O que (não) aconteceu em 2021: SCIENTIST

TWICE seguiu no K-pop com mais um ano movimentadíssimo: Teve EP e o 3º full album na Coreia, singles e o 3º full album para o Japão, e rolou até single nos Estados Unidos como tentativa de carimbar passagem para a Billboard Hot 100. O grupo se manteve muito atarefado, vendeu muitos álbuns e etc., mas mostrou em 2021 que o gás para se manter no topo dos charts digitais pode estar acabando. Prova disso é SCIENTIST:

“SCIENTIST” foi a faixa principal do 3º full album do TWICE, “Formula Of Love: O+T=<3”, e existia muita expectativa em cima desse trabalho, tanto pela Bossa Nova de milhões que elas serviram na ótima Alcohol Free quanto pelo histórico de ótimos singles que estava desovando nos últimos anos. Porém, se tratando de números, “SCIENTIST” acabou sendo um balde de água fria com um desempenho tímido nos charts coreanos e um modesto peak #32 na Gaon. Para um grupo que detém o recorde de maior sequência de #1’s no principal chart da Coreia, esse #32 é um desempenho, huh, aquém do que se espera do TWICE.

Mas o que eu acho mais inesperado nessa história é como o principal single do TWICE no ano foi engolido pelo debut do grupo nos Estados Unidos com “The Feels”, pois acho que nem o ONCE mais otimista esperava essa música dando tão certo.

“The Feels”, oficialmente falando, é um pré-lançamento do Formula Of Love e o debut do grupo nos Estados Unidos. Sua única “missão” como single era alcançar o tão sonhado debut na Billboard Hot 100 dos Estados Unidos, e “The Feels” conseguiu isso com um #83 no chart.

Mas acabou que esse single vem conquistando mais do que só um debut na Hot 100. A inesperada estabilidade do grupo no streaming fez de “The Feels” um grande sucesso internacional para os padrões do TWICE, caminhando para ser a faixa mais executada de 2021 do grupo no spotify e com números expressivos no YouTube, além de ser um grande hit no Japão (Maior do que boa parte dos próprios singles japoneses do grupo). Ninguém esperava que “The Feels” fosse o maior ato do TWICE em números esse ano, mas aqui estamos.

TWICE tem outras coisas para se orgulhar esse ano também: O Formula Of Love bateu recordes de vendas e é o álbum de girlgroup mais vendido em 2021, e o grupo segue aclamado pela crítica especializada com o último álbum pegando uma nota 91 no Metacritic e sendo o álbum de K-pop mais bem avaliado do principal portal de críticos da internet.

Então acho que chegou a hora dos ONCEs não esperarem mais por hits e concentrarem na aclamação crítica e venda de álbuns mesmo. Virou consenso que o TWICE se tornou um dos grupos mais interessantes da indústria musicalmente, então é hora de aproveitar que o grupo está alimentando a fanbase muito bem e parar de querer bater de frente em questão de charts e posições no Melon, pois (Aparentemente) a fase do TWICE já passou e o legado já foi feito. A frequência de lançamentos do TWICE ainda é grande, então acho que ainda vem muita música boa do grupo em 2022 até uma das integrantes resolver abrir um brechó em Seul.


Eu estou adorando fazer essa retrospectiva de 2021 no K-pop, e se você também está curtindo e quer acompanhar esse especial de fim de ano no blog, siga o Pop Asiático.jpg no twitter: @popasiaticojpg

8 comentários em “O que (não) aconteceu em 2021: SCIENTIST”

  1. Scientist não nasceu pra brilhar. The feels cresce com a gente enquanto ouvimos. Agora esse álbum delas está realmente aquém do esperado. Em suma achei esse ano excelente pra elas. Que continue assim ano que vem.
    😉

    Curtir

  2. “então acho que ainda vem muita música boa do grupo em 2022 até uma das integrantes resolver abrir um brechó em Seul.” kkkkkkkk

    Curtir

  3. Faço das suas palavras as minhas sobre os números de posições e charts.
    Agora te falar também que fiquei surpresa como The Feels pegou a galera ficou. Achei a música boa e bem redondinha, agora ser sempre tocada e citada por muitos_e de gente que não ouvia ou conhecia o grupo_ sinceramente, será que a jyp esperava isso?
    Acho que Scientist não pegou por não ter fator chiclete pra muitos, mas dizer que é uma boa música pra lista delas eu acho_ tipo, apostaram em várias músicas diferentes, estilos e etc.
    O álbum ainda continuo ouvindo, tem músicas que cresce a cada ouvida.

    Curtir

  4. Sim concordo em que o twice esteja em um momento diferente de sua carreira, e que bom também, por que elas ainda estão conhecendo a reação do público fora da Coreia e do Japão onde são muito bem reconhecidas pelos seus hits. Só achei essa crítica um pouco fragmentada, parece que foi feita por duas pessoas que revezavam a escrita.

    Curtir

  5. Acho que scientist foi lançado tão perto de the feels que a fama do hit engoliu o comeback, era elas lançado nova música e o tiktok surtando ainda em the feels assim fica difícil não comparar as duas e esperar q scientist fosse tão boa quanto

    Curtir

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: