BoA recria 20 anos de carreira em 28 minutos no documentário “202020”

Se você ainda não sabe, 2020 é um ano especial para a carreira da BoA, já que ela comemora 20 anos de estrada desde o seu debut com “ID:Peace B”. E depois de uma série de tributos para a cantora, a SM segue dedicada a comemorar esse aniversário da BoA com o documentário sobre a carreira da cantora, “202020”, que já está disponível no canal oficial da SM Entertainment:

O documentário, assim como qualquer outro, conta a trajetória da BoA, as conquistas da cantora, como foi a infância o pessoal do staff falando dos bastidores e a história sobre algumas músicas do catálogo dela, mas o que faz esse documentário ser diferente de qualquer outro é a BoA revivendo alguns grandes hits da carreira (E outros nem tão hits assim), refazendo as coreografias e figurinos dos MVs nesse catálogo. Na ordem, BoA performou “Listen To My Heart”, “Valenti”, “Number One”, “Only One”, “Eat You Up”, “Girls On Top”, “My Name”, “Kiss My Lips” e “Atlantis Princess”.

O documentário não tem lá muitas coisas reveladoras, é só pra exaltar (merecidamente) a carreira da BoA mesmo e todo o impacto que ela teve como um dos principais nomes femininos do K-pop na Coreia e fora dela. Dava pra ela reviver a carreira toda (A coreana, pelo menos) e transformar isso em um documentário de 2 horas? Sim, mas o que teve já é bem legal. Quer dizer, eu mesmo que não sou muito ligado no que a BoA lançou antes do debut nos Estados Unidos (E só fui gostar dela de fato em 2014) já me diverti assistindo esse documentário, então imagino que os fãs de longa data devem amar e ter mais coisas para comentar sobre a cantora.

“202020” possui legendas em inglês no próprio vídeo oficial, para os fãs do mundo todo assistirem o documentário. E vale lembrar que, no dia 1º de dezembro, o 10º (!) álbum coreano da BoA “Better” será lançado. Os dois últimos álbuns da BoA no K-pop são muito bons, então as minhas expectativas para esse álbum (E tudo que ela lance no futuro) são bem altas. Não que ela precise provar algo pra mim ou pra qualquer um, mas se ela vier com algo tão impactante como a caminhada de cabeça pra baixo em “WOMAN”, eu já serei um gay muito feliz.

4 comentários em “BoA recria 20 anos de carreira em 28 minutos no documentário “202020””

  1. “Os dois últimos álbuns da BoA no K-pop são muito bons,” risos com o starry night sendo esquecido…

    mas sempre é bom lembrar que essa aqui existe (tanto sabe ela do potencial dessa música, que ganhou vídeo de dança depois)

    Curtir

Os comentários estão desativados.