Valeu a pena ficar sem roupa na internet para lançar “LibidO”, OnlyOneOf?

OnlyOneOf passou, sei lá, 3 meses tirando camisa e se roçando para promover o novo comeback do grupo, o EP “Instinct Pt.1”. Para um trabalho de apenas quatro faixas o grupo estava empenhado DEMAIS em promover esse lançamento (Até “semi nude” na pré venda foi anunciada) mas, quando o comeback saiu hoje com “libidO”, deu pra ver que o visual era o que eles de fato queriam vender:

Vamos comentar o que o Jaden Jeong quer que a gente comente:

Corpos sem camisa…

…Fetiches…

…Integrantes se agarrando…

…E um passando a mão na piroca do outro.

Tem gente falando que eles pegaram leve pelo que prometiam e tal, mas eu acho que o problema em cima desse MV é que o fanservice homoerótico descarado foi uma forma bem… Preguiçosa de querer chamar atenção. Obviamente funciona (Eu não faria um post para esse grupo se não tivesse isso), mas não tem nada além disso no vídeo inteiro. Os caras se olham, se agarram, tiram a roupa e é isso aí. É como assistir algum filme gay que tem o roteiro tão ruim que você quer o momento em que eles vão se pegar pois foi por isso que você se importou em dar audiência, e nesse MV tudo ficou na insinuação mesmo (Veremos nos próximos, afinal a “Pt. 1” no nome do EP indica que ainda teremos uma “Pt. 2”).

No meio disso tudo temos a música, que não é a pior coisa do que dá pra esperar de um boygroup mas também não é lá grandes coisas. O ponto alto é o instrumental que é delicioso e segue aquilo de ser um eletrônico denso e distorcido para criar um efeito provocativo e, hum, excitante que dá certo e a gente vê casualmente esses boygroups de K-pop lançando, mas tem alguma coisa neles cantando essa música que simplesmente não encaixa (Especialmente no refrão e os “libidO” sendo repetidos de qualquer jeito que eu achei horrível). Eu tenho quase certeza que é porque nenhum deles tem a voz tão grave quanto o instrumental pedia, mas simplesmente não orna pra mim, ficando deslocado. De qualquer forma, a música funciona melhor sem o MV (O que é bem irônico, já que a última coisa que esse comeback tentou fazer com que eu prestasse atenção).

“libidO” é um comeback onde o MV tenta vender um fanservice feito nas coxas, e a música vira um grande tanto faz porque todos os comentários vão ser sobre os visuais e o homoerotismo e “Nossa eles vão quebrar os conservadores da Coreia” como se isso não fosse feito por quase todo boygroup (Quando rolar um beijão de língua entre 2 homens num MV quem sabe choque alguém por lá). Eu sei que tem muitos de vocês que assistiram com o pau na mão de tão duro, mas pra mim isso aqui tem fortes chances de entrar na caótica lista de comebacks pau mole que rola em toda virada de ano nesse blog.


Hidden gem: tear Of gOd

Apesar de toda a minha indignação quanto ao trabalho principal, o OnlyOneOf entregou um EP bem aproveitável aqui (As 3 album tracks são melhores que o single). O meu destaque vai para “tear Of gOd” (Que está nomeada “tear Of gOld” no spotify mas acredito que o I maiúsculo que parece um l minúsculo tá sobrando lá), pois ela segue a mesma linha e pretensões de “libidO” só que é muito mais agradável de ouvir. “tear Of gOd” é uma faixa mais leve no geral e isso ajudou a ouvir o grupo cantando, pois o estranhamento e incômodo que tenho com “libidO” não surge nessa música. Para mim deveria ser a faixa principal desse trabalho.

9 comentários em “Valeu a pena ficar sem roupa na internet para lançar “LibidO”, OnlyOneOf?”

  1. Eu sinceramente gostei bastante da musica, provavelmente se fosse outro grupo lançando eu não fosse gostar, eu ate entendo a galera dizendo os motivos por não ter gostado.
    O Mv eu gostei achei a fotografia muito bonita e sobre a estoria homoafetiva eles lançaram uns textos que ajuda a dar uma contextualizada pra não ficar tão jogado, mas eu sei q não vai ser tudo mundo que vai ler kkkkk

    Curtir

  2. Eu gosto de ver gente sem camisa, mais não vou negar que a musica é estranha, pra mim o refrão não encaixa com resto, sobre o fan service tem a mesma opinião sobre aquele duo de garotas que lançou alguns meses atrás. (Sem pink money, muito antiquado e vai saber se os idols não estão sendo forçados a isso)

    Curtir

  3. Eu vi no meu feed do Twitter uns segundos do stage com eles se esfregando e passando a mão um no outro e eu fiquei TÃO desconfortável vendo aquilo, oq um grupo não faz pra vender um álbum e comprar um prato de comida né

    Curtir

  4. A música tem um instrumental legal mas tem umas horas que eles não souberam definir direito ou mixar sei lá e ficou muito estranha. E sem falar que ela tem um tom meio soturno e não combinou tanto com o mv.
    Que inclusive não achei esses UAU como a galera tava falando, é como tu disse, quando um grupo der um beijão de língua daí sim eu fico em choque como os outros.
    PS. O mano de cabelo longo parece muito bonito, mas esse cabelo parece que matou ele, ficou parecendo aqueles poodle

    Curtir

  5. Eu gostei da música. Na verdade, ela é perfeita e estou vidrada tanto nela quando no mv. Andei pesquisando mais sobre o grupo e vi que o conceito deles sempre foi nessa pegada mais sensual, ou seja, não é novidade. Então… vi gente criticando sobre.Todos tem sua opinião, isso é fato, mas acho que exageraram e até distorceram um pouco os fatos. Não dá pra julgar o todo pela parte, sabe?
    Na minha opinião, os meninos fizeram muito bem e espero de todo o meu coração que eles tenham muito sucesso e cresçam cada dia mais. Este comeback vem rendendo muita coisa para eles, me sinto muito feliz por isso.

    Curtir

Os comentários estão desativados.