Top Top.jpg: 10 grupos/artistas subestimados no K-pop

Quando eu fiz o meu primeiro Top Top falando sobre músicas superestimadas no K-pop, era meio que uma obrigação fazer um contraponto e falar sobre músicas subestimadas no K-pop. Mas existem as músicas subestimadas de artistas que fizeram sucesso no K-pop e existem os grupos que não fizeram sucesso nenhum, então suas discografias são basicamente um festival de músicas subestimadas pela nação. Então eu resolvi fazer dois Top Top: Esse aqui vai falar de grupos e artistas que eu considero subestimados tanto pela Coreia quanto pela fanbase por aqui, e em uma outra oportunidade eu falo de músicas de nomes que fazem/fizeram sucesso mas não são tão reconhecidas por vocês.

Então, começando essa lista de nomes underdogs na indústria do K-pop, vamos falar de um grupo que até foi popular, mas nunca conseguiu sair da sombra de um grupo que era bem mais popular:

10º lugar — Rainbow

Rainbow não era exatamente um grupo flopado e até tem seus sucessinhos por aí, mas de todos os “Girlgroups B” (Aqueles que promoviam na mesma empresa de grupos muito populares), o Rainbow foi um dos que foram esquecidos com o tempo. Elas acertavam nas farofas de gostosona, acertavam no aegyo e até nos números mais sensuais elas descolavam músicas incríveis, e mesmo que as músicas atingissem um público considerável no início, ninguém se importava o bastante com o Rainbow a ponto de transformar o grupo em um hit, e isso fez o grupo não ser tão memorável depois do seu fim. No final o Rainbow morreu injustamente na sombra bem distante do KARA, quando o grupo merecia fazer tanto sucesso quanto.

9º lugar — BESTie

Essas deram muito azar: 3 das 4 integrantes do BESTie eram integrantes do EXID que saíram logo depois do debut e foram se virar em uma outra empresa, e não só elas continuaram no flop como viram o EXID alcançar o topo dos charts com “Up & Down”. Tudo isso em cerca de, sei lá, dois anos, mostrando que a paciência pode te levar longe. Mas ignorando isso, foi muito injusto o BESTie ter flopado horrores uma vez que o grupo servia tudo que um girlgroup deveria servir e que fazia sucesso por lá, com o plus delas terem uma das melhores vocalistas do K-pop na época. Talvez o fato delas serem só mais um girlgroup com nada que botasse elas num status mais único tenha prejudicado as chances do grupo fazer sucesso, mas os singles do BESTie são deliciosos e funcionam até hoje nessas playlists mais “old school” do K-pop, sendo recomendação obrigatória de grupos nugus.

8º lugar — Dal Shabet

*BOOM* pelo Dal Shabet aparecer tão baixo na minha lista, mas eu considero o Dal Shabet mais um daqueles grupos que todo mundo conhecia mas ninguém se interessava a ponto de virar fã. O que diferencia o Dal Shabet de grupos como Rainbow e Nine Muses é que elas REALMENTE tiveram a chance de estourar como um grande grupo de K-pop… Se não fosse a absurda quantidade de escândalos que o grupo enfrentou. Chegou um ponto em que elas alcançarem o Top 20 da Gaon e vender 3 mil álbuns já era uma grande vitória, pois não tinha como elas almejarem algo maior que isso. O que é uma pena, pois o Dal Shabet é um dos grupos mais fortes do K-pop em questão de singles (E não falo isso só por ser fã).

7º lugar — HA:TFELT

Quando um grupo muito popular se dissolve em várias carreiras solo é meio que normal só uma carreira fazer sucesso. No Wonder Girls não foi diferente com a Sunmi sendo uma das cantoras mais populares do momento, mas o trabalho que a HA:TFELT faz merecia tanta luz quanto. Além de uma discografia consistente, cada comeback é muito bem trabalhado dadas as limitações da gravadora (E acho que até pela HA:TFELT, pois acredito que ela não foca tanto assim em sucesso comercial) e eu me conecto muito bem com cada canção dela. “1719” é o melhor álbum de 2020 e merecia muito mais reconhecimento, como a carreira da Yenny num geral (Se a Coreia dá audiência para as mais ou menos da Heize até hoje, ela pode dar audiência pra HA:TFELT também).

6º lugar — FIESTAR

FIESTAR já era um grupo difícil de acreditar que aconteceria, afinal elas fizeram sua primeira aparição em um feat. com a IU e tiveram a proeza de flopar do mesmo jeito. Mas cada vez elas lançavam suas músicas eu pensava que era muito injusto elas floparem tanto, pois tanto na fase onde a Loen tentava emplacar uma imagem mais original quanto na fase que elas partiram pro sexy concept como todas as outras elas serviram hinos. E não só hinos para você dançar e sensualizar por aí, elas serviram músicas para todos os gostos e não derrubaram a peteca em nenhum deles. O que complicava é que a Loen é péssima divulgando seus artistas e a IU foi um golpe de sorte que se consolidou mais por competência dela do que por qualquer outra coisa, e o FIESTAR passou vários anos amargando o flop injustamente.

5º lugar — NS Yoon-G

A NS Yoon-G é uma cantora que debutou com o buzz de ser a prima da Jiyoung, que estava vivendo o auge no KARA em 2009, mas isso não foi o bastante para render um sucesso inicial. Demorou um tempo até a NS Yoon-G conseguir figurar de forma relevante nos charts, e embora ela crescesse a cada comeback e estivesse crescendo no nicho R&B, não parecia ser o suficiente. A cantora passou 7 anos de sua carreira lançando singles e alguns EPs, mas a gravadora nunca apostou em dar um full album para a Yoon-G, e o próprio gerenciamento parecia mais sair da conta dela do que da empresa, e a música mais “memorável” em todos os anos de carreira foi um feat. com o onipresente Jay Park. Tanto os mais pop de grande gostosa quanto os mais R&B de grande gostosa) eram ótimos e chamavam a atenção, mas faltou investimento para criar uma discografia mais sólida e tornar a NS Yoon-G um grande nome.

4º lugar — Crayon Pop

Crayon Pop não é o primeiro nem o último caso de One Hit Wonder no K-pop, mas o que levou o grupo a cair foi ridículo: Muita gente não entendeu o sucesso de “Bar Bar Bar” e desmereceram o sucesso do Crayon Pop considerando que elas supostamente não eram talentosas para o mainstream (Especialmente depois que elas ganharam um Music Show em cima de um boygroup com fanbase lunática aí). Soma isso com uma empresa que não sabia o que fazer para controlar os boatos de que o grupo era afiliado a um website da extrema direita coreana e outras decisões bizarras de gerenciamento (Relançaram tanto Bar Bar Bar que até em boygroup a música foi parar) e o Crayon Pop foi caindo rapidamente a cada comeback. Mas os seus visuais únicos e músicas que apostavam na diversão tornaram o grupo um dos mais originais que o K-pop já teve, e isso merecia ser mais valorizado pelo pessoal.

3º lugar — Nine Muses

Nine Muses é um grupo que obrigatoriamente tem que ser citado nessas listas de grupos que mereciam mais reconhecimento, e se não falar delas uma cacura kpopper da 2ª geração com uma arma na sua cabeça falando “Por quê não citou Nine Muses, hein???”. Mas justiça seja feita: Nine Muses era um grupo muito bom e com músicas muito boas. Falo sem medo que elas foram um dos melhores grupos da década passada e não existia muita explicação para o grupo não ter vingado (Além do fato da Star Empire ter virado uma empresa de fundo de quintal com o passar dos anos), pois muitas músicas do grupo foram até mais aclamadas que muitos sucessos da mesma época, e singles como “Wild” e “Hurt Locker” seriam atemporais nas mãos de um grupo hit. Mas caíram no Nine Muses, que simplesmente não aconteceu.

2º lugar — SPICA

Acho que o maior exemplo de Bad Management para um grupo que realmente tinha potencial de acontecer foi o SPICA. O grupo tinha uma proposta semelhante ao Brown Eyed Girls, apostando em mulheres com uma idade maior do que padrão de debut que são vocalistas de alto nível, e isso chamou a atenção no debut do grupo. Mas a B2M não sabia exatamente o que fazer para solidificar a imagem delas como rookies a se prestar atenção, foi atirando pra todo lado e o SPICA foi virando uma bagunça sem fim. Os dois singles mais conhecidos delas são os que a lee Hyori tomou conta da produção e botou ordem na casa, mas não foi dada uma continuidade no projeto e o grupo afundou de vez. As músicas boas estavam ali e o SPICA carregava muitas delas na base do vocal, elas só precisavam de uma trajetória melhor organizada e visuais mais fortes fariam tornar o grupo grande.

1º lugar — Stellar

O Stellar é muito mais conhecido por ser um grupo que testava os limites do coreano médio (Muitas vezes contra a vontade das integrantes) com conceitos provocativos que beiravam o soft porn, e isso acabou com qualquer chance que o grupo poderia ter na indústria (Até hoje elas são lembradas de “as sem valor do Stellar” pra baixo). Porém, a última coisa que entrava em discussão era nas músicas do grupo, e elas eram muito boas. Mesmo sem o acompanhamento visual o grupo servia instrumentais e vocais que encaixavam muito bem com o conceito sensual, passeando entre o provocativo e o melodramático muito bem, e no fim do dia a discografia do Stellar poderia ser tão memorável quanto seus conceitos. Sem dúvidas o grupo mais subestimado do K-pop.

16 comentários em “Top Top.jpg: 10 grupos/artistas subestimados no K-pop”

  1. sabe que eu não consigo mais consumir o stellar do mesmo jeito? parece que eu to fazendo o favor de relembrar fases da carreira delas que talvez elas gostariam de esquecer. eu acho marionette um hino por exemplo, mas sei lá, não desce mais. sobre o crayon pop eu não fazia ideia de que exol surtou pq elas bateram growl no music bank kkkkkkkk senti falta de hellovenus, o que vc acha delas?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Gosto muito delas, mas não acho que o grupo seja tão subestimado assim (A fase aegyo delas é legal mas quando a Pledis chutou a Fantagio eu curtia mais pela trasheira que o grupo virou do que por achar as músicas ótimas)

      Curtir

  2. É incrível que a maioria desses grupos e solistas possuem vocais melhores do que os mais famosos. Mas enfim, é triste ver tanto talento jovem e sonhos desperdiçados por causa da má administração. algumas dessas gurias passaram fome, stress, abusos e não devem ter nem ganhado grana pra comprar um teto para deitar suas cabeças. Hoje em dia, consigo ver esse lado negro também.

    Curtir

    1. O que mais tem é grupo de quinto ou sexto escalão com integrantes talentosas. Por exemplo, o PinkFantasy, apesar do péssimo single atual e de não conseguir manter um mesmo conceito (ou uma mesma formação) por mais de um comeback, tem uma main vocal e uma lead vocal (que agora também é main rapper) impressionantes, nível Mamamoo de voz.

      Curtir

    1. (Sim, hoje eu vou hitar essa sessão de comentários, me processem) Gente BBB é literalmente uma música tão acima da média do que o kpop oferece, que pra mim poderia estar aqui juntinho com o alternativo 2000

      servindo 80s realness

      Curtir

  3. Rainbow morreu na sombra do KARA que também acabou na penumbra depois do disband (e sem grupo da empresa pra eclipsar porque né…)

    Curtir

  4. RAINBOW
    tem umas músicas ótimas (Mach é minha favorita, mas A também é sensacional), ao mesmo tempo que tem umas impossíveis de escutar mais que 10s também, só por Deus…

    BESTIe
    Achei que quando elas queimaram os zói de ódio e decidiram emular EXID (já que elas faziam parte do grupo original kk) lançando Excuse Me (que até hoje se eu escuto fica na minha cabeça durante dias) elas hitariam, mas infelizmente foram pro buraco assim como todas as outras, uma pena…

    ♥♥♥ DalShabetzão ♥♥♥

    HA:TFELT
    Eu ainda me espanto com a qualidade musical que essa bichinha entrega. Que sabor, meu Deus… Claro que tem um monte de música que a gente esconde na fanbase, mas se até a BoA consagradíssima, com 20 anos de carreira (infelizmente enterrada de vez kk) tem dessas também, por que a Yenny não teria, não é mesmo?

    FIESTAR
    Tem umas músicas boas e tem a YEZI… ARTISTA

    9MUSES
    Conheci o grupo com Dolls e elas foram lançando bop atrás de bop depois disso… As views dos vídeos tavam subindo a cada comeback, o grupo tava ficando mais conhecido e BOOM… Mais da metade do grupo resolveu pular fora. Com um patrão daqueles dá pra gente julgar? kk

    STELLAR
    LENDÁRIAS DEMAIS. E já vieram ao BR (poderia concluir aqui). Realmente achei que o grupo poderia começar a dar algum retorno após Sting, mas Archangels Of The Sephiroth (não é minha música favorita também) parece ter sido uma marmota tão grande e estressante que deve ter ficado absolutamente inviável sonhar em renovar contrato depois disso (sem falar em todas as outras coisas que podemos citar, claro)

    Curtir

  5. Sobre a HA:TFELT (The Artist Formerly Known as Yenny), acho que boa parte de ser subestimada vem do fato dela mesma não parecer fazer muita questão de fazer sucesso. Ela vai, grava as músicas, grava um MV, lança, e é isso; não vejo ela fazendo divulgação em music shows da vida ou programas de variedades (e não dá pra dizer que é por falta de verba, porque tem idols com orçamento baixíssimo que ainda assim dão um jeito de ir). Dando pra se sustentar vendendo sua arte, isso é o que parece importar pra ela (e tá certa, e entregando ótimos trabalhos).

    E isso parece ser meio que um padrão nas Wonder Girls em carreiras solo (tirando a Hyunão). Até a Sunmi, com todo o sucesso solo que tem, ainda assim tem uma imagem bem indie e descompromissada.

    Curtir

  6. Daí eu só não era chegada no Bestie e na solista em questão. Mas poxa, apesar dos mvs do Stellar, eu amava o vocal do grupo. Até hoje as vezes toca na minha playlist.
    As outras era aquele caso que só faltava mais alguma coisa pra entrar no fandom, mas cada uma contribuiu em músicas muito boas e vocais excelentes.

    Curtir

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: