Sabrina Sato no Satoverso: Comeback da Hyolyn, novo álbum da Koda Kumi e Sabrina Sato de volta na Globo

Esse início de 2022 foi muito movimentado no Satoverso, universo formado pelas Sabrinas Sato do entretenimento global. Formado pela própria Sabrina, Hyolyn (Que ganhou esse apelido depois de largar a franja Flordelis e passou a manter um visual de grande gostosa bem semelhante ao da nossa Sato) e Koda Kumi (Eternizada pelo meme “ARRASOU SABRINA SATO!!!!” em sua passagem pelo Brasil), as 3 divas anunciaram novidades para começar 2022 com o pé direito e nós gays podermos nos esbaldar com seus lacres e hinos. Então esse post vai servir para te atualizar e ficar por dentro de tudo que aconteceu no Satoverso nesses últimos dias:

Hyolyn está de volta com mais tesão do que nunca no novo single “Layin’ Low”

Continue Lendo “Sabrina Sato no Satoverso: Comeback da Hyolyn, novo álbum da Koda Kumi e Sabrina Sato de volta na Globo”

Top Top.jpg: 10 músicas que dominaram minha playlist de 2021 mesmo não sendo músicas de 2021

2021 foi um ano bem nostálgico, com muitas músicas sendo revividas mundo afora através de virais e pelo TikTok sendo a mais nova mania da galera. E, claro, você não passou o ano todo ouvindo só os lançamentos horríveis dos nomes do momento e também reviveu pessoalmente algumas músicas que já são velhinhas mas que envelheceram como vinho para você. E o Top Top.jpg de hoje traz 10 músicas que não são de 2021, mas que estiveram me acompanhando nesse ano tão turbulento e caótico. Afinal, quem não curte reviver música boa né?!

10º lugar — Hebe Tien – Leaning From Drunk (2013)

Continue Lendo “Top Top.jpg: 10 músicas que dominaram minha playlist de 2021 mesmo não sendo músicas de 2021”

Leftovers (08/12): cignature, Davichi, Koda Kumi, Mino, Utada Hikaru, a banda nova da JYP, Demon Slayer e etc.

Finjam que botei uma intro fodástica aqui para comentar lançamentos não tão novos assim que passaram batido por aqui.

cignature – Boyfriend

Continue Lendo “Leftovers (08/12): cignature, Davichi, Koda Kumi, Mino, Utada Hikaru, a banda nova da JYP, Demon Slayer e etc.”

“Summer Of ’21” está longe de ser o verão mais quente da carreira da Koda Kumi

Quem ainda faz questão de acompanhar senhoras japonesas com mais de 15 anos de carreira lançando músicas que o povão não se importa (oie) viu que Koda Kumi lançou uma série de singles digitais nas últimas semanas, e isso resultou em “Summer of ’21”, single limitado para o fanclub que junta as 3 músicas lançadas esse ano: “We’ll Be OK”, “Doo-Bee-Doo-Bop” e “to be free”. Como nenhuma das músicas vale o esforço de queimar minha madrugada escrevendo, aqui vão breves comentários sobre o que eu achei dessas 3 músicas:

Continue Lendo ““Summer Of ’21” está longe de ser o verão mais quente da carreira da Koda Kumi”

Koda Kumi é fofa e inaugura o verão japonês com “We’ll Be OK”

Na maioria dos países o verão começa quando ocorre fenômeno conhecido como Solstício de Verão. Aqui no Brasil e no hemisfério sul o solstício acontece no final de dezembro, enquanto no hemisfério norte isso ocorre no fim de junho. A única exceção é o Japão, que não tem um período fixo pois os japoneses esperam Koda Kumi lançar seu single de verão para dar o pontapé inicial a estação mais quente do ano:

Continue Lendo “Koda Kumi é fofa e inaugura o verão japonês com “We’ll Be OK””

Review Retrô: Quando a Koda Kumi botou todo mundo para lamber o pirulito dela em “Lollipop” (2010)

Essas semanas prometem ser bem paradas tanto no K-pop (Os comebacks relevantes já estão sendo anunciados lá para agosto) quanto no J-pop (Afinal quem vai ligar pra música com as Olimpíadas rolando a qualquer custo por lá?), então eu vou tentar alimentar o blog com o máximo de velharias possível para as coisas não ficarem extremamente paradas por aqui. E metade dos leitores são um bando de cacuras saudosistas que mal suportam 3 grupos atuais, então acho que vai dar certo se eu mexer o máximo com a nostalgia de vocês por aqui.

E, para começar, vamos aproveitar que é verão e que Koda Kumi já anunciou o seu set de singles da estação esse ano para falar de quando ela era a fodona do verão japonês com um de seus últimos hits platinados na carreira, “Lollipop”:

Continue Lendo “Review Retrô: Quando a Koda Kumi botou todo mundo para lamber o pirulito dela em “Lollipop” (2010)”

Top Top.jpg: 10 hinos asiáticos feitos pelas madrinhas dos gays

Junho chegou, e isso significa que é #PrideMonth! Um mês onde ser hetero é ilegal, e a comunidade LGBTQIA+ é celebrada e amada pelo menos um mês enquanto ainda luta por direitos básicos e de igualdade e respeito na sociedade. Muitos conteúdos estão sendo feitos para celebrar o Pride Month, e esse post é feito para celebrar isso de uma forma que gays amam celebrar: Com uma playlist safadíssima de divas pop que são adotadas como as madrinhas dos gays. Prontos para um festival de fritação, purpurina, brilho, voguing e closes certos? Então siga lendo esse Top Top!

Antes de tudo um disclaimer: Não vejam esse post como uma espécie de “Olimpíadas de quem fez mais pelos LGBTQIA+”, mas sim um post para divulgar músicas maravilhosas de artistas que são aclamadas e adoradas pela comunidade. Sabemos como as divas pop são amadas pelos gays pelos seus trabalhos ousados e fora da curva, e esse post tem a intenção de realçar todo esse trabalho e a simbologia dessas artistas como ícones pop e aliadas da comunidade. Com isso dito, vamos começar esse Top Top com ela:

10º lugar — BoA – Hurricane Venus

Continue Lendo “Top Top.jpg: 10 hinos asiáticos feitos pelas madrinhas dos gays”

Year End 100: As melhores músicas do Asian Pop em 2020 (Parte 4)

A quarta parte do Top 100 de melhores músicas de 2020 está no ar, fazendo a sutil transição para introduzirmos o Top 50 da minha lista de favoritas de 2020. Isso quer dizer que, a partir de agora, os comentários vão deixar de ser “Você cortou música x tão cedo, que crime” para “Como assim essa música mais ou menos numa posição tão alta, você não tem vergonha?”… Ou não, já que algumas músicas que aparecem nesse post são fan favorites e Top 10 de muitos de vocês que lêem esse blog. Curioso para saber quem são, clica aí no leia mais então:

55. Yukika – Yesterday

Continue Lendo “Year End 100: As melhores músicas do Asian Pop em 2020 (Parte 4)”

Não foi dessa vez que Koda Kumi arranjou um bom PV de 200 reais para “Killer monsteR”

Como já foi postado aqui, Koda Kumi está comemorando 20 anos de carreira desde o ano passado, culminando em 2 novos EPs no dia 2 de dezembro: “angeL” e “monsteR”. No “angeL” teremos uma Kumi mais leve, emotiva e com batidas mais suaves, e no “monsteR” teremos… Bem, coisas como “Killer monsteR”, que ganhou hoje o seu PV:

Continue Lendo “Não foi dessa vez que Koda Kumi arranjou um bom PV de 200 reais para “Killer monsteR””

Koda Kumi segue com a pataquada de lançamentos 2 em 1 com “angeL” e “monsteR”

Já se passaram 4 anos e 5 álbuns de estúdio que passeiam entre o questionavelmente bom e o questionavelmente ruim, mas Koda Kumi segue com a sua missão de pegar o máximo de dinheiro possível da fanbase com seus lançamentos 2 em 1. Dessa vez, seu novo projeto envolve em 2 EPs, “angeL” e “monsteR” (Sim, com essa grafia), onde você tem a possibilidade de adquirir separadamente ou num único pacote, como se fosse um álbum de estúdio (Porém dividido em dois CDs):

Continue Lendo “Koda Kumi segue com a pataquada de lançamentos 2 em 1 com “angeL” e “monsteR””