Dalsooobin descobriu que seria aclamada por um pop/rock de garagem e lançou “HOOKAH”

Eu nem estava ligado que a Subin estava planejando um single novo pois a mulher não lançava nada desde sua participação no Miss Back, meu instagram está uma bagunça e não sigo fanbases do Dal Shabet no twitter para ficar ligadinho no que as meninas andam se ocupando, mas aqui estamos com a Dalsooobin lembrando que é artista e lançando a divertida faixa para deixar a sua casa mais limpa “HOOKAH”:

Por uma prévia que eu ouvi no twitter eu achei que essa música seria uma baladinha na guitarra que eu não me importaria muito. Os versos até me lembraram “Spring” da Park Bom numa pegada mais rock e menos gospel, o que não parecia promissor pois não curto tanto assim esse comeback da Bom para a indústria (Funciona mais por ser o comeback da Park Bom do que pela música em si), mas a música chocantemente vai para um lado pop/rock 2000 e eu pensei “Pera aí, isso daqui na verdade está muito legal”. Passei o dia ouvindo essa música e executei tarefas do meu serviço e ainda lavei o banheiro de casa, então tenho que concluir que “HOOKAH” é um ótimo acerto. Poderia ter uns 30 segundos a mais? Sim, mas aí é só botar a música no repeat e ser feliz.

O que mais funciona nesses números pop/rock para mim é a coisa mais caseira. Músicas como TOMBOY do (G)I-DLE e os pop/rock do TXT são muito legais, mas a verdadeira nostalgia desse pop/rock anos 2000 está em músicas que claramente são feitas numa garagem e com um sonho. Foi por isso que coloquei “All Night Long” do PRSNT como uma das melhores músicas de 2021, “Bad Habits” do SHAUN é um dos meus grandes vícios da K-music até os dias de hoje e agora “HOOKAH” da Subin me deixa tão feliz ouvindo. Está longe de ser a melhor música da história, mas existe um conceito e uma referência marcantes nessa música que faz todo o esforço da Subin compondo e produzindo isso ser notável e admirável. Soma isso ao fato de já simpatizar horrores com a cantora, e temos aqui um hit garantido na minha playlist.

Eu queria muito que a Subin fosse reconhecida como compositora e produtora na indústria pois ela faz o trabalho dela muito bem, especialmente quando tenta experimentar diferentes estilos em músicas pop como “Circle’s Dream”, “Katchup” e, agora, “HOOKAH”. E acho que ela tem plenas condições de fazer trabalhos ainda mais audaciosos se tivesse uma estrutura melhor, pois ela é muito boa em fazer música pop. “HOOKAH” não pretende ser a revolução da música pop mas é uma música divertida que me dá energia e felicidade ouvindo, e acho que era essa a intenção que a Subin queria servir com essa música.

2 comentários sobre “Dalsooobin descobriu que seria aclamada por um pop/rock de garagem e lançou “HOOKAH”

  1. Nossa, achei que pra uma música gravada no banheiro de casa e um vídeo de garagem feito num Samsungão, ela entregou muito… A minha ÚNICA reclamação e insatisfação, foi a thumb do vídeo… A edição do vídeo teve todo um trabalho de coloração (coisa que não costumamos ver em vídeos gravados em fundo de quintal) e usaram uma imagem tenebrosa que parece print de chamada de vídeo na webcam. Aí fode, né? Tem que fazer igual a YEZI e botar os peitos pra jogo na thumb, que pelo menos uns 200k ela garante kk

Deixe uma resposta