Review Retrô: Quando a Square Enix processou a Ivy por plagiar Final Fantasy em “Sonata Of Templation” (2007)

Poxa, eu devia ter feito esse post quando saiu o remake de Final Fantasy VII na semana passada, para aproveitar o hype da franquia e o timing do lançamento e engajar algumas views gratuitas de gaymers… É, pois é.

“Sonata Of Templation” foi a faixa principal do 2° álbum de estúdio da Ivy, ” A Sweet Moment”, lançado em fevereiro de 2007. A música é uma mistura de dance pop com elementos de orquestra, usando o sample da sinfonia Fur Elise, de Beethoven (Recentemente ela também foi usada em “Hands Up”, do Cherry Bullet). Num primeiro momento a faixa parece meio bagunçada e confusa, numa construção não convencional para uma música pop, mas não é muito difícil de digerir (Mesmo soando datadinha hoje em dia… Afinal, tem 13 anos essa música né). Embalada pela sua popularidade como nova sexy diva, a música foi um sucesso na Coreia, sendo a terceira música mais popular no MelOn (Que era o principal chart musical coreano antes da criação do Gaon em 2010) e rendendo prêmios de melhor performance solo feminina, transformando “Sonata Of Templation” na signature song da carreira da Ivy.

O MV é uma mistura de cenas de dança e ação dentro de uma igreja, onde Ivy luta com um cara usando tinta spray cinza no cabelo para proteger uma garotinha. É um MV bem dinâmico, com uma luta bem legal e uma ótima produção para a época, mas tinha um pequeno porém: O enredo, cenário, ações e figurino do MV são os mesmos de uma cena do filme “Final Fantasy VII: Advented Children”, lançado em 2005.

E a Square Enix, bem conhecida por caçar aqueles que usam de sua propriedade intelectual ilegalmente até o inferno, já tratou de agir pra ganhar um dinheiro em cima de processos. Em abril de 2007 a justiça coreana já havia determinado o banimento do vídeo nas TVs coreanas, alegando que “A maior parte do vídeo é notavelmente similar ao filme”, e em junho do mesmo ano a Square Enix entrou com um processo formal, alegando que as cenas de Final Fantasy não foram autorizadas para serem utilizadas nesse MV.

Processos por conta de plágio em vídeo são meio raros de acontecer pois, além da ideia e do conceito, a execução também é levada em conta na hora de entrar com um processo. Quer dizer, você pode acusar a vontade grupo x de roubar a ideia de grupo y por unss 15 segundos de vídeo, mas para entrar na justiça com um processo é porque o roubo tem que estar bem descarado… E nesse caso, o MV de “Sonata Of Templation” é basicamente um cosplay live action do “Final Fantasy VII: Advented Children”. O diretor do MV, Hong Jeong Ho, se defendeu das acusações alegando ser apenas uma paródia do filme, mas isso acabou não colando no fim.

Eles realmente acharam que botar um simples aviso seria o suficiente para a Square Enix deixar passar como paródia.

O juiz entendeu que a Fantom “usou ilegalmente 80% da história, cenário, personagens e seu estilo de vestir” do filme no MV da Ivy, e o caso foi encerrado com o Hong Jeong Ho e a Fantom Entertainment (Gravadora da Ivy na época) tendo que pagar cerca de 16 mil dólares para a Square Enix no final de 2007, rendendo um glorioso discurso de um dos repesentantes da Square Enix falando da importância que Final Fantasy tem na Coreia, no quão importante é proteger a propriedade intelectual da franquia e citando as 75 MILHÕES de cópias que Final Fantasy tinha vendido até então.

Como eu disse antes, é muito difícil entrar com um processo de plágio em cima de vídeos do tipo, pois você tem que entrar na justiça COM AQUELA CERTEZA de que vai ganhar o processo. E para ter essa certeza é necessário contar com a cara de pau dos responsáveis pelo plágio, aí soma a ingenuidade de uma empresa coreana com a perspicácia da Square Enix e deu no que deu. Mas a mais prejudicada do rolê sempre acaba sendo a artista, que as vezes nem tá tão envolvida mas é quem carrega a imagem e é a estrela da produção, e como a Ivy já vinha enfrentando problemas com escândalos e até no gerenciamento com a Fantom, não demorou muito para ela sair da empresa. Apesar disso a Ivy ainda conseguiu fazer sucesso com seu comeback em 2009, e consolidou seu nome como um dos mais populares dos anos 2000 entre as solistas pop.

Uma consideração sobre “Review Retrô: Quando a Square Enix processou a Ivy por plagiar Final Fantasy em “Sonata Of Templation” (2007)”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s