Morning Musume ’21 vai ensinar para VOCÊ o que é pop japonês com o novo álbum “16th ~That’s J-pop~”

Depois de mais de 3 anos, Morning Musume anunciou o lançamento do seu 16º álbum de estúdio “16th ~That’s J-POP~” (É de praxe no Hello!Project botar o número do álbum para seus acts) para o próximo dia 31. E esse fim de semana o grupo lançou o lyric video para uma das faixas inéditas do álbum, “Ren’ai Destiny ~Hon’ne wo Ronjitai~”:

Essa é uma música meio diferente do que o grupo se acostumou a lançar, botando uma banda de rock no instrumental para misturar com o EDM aceleradíssimo de sempre e deixando a música com uma energia meio seiyuu de segundo escalão e meio AKB48 depois de tomar 7 latas de Monster Energy Drink. Não é uma música para ouvir sempre (Muita informação jogada no seu ouvido, é bem complicadinha de digerir) mas é uma música que diverte e para o Morning Musume isso já é ótimo. Ninguém espera essas fofinhas lançando a nova “Love Machine”, então qualquer música que não seja totalmente insuportável eu aceito.

Sobre o álbum, eu acho o nome “That’s J-POP” genial para um trabalho de um grupo como Morning Musume, que foi um dos primeiros nomes a levantar todo o conceito e fórmula de grupo idol feminino no Japão e até hoje é um nome relevante na cena (Não tão forte quanto na era de ouro delas lá pelo final dos anos 90/início dos 2000 mas ainda é a marca que mais rende para o H!P). Poderia ser mais do que um álbum de estúdio? Sim, dava pra fazer uma grande coletânea chamando as fodonas e véias que carregaram o Morning Musume nas costas (Seria icônico demais eles tirando gatinhas como Reinão Tanaka e Mari Yaguchi do ostracismo) para mostrar como é que se faz, mas elas meio que já fizeram isso quando comemoraram os 20 anos do grupo lá em 2018/2019, então tá valendo. Capas e tracklist abaixo:

Edição limitada para a bicha classe média que ostenta um Blu-Ray em casa (CD+Blu Ray)

Edição popular para a bicha mais povão que só tem um aparelho de som em casa (Apenas CD)

  1. Aishite Nan ga Warui!? (What’s Wrong with Love!?)
  2. Gyuusaretai Dake na no ni (I Just Want to Be Hugged) — Single, lançado em 16/12/2020
  3. Shinjiru Shika! (Only Believe) (Ikuta Erina, Ishida Ayumi, Oda Sakura, Kaga Kaede, Morito Chisaki, Okamura Homare)
  4. TIME IS MONEY! (Sato Masaki, Nonaka Miki, Yokoyama Reina, Yamazaki Mei)
  5. Nakimushi My Dream (Crybaby My Dream)
  6. Futari wa Abekobe (We are Opposites) (Fukumura Mizuki, Makino Maria, Haga Akane, Kitagawa Rio)
  7. Junjou Evidence (Evidence of Innocence) — Single, lançado em 16/12/2020
  8. Kono Mama! (Like This)
  9. KOKORO & KARADA (Minds & Bodies) — Single, lançado em 22/01/2020
  10. Jinsei Blues (Life Blues) — Single, lançado em 12/06/2019
  11. Hey! Unfair Baby
  12. Ren’ai Destiny ~Hon’ne wo Ronjitai~ (Love Destiny ~I Want to Discuss the Real Intention~)
  13. LOVEpedia — Single, lançado em 22/01/2020
  14. Ningen Kankei No way way (Human Relationship No Way Way) — Single, lançado em 22/01/2020
  15. Seishun Night (Youthful Night) — Single, lançado em 12/06/2019

Vendo tudo que já foi lançado até agora para esse álbum, “That’s J-POP” meio que consolida um Morning Musume que se leva mais a sério tanto nos singles lançados quanto nos visuais que tivemos até aqui… E não sei se isso é tão legal pra elas. Os singles mais memoráveis do Momusu comigo são aqueles com elementos assumidamente toscos, e essa sequência de farofões EDM frenéticos que as gatas vem lançando há uns bons anos pecam em não ter esse elemento (Além de deixar o álbum pesadíssimo com tanta fritação).

Dito isso, os singles desse álbum são muito bons no geral (Seishun Night e Ningen Kankei No way way são ótimas e as outras faixas, com exceção de KOKORO & KARADA, são legais de ouvir também), então temos um álbum com tudo para ser o melhor dos álbuns mais recentes do Momusu. Talvez não seja um dos álbuns mais agradáveis com tanto batidão acelerado e jogado no seu ouvido mas, se você é um Kpopper que quer experimentar algo novo depois de engolir tanto girl crush da Coreia, vale a pena dar uma ouvida nos singles linkados.