Super Junior é meio tiozão do pavê, meio NCT da meia idade em “House Party”

Super Junior está de volta com o 10º álbum de estúdio “The Renaissance”. Esse comeback passou por vários atrasos por motivos que não faço questão de lembrar aqui (Para se ter uma ideia, era para ter rolado ainda em 2020), então acho que dava para esperar algo um pouco menos “meh” do que o single “House Party”:

Eu odiaria bem mais isso aqui na minha época de adolescente kpopper que era hater assumido de Super Junior por achar o grupo horrível de diferentes formas. Hoje em dia eu sou uma pessoa mais madura e consciente dos meus gostos (rs), então consigo admitir alguns singles bons do grupo mesmo com qualquer desgosto que eu tenho com eles, como “Devil” que é de longe o melhor single deles desde “Mr. Simple” e a jornada de cafetões latinos que eles viveram mais recentemente também são legais. Então “House Party” ser de mediana para ruim não tem (muito) a ver com o fato de eu não gostar do Super Junior, mas é porque a música não funciona mesmo.

“House Party” em parte é uma produção disco funky que quase todo nome mais “old school” no K-pop (Ou quase todo boygroup faz quando quer soar retrô) usa, com o Super Junior tentando ser despretensioso na hora de falar “Hey, crianças, o Corona está aí, lavem as mãos, usem máscara e fiquem em casa fazendo a festa sozinhos mesmo”, com um refrão que é bem bom de ouvir até. É a coisa mais legal e empolgante da história? Não, mas tenho que dar créditos para o Super Junior tentar fazer uma música divertida com um recadinho para sua fanbase se cuidar.

Se a música ficasse nessa linha ela seria uma música que dá para curtir sem problemas, mas depois da segunda leva de versos vem um break de trap bizarro onde é difícil de achar algum motivo para estar ali. Por si só esse break já é pavoroso, mas o jeito que ela foi colocada na música é ainda pior. É literalmente outra música que foi socada de qualquer jeito, e “House Party” não perde em nada (Ficaria até melhor, inclusive). Eu não sei qual é a da SM de enfiar trap em tudo que é possível ultimamente, mas deviam parar com isso imediatamente.

Quer uma boa ideia para fazer seus grupos badass, SM? Achem a demo que a BoA usou em “Your Song” e se joguem.

“House Party” é uma faixa simpática na parte que é para ser simpática, mas esse break trap tirando qualquer regularidade da música mata esse comeback. Não que ela fosse ficar incrível sem esse break, mas seria uma coisa bem menos decepcionante de ouvir. “House Party” tenta ser uma boa companhia para esses tempos de isolamento, mas acaba sendo apenas uma música que não marca a vida de ninguém.

9 comentários em “Super Junior é meio tiozão do pavê, meio NCT da meia idade em “House Party””

  1. Vi alguém comentando no asian junkie que a ideia de enfiar o trap foi ideia do Lee Soo Man para apelar aos fãs mais jovens. E foi muito errada nem apelou aos mais jovens nem agradou a fanbase, só aquela que qualquer coisa q o artista solta eles engolem. Tem muito single que os blogueiros de fundo de quintal já desceram o pau. (Mamacita é hino sim) Mas esse I got boy de tiozão mixado no audacity não dá pra defender.

    Curtido por 1 pessoa

  2. A única coisa q passou pela minha cabeça quando ouvi essa música foi QUEM INVENTOU DE COLOCAR ESSE BREAK?! Ele parece um tapa na cara de quem escuta.

    Curtir

  3. Eu tô aqui pensando, serase eu gosto de trap?? Kkkk
    Pq eu gostei dessa música e parece que tenho a tendência de gostar de absolutamente tudo onde o trap tá enfiado, mas eu nunca parei pra ouvir nada de trap em si, vai saber né
    Anyway, Super Junior já foi meu grupo preferido, hoje em dia não é mais, porém eu ainda me interesso em ouvir seus comebacks pelo passado e por um gosto de dois ou três integrantes dentro deste grupo conservador. Então eu vou ouvir o álbum todo e com certeza acharei outras músicas que vão me agradar, scrr!

    Ah, essa música da Boa é muito legal, não conhecia, mas eu tenho pra mim que mesmo que o Super Junior, ou algum outro boy group da SM, ou qualquer boy group na vdd, lançasse essa música no lugar dela por exemplo, ainda assim vc não gostaria kkk (mas como diz a galera do BBB: posso estar enganada, visão minha daqui de dentro)

    Curtir

  4. é muito estranho ver esses veio pagando de novinho kkk

    deviam fazer igual ao S.E.S e assumir que são grandes idosos e sevir uns house mais safado, mais euro e afins pra ficar menos cringe

    por Deus, SM…… Vc tá totalmente perdida, nem parece que já serviu hinos como genie

    Curtir

  5. Já não gosto do NCT, e tenho uma preguiça enorme com o Super Junior que pode entregar qualquer bosta seca que os capopeiros do meu radar aclama_ mas desse o pau nas gatinhas que segue a mesma linha_ juntando os dois, me poupe.
    Pensei que era só eu que tinha notado a insistência do povo em fazer ele acontecer com os mais novos, as vezes fico com vergonha e acho engraçado_ se fosse um grupo feminino o povo iria tá descendo o pau também_
    PS. Essa da Boa maior e melhor

    Curtir

  6. gostei da musica odiei o break… acho q eles tem q se jogar em ser cafonas sem medo de ser feliz (que nem foram em super clap) e nao tentar forçar conquistar um “novo publico” pq isso definitivamente nao acontecerá e o recado infelizmente se encaixa pra todos os grupos da sm tirando o nct e o aespa

    Curtir

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: