RECAP — Kingdom – Legendary War S01E01: Tem como uma música de boygroup ficar PIOR?

Sim, galera. Começou o Kingdom, reality show onde 6 boygroups de 2º escalão disputam o título de rei dos boygroups. Pelas próximas semanas teremos muitas performances, piruetas, músicas ruins, amizades, rivalidades e, com sorte, muito screentime para o Juyeon do THE BOYZ, e eu estarei AQUI comentando daquele jeito amargo e odioso cada episódio desse programa. Será que esse recap vai até o final ou morre no 3º EP que nem os outros recaps? Só o fim do mês vai dizer, mas o recap do 1º episódio você confere AGORA:

A jornada para ver quem vai conseguir usar o banheiro da MNET começa AGORA!!

O programa começa com um resumo do que vai rolar nesse primeiro EP: Os grupos que vão participar, a primeira prova, performances, malabarismo, fogo, o Juyeon saindo de um ovo de Páscoa vestido de látex (Não, pera, isso rolou no meu sonho hoje)… Enfim, coisas que a gente vai ver em mais de UMA HORA E MEIA DE PROGRAMA, então vamos para as introduções.

O primeiro grupo a entrar é o The Boyz, que venceu a segunda divisão do programa e agora tem a chance de competir com grupos de maior porte. Fizeram um resumo da participação deles no Road To Kingdom e como eles ganharam tudo no programa e, tipo, a concorrência estava tão fraca assim? Eles já eram tão cotados? Sei lá, não assisti aquilo ano passado. Masok, eles venceram na vida e estão de volta para garantir mais um pouquinho de spotlight.

Os próximos são o Stray Kids, introduzidos como o boygroup da nova geração do JYP pois a MNET tinha que citar alguém famoso. O programa fala sobre como eles são os novatos que cresceram mais rápido dessa geracao do K-pop, botando uma pressão no The Boyz já que eles debutaram na mesma época e qualquer coisa que alimente rivalidade nesse pessoal para no fim eles serem amigos para sempre e etc.

A performance do Stray Kids vai ser uma barulheira por causa das tatuagens. E eu pensando que era pelas músicas de panela de pressão estourando.

ATEEZ é o próximo grupo e eu poderia falar uma coisa meio “Ninguém avisou que só entrava famoso” e tal mas eles mesmos já falaram por mim…

… Não é novidade que a popularidade do ATEEZ é toda internacional, então eles entrarem como underdogs é sempre uma boa para surpreenderem na competição.

BTOB já chega prometendo muito bullying com o careca do grupo.

Além disso eles entram como um grupo respeitado e popular entre os mais novos, até por ser o primeiro grupo ali que tem um hit de fato na Coreia. No fim do dia isso acaba não sendo tão relevante já que o Kingdom está aberto para votação global (Diferente do Queendom em que tudo era basicamente decidido em casa), então eu acho que o BTOB não será o grupo a ser batido como o Mamamoo era no Queendom, por exemplo.

SF9 entra e eles são basicamente os gostosos da edição. O que esperar da empresa que tinha o AOA no catálogo né?! De resto é mais um grupo que nunca teve um hit, o grande público não conhece, vão se provar como cantores talentosos e blá blá blá. Se eles tirarem a camisa e se provarem como modelos gostosos mesmo eu já estou no lucro. Por fim temos o iKON entrando em seu quinquagésimo programa de competição e todo mundo fica “Uau como eles são legais, estou gozando de alegria”. Se alguém ali falasse “Uau são os MCs Love Scenario” como deveriam ter dito eu printava a cara deles nessa parte do post, mas não rolou então vamos em frente.

TVXQ são apresentados como os novos anfitriões e embora eu esteja triste por não poder ver a Lee Da Hee no programa, a entrada dele valeu por essa fala:

Óbvio que não foi com essa intenção, mas é muito engraçado falar “PARECEM artistas profissionais” para o TVXQ que tem 20 ANOS de profissão

Um papinho para descontrair o pessoal que não interessa muito depois, vamos explicar como vai funcionar a delícia: 3 rodadas de apresentações + 1 apresentação ao vivo no final do programa. O vencedor vai ganhar, além de um show transmitido na MNET, um reality show na emissora (Um plus comparado ao Queendom que só teve o show), e a pontuação de cada rodada está dividida em: 25% votação interna (Os grupos votando em si) + 25% da plateia selecionada + 40% da votação global + 10% de visualizações das performances.

Nesse episódio tivemos uma “rodada de introdução”, onde os grupos se apresentaram e os fãs de todo o mundo votaram, e o vencedor ganha 1000 pontos extras na pontuação final além de definir a ordem de apresentação da primeira rodada oficial. As performances do 1º episódio foram todas transmitidas em fevereiro, e o tema foi “músicas que os grupos ganharam algum troféu em um music show” (Pois a palavra “hit” não pode ser usada em alguns casos do programa né).

KKKKKKKKKKKKK Os integrantes chutados do iKON e do BTOB sendo CENSURADOS pela MNET

iKON venceu uma enquete interna sobre quem era o grupo a ser batido no programa, e tiveram a chance de encerrar essa rodada de aquecimento. Além disso, eles escolhera quem seriam os primeiros a se apresentar e a partir disso quem se apresentava escolhia o próximo grupo a performar. Então vamos para as performances:

ATEEZ – Wave : Overture

A música original é uma faixa leve e tropical para o verão, então você já imagina pelos figurinos da thumbnail a cagada que isso virou né. Atuação exagerada, uns gritos de tribo, um monte de trque feito para impressionar e música de menos. Entendi a ideia de criarem uma pequena cena de filme (Piratas do Caribe, pela execução). mas é tanta coisa aleatória acontecendo em 140 segundos com uma música totalmente replanejada que a única ideia que eles passaram para mim foi que eles pulam e fazem careta, e não faço a mínima ideia do conceito deles como artistas ou em suas músicas. Um grande FAIL.

BTOB – Beautiful Pain (Choir Ver.)

BTOB foi mais safe e apostou em uma performance mais simples, cantando e fazendo coral como se eles estivessem fazendo uma versão gospel deles mesmos. Vocais incríveis e uma interpretação adorável que impressionou o bando de moleques que nunca soltaram uma high note na vida (Até o rapper do BTOB soltou a voz ali). Eles são conhecidos por isso na Coreia e agora o mundo sabe o que eles fazem de melhor, então é um grande HIT pra mim.

SF9 – Good Guy [The Glory]

O início da apresentação botando um batidão tryhard para eles desfilarem foi um grande NÃO para mim (Embora estivesse bem melhor e mais organizado do que o que o ATEEZ fez), mas quando começa a tocar a música original lá na segunda metade da performance e eles começam a sensualizar… Bem, essa parte foi um SIM. No conjunto da obra um OK, deu para entender o que eles fazem e quais são suas características como grupo (Embora o que fez ~sucesso~ com eles só aparece nessa segunda metade mesmo).

Stray Kids – Miroh

Outra performance com adereços e acrobacias demais para todo mundo ficar gritando “WOOOOOW”, com a primeira metade sendo um batidão animalesco assinado pela Soyeon do (G)I-DLE (É a cara dela fazer isso) mas lá pela segunda metade eles lembram que tem uma música pra cantar e as coisas melhoram. Um pequeno fail, pois entre a marmota deles e a marmota do ATEEZ eu acho que o Stray Kids ainda conseguiu montar uma boa performance em grupo e eu ainda prestei atenção neles (Apesar do esforço deles para eu olhar para as facas ou para as faíscas do palco), e agora eu sei quem é o Felix graças aos ensaios onde ele quase matou metade do grupo errando os passos dele.

The Boyz – The Stealer (Epic Ver.)

Achei interessante que o programa mostrou que o Juyeon errava nos ensaios, errou nas performances do Road To Kingdom, errava toda pose final dessa apresentação e AINDA ASSIM ele é o mais popular do grupo. Ele performa com a beleza e é o que importa.

Sobre essa performance, já temos uma regra dos grupos mais novos aqui: Eles querem botar o máximo de elementos possiveis em uma performance introdutória de 100 segundos, e tudo vira uma salada com eles fazendo um monte de coisa que não se encaixa e, no final, você nem lembra quem estava no palco e nem entende o que eles fazem de bom (Que é o objetivo dessa rodada, para começar). Um Fail sólido, mas os 5 segundos de balé clássico e performance dramática ali se mostraram promissores e eu ESPERO que eles invistam nisso em algum momento do programa (Spoiler: Não vão).

iKON – Rhythm Ta (Kingdom ver.)

É muito bom saber que o sentimento é mútuo e o iKON também ME ODEIA para escolher o single que eu mais abomino desse grupo logo na rodada de introdução. Mas ó, eu vou dar um sólido Hit para a performance deles por entregarem uma performance DE FATO e mostrarem suas habilidades sem muita tensão ou enfeites desnecessários que metade dessas performances trouxeram. Isso também quer dizer que não serei obrigado a assistir uma performance completa dessa música horrível, então só temos vitórias com isso aqui.

No final o meu ranking dessas introduções é: BTOB > iKON > SF9 > Stray Kids > The Boyz >> ATEEZ. Na votação global que rolou no Whos Fan, alguns resultados foram revelados já nesse primeiro episódio: ATEEZ ficou na 5ª posição, SF9 em 4º e BTOB pegou o 3º lugar. As posições relevantes (Top 2 e quem foi arrastado para a última posição) ficaram para o próximo EP. Provavelmente iKON e Stray Kids disputaram o 1º lugar e o The Boyz ficou na lanterna mesmo, mas talvez os fãs me surpreendam no próximo episódio, quando os resultados da rodada de aquecimento e o início da 1ª rodada vão começar de vez.


Siga o blog nas redes sociais: Twitter (@popasiaticojpg) e Instagram (@popasiaticojpg). E se você acha que mereço uma recompensa depois de me expôr por uma hora e meia a boygroups e ainda repetir a experiência por mais 2 meses, faz um pix para mim nessa chave: dougielogic@gmail.com

14 comentários em “RECAP — Kingdom – Legendary War S01E01: Tem como uma música de boygroup ficar PIOR?”

  1. Acho ATEEZ um grupo tão ruim, não entendo o certo hype neles. Tudo o que eu vejo desse grupo é bem tenebroso, eu fico chocado. E a performance do Kingdom não foi diferente.

    Meu ranking está igual ao seu, agora eu espero que o The Boyz sirva pois eles serviram bem no Road to Kingdom, mas nessa performance aí foi triste.

    Curtido por 1 pessoa

  2. O que eu mais acho engraçado e que claramente os mesmo 3 grupos q usaram a cara de mau, roupa de couro, maquiagem preta, faca, tiro, porrada e bomba são os que tentaram invar e ficaram iguais e batido.
    No fim os que realmete se destacaram foram ikon e btob que fizeram
    algo simples mais legal, que pareciam realmente ta curtindo o que tavam fazendo nao so parecer o bad guys mais bad o programa.

    Curtir

  3. Nenhum desses grupos me interessa, mas ler esse recap foi ótimo!
    Dentre esses grupos todos aí o SF9 é o único que tem músicas boas de verdade, então torço pra eles (pena que os coitados estão sendo esquecidos, mas tudo bem).

    Curtir

  4. A única fã assumida de Stray Kids desses blogs, achei ótimo a parte de saber quem é o Félix porque ele quase matou todo o grupo kkkk

    Mas como eu falei no Palpites alheios, eu não gosto muito desse conceito dark, então três grupos terem ido com isso, incluindo os faves, foi um pouco decepcionante. Sabe-se lá o que o povo da JYP tá dizendo pro Stray Kids fazer, porém se era pra mostrar no que eles são melhores, não é nesse conceitozinho furreca não. Tô assistindo esse programa só por eles e já tô achando ruim, fã de um único boy group só sofre com falta de inovação, viu

    Curtir

  5. chocada que o sf9 não mandou a melhor música deles nessa performance em prol dessa palhaçada que eles apresentaram. mas eles são gostosos e é o que importa no fim.

    Curtir

  6. Parabéns pelo esforço de ver um fucking reality show de boyband apenas para trazer entretenimento aos leitores do blog

    Curtir

  7. Não dá para negar o fato que você realmente leva esse blog e seus leitores a sério, porque assistir esse programa por conta dos pedidos é muito penoso! Obviamente ler seus recap é bem mais prazeroso, então admiro sua coragem e fico cada vez mais grata pela sua existência.

    Curtir

    1. Esse blog vai honrar os pix doados nem que seja na base do ódio!!!!!

      (Btw eu gosto do formato do programa, então consigo levar o Kingdom numa boa)

      Curtir

  8. Dougie tu não viu o b.o que deu sobre o dinheiro investido nas apresentações?
    Saiu nos sites que a mnet tinha definido um certo teto de gastos para cada boygroup em apresentações, mas eis que descobrem que eles aumentaram e falaram para o Ateez, the boyz e Stray Kids e ~esqueceram de avisar ao resto_o trio ai que levou a grana e montou tudo_ , então tu vê a apresentação do BTOB e Ikon mais simplória e sem confete não é por acaso.
    A bagunça e treta já esta pronta, nem vou assistir, só vou ver pela treta e caso o BTOB consiga uma moralzinha.

    Curtir

Os comentários estão encerrados.