Divulgando que a Chanmina mês passado foi a rainha do J-pop com “Tokyo 4AM” e a rainha do K-pop com “Don’t Go”

Mês passado a Chanmina lançou duas músicas para dois países: O novo single “Tokyo 4AM”, que vai servir como tema de um drama japonês que só pelo pôster já me deu 27 medos de como vai ser o plot, e também fez sua estreia oficial na Coreia com o single “Don’t Go”, e eu não divulguei direitinho aqui no blog porque… Sei lá, não estava com muito pique talvez? Mas enfim, hoje estou afim de me redimir, então vamos dar mais um post exaltando os trabalhos da Chanmina e acreditando que um dia ela vai ser a fodona mais bem sucedida do Japão (E agora da Coreia, também):

Leia mais »

Chanmina canta “BIJIN” no THE FIRST TAKE e os 10 fãs da cantora estão sedentos por um novo single

THE FIRST TAKE é um canal no Youtube muito popular no Japão, onde nomes consagrados e em ascensão na música japonesa contam um pouquinho de história e vão cantar seus trabalhos ao vivo em um único take e normalmente rearranjando suas músicas. Essa semana a convidada do canal foi a rapper Chanmina, que fez uma performance de seu single mais recente “Bijin”:

Leia mais »

Year End 100: As melhores músicas de 2021 no Asian Pop (Parte 6)

Já era para eu ter terminado essa lista de melhores músicas de 2021 há muito tempo, mas aí fiquei doente, o trabalho me cansou e eu sou uma pessoa muito fácil para me distrair enquanto publico posts muito grandes, e tudo isso acabou atrasando as coisas. Mas agora esse atraso vai ACABAR, pois tenho dois dias de folga e estou pronto para publicar o que falta dessa icônica lista de melhores músicas do ano. Nesse post temos as barradas do Top 10, com músicas que são maravilhosas mas que faltaram um pouquinho para definir 2021 para mim, e vocês vão ver mais 15 músicas icônicas sendo mencionadas por esse blog AGORA:

25. IU -Lilac

Leia mais »

Year End 100: As melhores músicas do Asian Pop em 2021 (Parte 4)

E aqui estamos com a 4ª parte do Top 100 de melhores músicas de 2021, com a metade de baixo sendo encerrada e entrando na metade principal, onde muitas fan favorites costumam aparecer para apanhar de músicas que provavelmente eu e mais quatro pessoas ouviram mas estão entre as minhas músicas favoritas de 2021. Mais 15 músicas rodam agora, será que a sua favorita entre elas?

55. Rocket Punch – Ring Ring

Leia mais »

Year End 100: As melhores músicas do Asian Pop em 2021 (Parte 2)

Na parte anterior tivemos 15 saborosas músicas rodando e a discussão sobre o Billlie ser ou não o debut do milênio no K-pop. Hoje mais 15 músicas vão dar as caras nessa lista, incluindo virais, farofas para os gays, aguardados comebacks, grupos 48 e muito mais. Separa um tempinho de sua vida agora para ler esse blogueiro pois a parte 2 está no ar:

85. STAYC – Stereotype

Leia mais »

Pacotão J-pop: Miliyah, Chanmina, Pamyu, AKB48, seiyuus e etc.

Com o trabalho comendo boa parte do meu tempo livre eu acabo não comentando muitos J-pops que passam por mim pois me matar por 40 views não faz parte do meu ser. Porém, agora que peguei uma folga, dá para falar de alguns lançamentos que rolaram por lá esses dias e que vale a pena a divulgação. Não exatamente por serem hinos, mas porque eu acho que merecem uma divulgação.

Miliyah – DEVIL KISS

Leia mais »

Chanmina está mais gostosa e sem vergonha do que nunca em “Harenchi”

A eterna esperança da blogosfera de fundo de quintal para o mainstream Chanmina está para lançar seu 3º álbum de estúdio “Harenchi” no próximo dia 13. Depois de divulgar capas, tracklist e algumas prévias do conteúdo do álbum, a rapper lançou na última semana o MV para a faixa título do álbum, e mais uma vez ela não me decepcionou:

Leia mais »

Chanmina não suporta gente feia no seu império (Incluindo ela mesma) em “Bijin”

Chanmina está de volta com o primeiro single de 2021 “Bijin”, sendo lançado digitalmente hoje e oficialmente (Com as b-sides) no dia 14 de abril. A Chanmina vem ganhando atenção na cena japonesa pelo sucesso que ela fazendo fora dos padrões de beleza e corpo na indústria e apostando em músicas fortes e com mensagem na discografia, e em “Bijin” ela usa esse background para mandar uma crítica social fodíssima em cima da pressão estética:

Leia mais »