Hot Issue bota um boom boom, um shoot shoot, um bang bang e debuta com “Gratata”

Hot Issue escolheu um momento apropriado para fazer sua estreia no K-pop, afinal não temos um girlgroup um pouquinho mais relevante lançando música nos últimos dias e toda a minha atenção acabou indo para elas, então temos que dar pontos para o ótimo timing que escolheram para debutar esse girlgroup. O problema está no debut em si, pois “GRATATA” é (literalmente) qualquer música que cai na sua playlist de girlgroup nugu por aí:

Esse batidão saído de um saldão de demos do BLACKPINK, a letra de gostosonas sem paciência para quem está começando que vão direto ao ponto e são cheias de atitude, as onomatopeias colocadas for the lolz… Não é a primeira e está longe de ser a última vez que ouviremos uma música como “GRATATA” no K-pop. Do primeiro ao último segundo essa música me traz um sentimento de cansaço, pois já ouvi uma música dessa várias vezes antes e tenho certeza que ainda vou ouvir vários grupos debutando do mesmo jeito depois (O que deixa tudo pior pra elas). Como o Hot Issue não traz nada de novo ou minimamente memorável para se destacar dos outros debuts, “GRATATA” acaba sendo só mais um girl crush no meio de tantos que rolam no K-pop.

O “”””grande”””” buzz desse debut está no fato do girlgroup ser da empresa de um dos fundadores da Cube, Hong Seung Sung, mostrando que talvez não seja coincidência o fato do nome do grupo ser o mesmo de uma das músicas do 4minute…

… E se o 4minute debutasse em 2021, elas lançariam uma música como “GRATATA”, pois as ex-Cube debutaram com a mesma proposta de grupo de gatinhas descoladas e cheias de atitude que te conquistam em 4 minutos (Daí o nome, entenderam?!). Isso me faz acreditar que em algum momento vão tentar emplacar uma nova Hyuna nesse Hot Issue mas, enquanto isso não acontece, vamos ter que aguentar algumas músicas mais do mesmo desse grupo (Sim, estou contando que o Hot Issue vai ficar nesse “girlcrush que todas estão fazendo” por mais uns 2 ou 3 singles até o CEO perceber que não está vingando e tentar mudar a direção).

“GRATATA” é um girl crush tão derivativo que, no final do dia, acaba não sendo marcante. É um single que traz atitude e mostra que elas querem marcar o K-pop com todo o poder que elas possuem, mas a concorrência está fazendo a mesma coisa e não é como se esse single fosse o melhor (Ou pior) exemplo de girl crush que a gente ouviu. Acredito que o Hot Issue tenha potencial para entregar coisa melhor, mas por enquanto é só mais um girlgroup que se perde em qualquer playlist de “girlgroups com atitude” que a fanbase vai servir por aí.


Hidden gem: Hide In The Dark

O mini-álbum “ISSUE MAKER” não tem nada 10/10, mas no geral traz um sabor melhor que o single com algumas faixas mais legais. Um bom EP de estreia, e a minha faixa favorita é “Hide In The Dark”, que é descrita como “Um trap sobre como a escuridão alivia as feridas em suas mentes” mas ainda assim me dá toda a energia mais pesada e introspectiva que a música quer passar. Gosto do refrão mais lento e dos vocais mais suaves que estão ali para valorizar a melodia do instrumental, me enviando para um mundo totalmente diferente do que elas fizeram com o single. Não é uma album track brilhante, mas é um ótimo acerto para mim.

8 comentários em “Hot Issue bota um boom boom, um shoot shoot, um bang bang e debuta com “Gratata””

  1. A Coreia tá tão parada que estou sendo obrigado a aceitar qualquer coisa que sai, dá uma olhada na nova do Enhypen (irmãos perdidos do bts), o refrão é muito bom, a única coisa estranha é a apologia a bebida quando metade do grupo nem tem pelos ainda.

    Curtir

    1. Amg, depois desse comeback do ENHYPEN eu tive a certeza que eu gosto de qualquer coisa que a BigHit lançar…🤦‍♂️🤦‍♂️🤦‍♂️

      Curtir

  2. A música nem faz mais sentido de tão genérica, os versos parecem que não tem uma marcação, um diferencial, é só um monte de batida junta e misturada que não faz o menor sentido pra mim.
    A sacada de colocar o nome do grupo em referencia a “hot issue” so 4minute é boa, foi isso que me fez esperar pelo debut do grupo. Quando vi o teaser do mv já me liguei no que seria… aaa cansa ver mais do mesmo em quase todos os debuts

    Curtir

  3. A história por trás foi interessante e o fato de ser o nome do single do 4 Minute. Mas a música é muito chatinha, os visuais…me pergunto se o kpop parou aí nisso e morreu nessa tendência Blackpinknesca. Que sono.

    Curtir

  4. as coisas andam tão paradas que tô esperando o comeback do Itzy contanto os dias, vi o teaser em algum lugar aí e apesar de ser batido, não vão fazer as meninas gritarem tanto pela música, ok, elas diminuiram um pouco as notas em Not Shy, mas enfim.

    Curtir

Os comentários estão encerrados.