Taeyeon quer trocar de posições com Ariana Grande em “What Do I Call You”

Sabemos que Ariana Grande é uma cantora popular pela Ásia, com muitos artistas aclamando os traps que ela vem lançando há uns bons 3 álbuns de estúdio, e alguns até pegam referências do que ela vem fazendo (O que é muita coisa, já que ela lança 751 músicas por ano mais ou menos). A Taeyeon ser uma dessas artistas me chocou um pouco, mas estamos aqui com “What Do I Call You”…

…E eu simplesmente sinto que já ouvi essa música mês passado, quando a Ariana Grande lançou o “Positions”, mas sem toda a ideia sexual que a Ari canta desde sempre e com a Taeyeon cantando sobre encontrar um ex e não saber como chamá-lo. Sem toda a aura safada envolvendo a música e o vocal da Tae mais neutro do que nunca (Nenhuma high note mais esforçada? Nenhum gritinho? O que aconteceu com essa mulher…), a música fica meio chata de ouvir. Combina com a letra, que pede essa coisa menos emotiva mesmo, mas a música passa e eu fico “Ué, já acabou?” (O fato dela ter menos de 3 minutos ajuda muito também). Música, letra, vocais, tudo cria uma melodia simplesmente imemorável.

Massssss um ponto positivo em “What Do I Call You” é que não é uma balada de natal. Não sei vocês, mas quando Taeyeon anunciou um comeback para dezembro eu pensei “Meu deus essa mulher vai socar o natal de novo”. Eu nem lembro se a Taeyeon tem um catálogo tão grande assim de baladas de inverno mas ela anunciou e eu já fiquei com preguiça de ouvir. Os primeiros versos quase me fizeram ter certeza, mas quando veio o refrão e o negócio virou “Switching my positions for you” em coreano eu fui completamente tombado. Isso fez a música ficar mais empolgante? Não, mas pelo menos tem esse fator surpresa que ela vingou comigo (O que é muito mais mérito das minhas expectativas em cima da Taeyeon do que a música em si).

“What Do I Call You” é uma música que me surpreendeu de alguma forma e pelo menos não é um comeback de natal, mas se você é daqueles que não cria expectativas em cima de comebacks da Taeyeon, fez muito bem porque essa música não é nada demais mesmo. O fato dela ter vingado uma coisa que o lado mais bland da discografia da Ariana costuma ter não é de todo ruim, mas pelo menos ela adora ser mais atrevida e brincar de sexo em quase todo single, enquanto “What Do I Call You” não tenta muita coisa. Quem sabe na próxima a Taeyeon despiroca e canta sobre como é gostoso fazer um 69, né.


Hidden gem: Wildfire

O resto do EP não é aquela coisa experimental e desafiadora que uma artista com fanbase fixa garantida poderia estar fazendo, mas tem seus destaques. Por exemplo, a Taeyeon quase sempre acerta em cheio apostando em faixas mais leves e com um instrumental mais vibrante para encher álbum ela garante, e com “Wildfire” não foi diferente, sendo uma faixa muito gostosa de ouvir para relaxar e tomar um cházinho de fim de tarde (Eu fiz isso hoje antes da chuva quase me derrubar e foi uma delícia) e se tornou a minha favorita desse EP dela. Mas sei lá, se você gostou desse número Arianesco que ela serviu nesse single, também deve gostar de “To The Moon” que é a Taezão usando ainda mais na caruda uma demo de algum dos últimos 14 álbuns que a Ariana lançou recentemente.

6 comentários em “Taeyeon quer trocar de posições com Ariana Grande em “What Do I Call You””

    1. Falando de forma honesta, achei essa matéria completamente sem sentido. Começou com uma comparação totalmente sem sentido da TaeYeon com a Ariana Grande e como eu disse ficou completamente SEM SENTIDO.
      Chega até ser vergonhoso isso.

      Curtido por 1 pessoa

  1. Eu adorei a música e como ela brinca com o nome da música durante todo o percurso, e nem precisou ser grande para me convencer.
    O que diferencia a Taeyeon e a torna ela uma solista mais interessante que IU ou Sunmi pra mim, é que ela sempre tenta se diversificar, claro que tem aqueles comebacks da zona de conforto, mas só o fato dela n ficar só nisso já vale ter ela sempre na minha playlist.

    Curtir

  2. Quando ouvi a música tive certeza que parecia com positions, mas como minha opinião é bastante duvidosa é bom saber que não tô maluca na minha tese kkkkkkk

    Curtir

  3. “mas se você é daqueles que não cria expectativas em cima de comebacks da Taeyeon, fez muito bem porque essa música não é nada demais mesmo” exatamente, acho as coisas dela variam entre_ mais ou menos, ou morno. Se ela se lançar para o rock como a Miley Cyrus, quem sabe.
    PS. As estéticas de álbum e mv sempre são bonitas, mas para mim é igual aquelas roupas bonitas de patricinhas que vejo na vitrine do shopping

    Curtir

Os comentários estão desativados.