Rina Sawayama começa os trabalhos do segundo álbum levando um trisal para o inferno com “This Hell”

Rina Sawayama lançou mês passado seu novo single “This Hell”, 1º trabalho do seu segundo álbum de estúdio “HOLD THE GIRL”. Levou um tempo e algumas performances para sair o MV da música, mas ele saiu essa semana com Rina Sawayama oficializando um trisal e chocando a cultura monogâmica e cristã do twitter, então acho que é um bom momento para a gente comentar sobre esse lançamento daquela que os 250 fãs levam muita fé que um dia será a fodona do pop:

Uma coisa que eu senti falta em “This Hell” comparado aos principais singles do “SAWAYAMA” é que essa não é uma música que me leva ao limite. “STFU” me leva ao limite da raiva e angústia, “Comme Des Garçons” me leva ao limite da homossexualidade e “XS” me leva ao limite do absurdo. Já “This Hell” é uma faixa muito legal que me dá vontade de dançar num barzinho sujo que nem ela fez no clipe, mas não sinto aquela excitação que senti com os singles anteriores da Rina. Talvez não seja um single para isso também: “This Hell” é basicamente a Rina Sawayama tirando sarro da culpa cristã, então ela não precisa fazer aquela música substancial e conceitual.

Isso nem de longe significa que “This Hell” é ruim. A música é um pop/rock delicioso com uma produção rica de referências e que se torna viciante conforme eu ouço mais e mais, e acho muito inteligente por parte da Rina vender a música como um countryzão safado e transgressor, pois acaba complementando muito bem o conceito de quebrar ideais conservadores e fé cristã (Algo que a country music gosta muito de espalhar por aí). Concordo que a letra é mais fraca se compararmos com as melhores letras do SAWAYAMA, mas quero encarar a Rina Sawayama louca do ácido falando que o demônio deu dois ingressos para o inferno e ela está afim de ser ela mesma lá algo menos sério do que as denúncias sobre racismo e capitalismo desenfreado dos trabalhos anteriores.

Para o primeiro single do “Hold The Girl”, “This Hell” é um início promissor. Não acredito que esse seja o melhor que o álbum tem a oferecer, mas é memorável e divertida, com um popzão dark e forte que empolga qualquer um do início ao fim, como se fosse uma versão menos pretensiosa do Born This Way da Lady Gaga. Voltar com uma música mais simples depois de todo o evento crítico botando o dedo na ferida com o primeiro álbum foi uma quebra de expectativa que talvez não seja tão legal no início, mas é rápido de acostumar e apreciar mais um single muito legal da Rina para o público. Claro que não o single que arrebatará almas para o paraíso (Ou para o inferno, se seguirmos a sugestão de “This Hell”), mas acredito no potencial da Rina e algo grande virá em breve para o público.

2 comentários sobre “Rina Sawayama começa os trabalhos do segundo álbum levando um trisal para o inferno com “This Hell”

  1. Gostei bastante dessa música!

    O SAWAYAMA foi um álbum impressionante, como eu não ouvia há muito tempo. Tomara que esse álbum novo da Rina também seja ótimo – e, considerando essa música, eu diria que essa nova fase dela já começou muito bem.

  2. Gostei, vi uns divididos comentando em inglês. Mas tá boa sim, e tipo, deve ser a primeira faixa de divulgação então com toda certeza vem mais coisa boa.
    E toda música que onde colocam uma guitarrinha já me ganham. <3
    PS. Acho incrível que não sou uma grande fã de música country, mas acho interessante como sempre colocam essas referências no pop eu gosto, seja na batida ou na estética. Espero que Rina alcance mais massas, o vocal dela é incrível também.

Deixe uma resposta