Afinal, os conceitos de boygroup estão chatos? (Sim, estão)

Eu nem queria comentar sobre as performances/prêmios do MAMA pois pelo amor de deus né, nem assisti essa marmota. Masss um tweet acabou ganhando a atenção da minha bolha, mostrando a tradução de alguns internautas coreanos discutindo sobre os conceitos de idols masculinos serem a mesma coisa entre si:

Num primeiro momento eu fiquei: “Nossa, descobriram isso agora com performances do MAMA?”, pois tipo, o que eu vi o ano todo foram os boygroups mais emergentes lançando a mesma demo com leves variações. Mas aí isso poderia ser só euzinho sendo uma bicha chata com grupos masculinos como sempre, então eu fui lá assistir algumas apresentações do MAMA só pra ver se a coisa toda estava escrachada desse jeito ou se rolou algum esforço para o nível dessa premiação dar uma subida no geral. E as conclusões foram essas:

Menina… tem mais orçamento né?! Achei muito legal os dançarinos gladiadores de fundo dando uma diferenciada na coisa toda e lembrando que isso é uma performance de premiação e que eles se preocuparam em fazer algo não tão qualquer performance do M!Countdown, mas sei lá. Os carões de malvado para as câmeras, os figurinos, a coreografia, a própria música, não é tudo meio “Não sai uma dessas dia sim dia não na Coreia?”. Tipo, nem vou julgar a qualidade em si porque foi realmente uma boa apresentação, eu realmente curti muita coisa assistindo e não dá pra fugir tanto do que eles mesmos apresentam nos Music Shows. O problema é que é tanto grupo indo pelo mesmo caminho que essa apresentação perde pontos pela saturação da coisa toda.

Mas assim, temos que dar créditos para o Stray Kids pois, embora a energia da apresentação seja a mesma de todas as outras, ainda rola umas alegorias e uma performance mais teatral para dar aquela coisa mais única para a performance (E dentro do conceito, afinal isso tudo aí foi para promover a participação deles no Kingdom)… Diferente do ATEEZ que fez a mesma coisa só que numa versão ainda menos gostosa:

Não que eu esteja falando que a coreografia intensa seja sem graça ou que as caras de malvadão psicopata para as câmeras estão boas, mas o que muda dessa apresentação para a do Stray Kids são os figurinos (Um está de vermelho e o outro está de preto) e tem menos teatro na performance. A coisa mais memorável da apresentação é o background rodando nas telas. Indo mais fundo nisso: Isso é inferior que algumas performances do Road To Kingdom sendo que NÃO DEVERIA SER (Afinal eles fizeram essa performance pois também são parte do Kingdom).

Masok, dá pra pensar assim: Stray Kids e ATEEZ estavam lá para promover o mesmo programa, então faz sentido eles terem apresentações semelhantes entre si… Então assistam essa performance do NCT:

E me falem: Por quê essa é uma performance pobrinha com 23 integrantes num palco de uma premiação? Cara, tinha VINTE E TRÊS PESSOAS NO FUCKING PALCO, infinitas possibilidades e não fizeram nada além de seguir coreografia.

Rola uma certa discussão há muito tempo sobre como as músicas e apresentações de boygroup são sempre a mesma, o que culminou nesse post falando da chatice que isso virou ganhando audiência. Eu poderia sugerir n razões para isso acontecer, desde a maior facilidade das empresas ganharem dinheiro em cima de boygroup gerando menos esforço para criar algo mais ousado ou até mesmo essa tentativa massiva de conseguir o mesmo “Efeito BTS” (Ficar MUITO popular no nicho fora da Coreia e isso fazer os próprios sul-coreanos prestarem atenção neles), mas a real é que: Não existe pressão nenhuma nesses grupos. Eles podem lançar a mesma coisa 300 vezes que não vai ter o mesmo barulho que é quando um girlgroup lança o mesmo hit 300 vezes.

Falta um nicho forte de gays pitchfork nesse povo que fique cobrando variedade e conceitos únicos nesses grupos masculinos da mesma forma que é cobrado dos grupos femininos. Eles podem ser essa chatice e previsibilidade pois vai ter gente pra comprar álbum a rodo deles, com cada comeback indo além do anterior nas vendas mesmo com eles lançando a mesma coisa de novo e de novo (Isso não é exclusivo do K-pop pois rola na indústria musical toda cof cof Justin Bieber cof cof mas vamos focar aqui pois, afinal, é um blog de K-pop), e isso acaba sendo o caminho mais fácil para as empresas e gravadoras.

Para ficar por dentro de opiniões embasadas e conceituais do mundinho do K-pop, siga o blog no twitter @popasiaticojpg

41 comentários em “Afinal, os conceitos de boygroup estão chatos? (Sim, estão)”

    1. Tenho dó de pessoas do msm jeito que vc, TXT tem seu próprio estilo e nunca foi algo repetitivo. Desde do começo mostrou o seu talento nas perfomances, vocal, rap e figurinos, lamento que pessoas tóxicas não aceitam o sucesso alheio e pensa que a opinião é válida, felizmente TXT não precisa de nada que vem desse tipo de gente, continua crescendo e tendo o apoio dos fãs, orgulho de quem eles são e vou estar lá quando se tornarem os artistas mais conhecidos do kpop e deixarem haters sem mais o que comentar. Obrigada por falar dos meus príncipes, msm eles não merecendo a sua opinião, reveja sua postura.

      Curtido por 1 pessoa

  1. vim aqui só pra defender o hyunjin gostoso obg

    p.s.: hyunjin gostoso

    não sei só deu vontade de comentar que o hyunjin é gostoso e ainda sabe bater panela amoooo

    Curtir

  2. Eu fico pensando nisso, mas acho que o efeito BTS é o maior responsável, eu conto nos dedos de uma mão os grupos masculinos novos que me dou ao trabalho de assistir. Porque é tudo sempre igual e como alguém que assiste Mama desde 2011, as apresentações ficaram fracas, as vezes sai algo interessante como naquele programa da mnet que os próprios guris bolam alguma apresentação WOW.

    Curtir

  3. na minha visao qualquer bg dessa 4 geracao lançam um ON 2.0 e vai por isso mesmo e ninguem liga ja nao e costume cobrarem algo de bg

    E vou deixar aqui a apresentaçao GAY do txt com eles sendo verdadeiros yag salvando meus ouvidos depois de ouvir uma faixa do nct
    ps : unicos que conseguiram deixar dinamite escutavel

    Curtido por 1 pessoa

  4. desde um tempo atrás eu comento isso com uma amiga que escuta quase exclusivamente grupo masculino e ela concorda cmg. infelizmente é o som que vende e é mais confortável ir por esse caminho. até os grupos que começaram com algo mais único acabaram migrando pra algo mais genérico. eu espero que esse trend passe logo pq eu não aguento mais.

    Curtir

  5. Sempre tive a impressão de girlgroup precisa provar algo a mais que boygroup na indústria, precisam ser versáteis etc,

    Um dos grandes exemplos é como got7 mesmo sem nenhum sucesso nos charts durante todos esses anos é considerado um grupo de nível maior que Lovelyz e Oh my girl que tem smashs nós charts como Ah-choo e Nonstop
    Ou como april mesmo tendo um desempenho nos charts esse ano bem melhor que stray kidz, The boys e Até mesmo NCT não ganhou um vaga de promoção em grandes premiações.

    E o exemplo mais recente o quanto Aespa sofreu hates pesados por fã bases tanto coreanas como internacionais, mesmo tendo o melhor desempenho de um rookie em 2020, deixando Treasure ou esse Enhypen comendo poeira.

    Curtido por 2 pessoas

  6. Stray Kids já subiu demais minha cabeça pra eu negar que sou fã, mas eu só “gostei” dessa apresentação deles no MAMA porque sou fã mesmo, mas pense num conceito que eu não aguento mais. E eu não gosto de conceito cute/aegyo/whatever também. Então não sei mais o que esperar de boy groups, além de toda a gostosidade, eu tô saturada de enfiarem os idols em cropped também, mas se quiserem botar em tudinho nos faves, não me oponho!

    Enfim, vou assistir a desgraça do Kingdom por causa do Stray Kids, e espero não me decepcionar com eles, porque ultimamente fã de boy group só leva rasteira.

    Curtir

  7. Eu sinto muita falta da época que coisas mais despretensiosas eram lançadas. Talvez seja mesmo o efeito BTS, todo mundo tentando a mesma coisa e o povo engolindo. Não que os meninos não tenham talento ou algo assim, mas poxa, tantas possibilidades e ninguém sai da bolha. Eu lembro que eu curtia tanto os lançamentos do Super Junior, 2PM, INFINITE, U-KISS e Shinee então, nem se fala (tá que não era nada inovador, mas tinham umas farofas bem boas). Tá faltando um bg que venha pra fazer a diferença, mas enquanto a fanbase estiver amando, nada vai mudar.

    Ps: SIM! HYUNJIN GOSTOSO!!!111

    Curtir

    1. Meu Deus, INFINITE!! Eles se reciclavam as vezes, mas era tão bom e diferente, depois que o Hoya saiu e os integrantes começaram a debandar para o exército, a discografia não foi mais como antes. Super Junior foi meu grupo favorito por muito tempo até o Stray Kids chegar, e eu ainda gosto de escutar as músicas deles, mas aquelas baladinhas de cafeteria, ou homenagem pra fandom não dá pra mim!

      Curtir

  8. Em minha opinião o k-pop morreu em 2018. Estou acompanhando agora por pena (e até minhas meninas do twice anunciarem disband, então posso decretar minha despedida)

    Curtir

      1. sim!! eu digo assim englobando essa terceira geração junto, mas situação de barril mesmo foi em 2016 quando uma par de gg antigo disbandou… depois desses tempos foi alongando

        Curtir

        1. Eu não acho que o kpop tenha morrido, tem muito grupo (no caso só feminino mesmo) lançando muito material bom, por exemplo, everglow com la di da e untouchable que considero uma das melhores b-sides do ano, gfriend com mago e apple, loona com star, dreamcatcher, sem falar das solistas como Sunmi e Chungha que lançaram músicas ótimas… Apesar de eu ser um kpopper das antigas, o kpop continua vivíssimo

          Curtir

  9. Nossa eu preciso comentar aqui porque acho que é a primeira vez que vejo alguém abordando esse assunto de forma que contemple exatamente tudo o que eu penso. Eu prefiro ggs, acredito que dentro dos ggs existe uma cobrança realmente maior por versatilidade, uma cobrança pra que o comeback delas sempre supere o outro, coisa que eu não vejo as pessoas fazendo com bg, mesmo tentando ouvir bgs (e olha eu realmente tentei muito), sempre cai na mesmice de sempre e se alguém colocasse essas 3 apresentações que você mostrou uma do lado das outras, eu jamais conseguiria adivinhar qual grupo era qual. Boy groups entregam literalmente o mínimo que a gente pede de um grupo, as vezes nem isso, vem com o mesmo conceito a cada comeback sem nada inovador e ainda assim conseguem o triplo de vendas de ggs que se arriscam a entregar a algo diferente, e eles nem ao menos são cobrados, os fãs gostam dessa bolha, consomem tudo o que vem na frente. Gostaria de pensar que isso é culpa apenas da empresa, mas até mesmo grupos com mais liberdade artística (skz) repetem mais do mesmo. > Destaco aqui um ponto enorme ao TXT por se arriscar em outros conceitos<

    Curtir

  10. É uma hipocrisia enorme ver fandom criticando, por exemplo, o blackpink por repetir conceito, quando literalmente maior parte dos bgs que estão em alta fazem isso. Ao menos nós ainda temos outros ggs que se arriscam para entregar algo que vale a pena ouvir sem parecer que estão no modo automático, uma pena que não vendem tanto quanto eles, mas pelo menos ainda dominam os charts coreanos.

    Curtir

  11. Desde que essa febre de conceito dark em bg começou a crescer, meu interesse por grupo de macho foi diminuindo e hoje em dia só txt me anima para escutar e nct pq eu não consigo me livrar deles lol. golden child até que me chama a atenção (bomin e jibeom me fazem ir atrás deles mesmo tendo preguiça do cão para bg). Sinceramente, eu cheguei no nível que tirando esses três bgs que eu citei, shinee ✌ e stray kids (pq minhoooooo existe), eu não dou o trabalho para lembrar da existência do resto de macho existente no kpop. girlgroups viraram meu entretenimento no kpop.

    Astro estaria na lista se não tivesse largado a fase viadinho 😥😥😥😥😥

    Curtir

    1. Astro e uma perda imensa no kpop que acabou caindo nas garras do dark conceito malvado rs

      Espero ter comebeak do shinee logo para se tornar um dos meus vicios do ano e substituir o album anterior na minha playlist

      E sobre txt unico que dou bola por causa desse cover aqui de REPLAY espero que bighit para de dar title que sao descartes da fase mais colorida do bts e de uma que emule o shinee porque eles dariam otimos substitutos

      Curtir

      1. Eu tenho a impressão que eles meninos vão sempre se inclinar para o lado BTS. Fizeram os manos apresentar um cover da música, sendo que os próprios estavam lá? Pra mim não fez sentido nenhum.

        Curtir

      2. O dream part 01 e part 02 são uma das melhores coisas que bg da 3° geração desovaram, me choco o quanto esse grupo decaiu, para navegar no mesmo conceito de todo Mundo.

        Curtir

        1. gostei do dream part 3 mais fui um erro mesmo ja que nem as coreanas gostaram sendo era mais esquecida deles

          Ja blue hour e collor pop gostosinho que fica muito bom na terceira vez que voce ouve e como big hit colocou maioria dos seus grupos como gfriend e seventeen para conceito disco uns ficaram melhores que outros

          MAGO > Blue hour> Home run > infinito > dinamite ingles versao

          Espero nao aconteça isso deles voltarem ao conceito eternaty porque seria burrice. E tambem achei estranho o cover so serviu para army encher o saco mais so no mama que fazem apresentaçoes assim depois apresentam musica deles e tal. E ghosting e fairy shampoo sao melhores b-single de qualquer bg esse ano

          Curtir

  12. Esse post é tudo o que penso nesses últimos anos comeback. Aliás, antigamente sentia mais variedade em conceito ou só curtia grupos com estilos diferentes_ TVXQ em dupla, Shinee e 2pm_ me impressiona a galerinha debater sobre isso agora.

    Pelo que vi do NCT, teve gente que nem curtiu pelo tempo de duração e enrolação. E até comentei no outro post, a coreografia não tem nada de mais, não tem impacto nada.

    O Stray Kids foi de fato quem fez minimamente um pouquinho diferente, e entrar no meu radar por conta do tal Hyunjin_ jurei que não iria ficar mais rasgando seda e nem ir pesquisar integrante masculino de grupo nenhum, mas tá aí, fui pesquisar e pronto_
    Mas eles também cai nesses maneirismos de boygroups.

    PS. Na minha opinião esse ano foi dos girlgroup, vários grupos femininos fazendo músicas diferentes, mvs, coreografias e as solistas femininas também.

    Curtir

  13. Uau, acho que muita gente queria desabafar sobre o problema com os boy groups, e comentar o quanto o Hyunjin é gostoso! É isto, dêem atenção pra line-up muito bonita do Stray Kids, já que as músicas não agradam todo mundo, quem sabe vocês ficam pela vista 🤭

    Curtir

  14. A outra ali falando do BLACKPINK, que lançou How You Like That e recebeu uma chuva de críticas por ter o mesmo conceito (e ainda tornou a música mais famosa ainda). De fato, eu tenho a mesma opinião sobre BG. Os GGs são imensamente mais cobrados por causa de conceitos, enquanto os machos, se lançar uma música muito ruim, haverão diversos fãs para acalmar os meninos.

    Eu confesso que gosto do conceito do EXO antigo (Monster e Ko Ko Bop), mas realmente o BTS faz todo mundo segui-los como tentativa de mesma fama, enquanto girl groups influenciam somente o estilo. É tudo enraizado. Muito triste mesmo. Várias pessoas só apoiam porque são fãs, não porque de fato acham bom.

    Curtir

  15. Felizmente TXT existe

    E assim se o povo quer seguir o BTS, eles deviam perceber que BTS desova, no máximo,apenas um conceito oppa fodão/ dark por ano e não é um conceito fixo igual as empresas estão adotando pro seus grupos

    Curtir

  16. eu ia dizer que ninguem aguenta mais boygroups mas a realidade é que majoritariamente o publico do blog que tb é from segunda geração e como já mostrado em alguns comentários acima é que ninguem aguenta mais essa mesmice no kpop mesmo. não querendo soar boomer mas talvez já tenhamos visto de tudo então pouquissimas coisas muito pontuais da atualidade ou nuguzada nos alienam/surpreendem por periodo temporario ou talvez a qualidade tenha caido mesmo ou talvez só nao sejamos mais o publico de 13 anos que as empresas buscam alcançar pra fazer desafio com hashtag no titktok mas o fato é que o que nos prende MESMO geralmente são grupos mortos/se esfarelamento, solistas vindos desses grupos mortos e no caso de bgroups se tiver alguem que ainda se prenda com eles é os que estão em hiatus ou respirando por aparelhos devido a exercito/escandalos já que bg costumam a ter vidas extras diferentemente de ggs que no primeiro babado de namoro ou saída de integrantes já era.
    Mas só pra fechar o tópico broups: é bizarro como bgroups em geral já são por natureza bem menos interessantes e como grande parte dessa galera nao tem um talento pra entretenimento tipo antes que todo bendito star king, star golden bell entre outros tv shows sempre tinha gente do super junior, shinee, 2pm, etc galera que passou e ainda passa aaaanos sendo mc, convidado fixo de tvshows etc, sei lá ou nao existe mais tvshows suficiente pra tanto idol, ou a coreia realmente tem aderido com ainda mais força uma puta rejeiçao com idols em geral e isso vem desde os produtores a prova disso foi o MAMA com tratamento diferenciado pra atores ou o povo só é bem menos talentoso mesmo… e ai reuni todos esses fatores entao a galera como nao tem espaço na tv vira youtuber e claramente é nichado pra fans coisa q em variety shows as vezes vc acabava se interessando/conhecendo um grupo pq tava no mesmo programa q teu grupo utt.
    segundo: acho q tirando o TXT nao se criam mais bgs com no máximo 5 integrantes né? sempre é de seis integrantes pra cima admiro quem ainda tem a paciencia pra acompanhar isso.

    Curtir

Os comentários estão encerrados.