavizar a coisa toda para entregar um soft disco para curtir o fim da jornada de trabalho semanal dá muito certo e é tudo que os coreanos querem atualmente.

Hyoyeon também lançou solo esse ano, com “Second” sendo mais uma tentativa de emplacar a DJ, rapper, cantora, dançarina e animadora de festas com a trend do momento em uma música que GRITA música de TikTok. Não deu tão certo quanto foi com “Dessert” e a Hyoyeon também não estava tão empenhada em fazer essa música acontecer, mas rendeu uma música gostosinha e uns vídeos do Lee Soo Man tentando ser o tiozão cool da garotada, então tá valendo.

Tiffany Young teve como feito mais relevante participar do infame show Girls Planet 999, mas a gata estava topando de tudo na Coreia para não precisar gravar música e lançar o álbum solo que já está na promessa há uns 2 anos também. Esse ano ela deve até ter mandado um currículo no email da Jessica pedindo para ser vendedora da BLANC ECLARE só para não precisar pisar em um estúdio de gravação.

Yuri também ressurgiu das cinzas esse ano para girar cadeira em reality show e montar um novo girlgroup no “My Teenage Girl”. Eu não faço a mínima ideia de como esse programa está sendo feito MAS já rendeu uma apresentação da própria Yuri com “The Boys”, o que já fez mais por mim do que qualquer outra integrante do grupo. Afinal, apesar da escolha duvidosa com essa música que eu abomino, ver a Yuri sendo gostosa e dançando de novo me lembrou da razão dela ser a minha bias do SNSD enquanto o grupo ainda era ativo.

Já as outras estão por aí né. Devem estar aparecendo em programas de baixa renda ou fazendo papeis duvidosos em dramas coreanos e sendo ativas no entretenimento mas eu não me interesso por esse lado da indústria coreana, então se não gravaram uma música e botaram na internet para alcançar o #42 no chart Bugs, não me interessa no fim das contas.

O que pode servir de consolo para a fanbase é o anúncio do álbum de natal da SM que vai contar com a participação da “sub-unit” Oh!GG (Que é o que sobrou do SNSD mas a SM não dá o braço a torcer) e 2022 é o ano que o grupo completa 15 anos de debut, e até eu acredito que deve rolar alguma comemoração (Não necessariamente com música nova, mas um showzinho em algum hall da Coreia é mais do que uma possibilidade para mim). Agora se não rolar nada é sinal que a SM ainda vai alimentar esse deserto por muitos anos e singles solo da Taeyeon.

5 comentários em “O que (não) aconteceu em 2021: O comeback do SNSD”

  1. É sobre isso: sobre o suposto comeback ot8 ser um eterno “E lá vamos nós!” da bruxa do Pica-Pau. Eu sinceramente torço para que venha uma nota oficial encerrando de vez essa história, porque as oito meninas (nove com a costureira), já são senhoras de classe e estão por aí tocando suas vidas muito bem. Espero que agora que a SM está sob nova direção façam alguma coisa a respeito. Das duas uma: ou vão trazer as oito vovós da indústria uma última vez para uma despedida ou viveremos eternamente nesse chove não molha.

    Curtir

  2. Eu não entendo o povo criando expectativas. Já larguei dessa ilusão a tempos e prefiro ver as meninas tocando o barco em trabalhos solos do que juntas de novo_ tem integrante que nem gostava de cantar as músicas do grupo e a galera forçando a barra.
    PS. A SM é cara de pau demais com essa de oh! GG.

    Curtir

  3. Sooyoung tá fazendo uns doramas bem legais até, só esse ano ela já fez alguns e ano que vem já tem papel confirmado, parece.
    A Seohyun que eu não sei se tá atuando ainda… Agora a Sunny, essa sim eu não faço a menor ideia de por onde anda.
    Eu vim aqui crente que tu ia falar do momento icônico que um programa de TV pegou as fotos promocionais de Gee e cortou a Jessica como se ela realmente nunca tivesse feito parte do grupo, o augeh KKKKKKKKKK

    Curtir

  4. Eu acho que qualquer esforço de aniversário de 15 anos vai partir mais delas do que da própria SM. Mas não espero nada demais, no máximo isso que o Dougie falou ou um mini álbum sem promoções, só uma aparição em álbum programa de qualidade duvidosa.
    E álbum de Natal da SM? Pelo amor, né.
    O auge disso tudo é terem ressuscitado a sub-unit do SNSD e trazer só o Kai representando o EXO, AHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Curtir

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: