Depois de fazer um strip, Koda Kumi quer ficar pelada com o novo single “GET NAKED”

Não tem uma semana que Koda Kumi estava lançando “STRIP” como o 7º single do re(CORD) e já estamos com mais um single da véia mais saliente do pop asiático. E depois de fazer um strip não tem nada mais coerente do que “Ficar pelada”, mostrando que Koda Kumi não é só uma safada que quer que a sua fanbase faça um grande surubão (Convenhamos que não tão grande como em outros anos, né…) como também entende de character development:

Assim como o vídeo anterior, esse de “GET NAKED” é só o que está rodando nos intervalos da atual turnê da Kumi e não um PV oficialmente falando, então mais uma vez acredito que deve funcionar melhor nos telões da turnê com todo o êxtase de estar assistindo um show dela do que no conforto de casa vendo pela tela do celular, mas eu curti muito essa short ver. com todos esses fios, neon, Kodão sendo gostosa e fazendo aquelas coisas que ela faz sempre e tudo mais, não é nada muito inovador mas ainda assim um bom vídeo que compensa a música pavorosa (Lembram quando eu disse que ainda não tinha rolado um single extremamente ofensivo nessa era da Kumi? Pois então…). Provavelmente essa música vai se tornar a Ultraviolet do re(CORD) com euzinho tendo plena consciência de que essa música é horrível mas ignorando tudo isso quando botar na minha playlist de bater cabelo e bater bunda no chão do meu quarto, mas isso não deixa a música menos horrorosa.

Falta apenas um lançamento antes do re(CORD), e tudo leva a crer que deve ser uma das duas faixas que vão ganhar PV: Ou o popzinho espivetado “k.”, com ela fazendo pilates e usando uns balões no cabelo, ou a baladinha “again” onde ela refaz os PVs de algumas baladas que ela lançou ao longo dos anos. As duas músicas ganharam prévias no comercial do álbum que, só lembrando, será lançado no dia 13 de novembro.

3 comentários em “Depois de fazer um strip, Koda Kumi quer ficar pelada com o novo single “GET NAKED””

    1. Sim. E pensar que as duas vendiam pra caramba (especialmente a Ayu, que vendia mais até que a Utada e Namie)…

      O tempo é cruel.

      Curtir

Os comentários estão desativados.