Leftovers (21/06): Ailee, Yukika, Pink Fantasy, Angerme, uns ex-GOT7 e etc.

Eu estou dando conta de falar das coisas mais relevantes em posts solo, então talvez esse Leftovers não tenha lá tantas músicas que vocês saibam que existem… Ou artistas que vocês saibam que ainda trabalham.

Ailee – Starting Now

Lembram quando a fanbase botava a Ailee como a nova promessa do pop que, futuramente, se tornaria uma das solistas mais memoráveis do K-pop? Corta pra 2021 com ela lançando músicas que absolutamente ninguém se importa, como essa “Starting Now” que ela gravou para qualquer bobagem da empresa do rato aí e é qualquer popzinho Disney que se ouve aí. Pelo menos ela ainda faz barulho quando arranja uma OST de drama que está hitando.

Yukika – What’re you doing tonight?

Novo City Pop da Yukika para qualquer projeto de um produtor aí. Não é uma música que mude tantas vidas, mas é aquilo que eu espero e gosto de ver a Yukika lançando, então é outra vitória da japonesinha em Seul.

Hyolyn – Happiness…

Espero que esse projeto “Ramblings” seja algo que se resulte em um novo álbum da Hyolyn. Se for, eu tenho certeza que teremos músicas mais memoráveis que essa aqui.

Song Heejin – SODA

Tem algo no jeito que processaram os vocais dessa menina que simplesmente não funciona comigo, mas o instrumental é bem fofinho e vende bem a energia que essa menina transmite no MV. Estão no caminho certo, só não é 100% um hit para mim.

B.I – Illa Illa

Eu não lembro de absolutamente nada depois que essa música acabou de tocar aqui.

Pink Fantasy – Poison

Nem vou me iludir achando que o Pink Fantasy vai virar concorrência para o Dreamcatcher (Até porque vai saber se elas vão conseguir lançar outra coisa depois), mas tá aí um rockzão esperto onde 7 gatinhas e uma coelha servem dark concept e arrancam as cabeças do Metallica.

WEi – Bye Bye Bye

O pop/rock coloridinho da vez. Está dando certo com todo boygroup que vem apostando nisso, deu certo com esse tal de WEi.

ONEWE – Rain To Be

Tá na hora de surgir alguma banda pop/rock porém idol de k-pop para arrancar as perucas do CNBLUE mesmo (Uma vez que o Day6 nunca emplaca né).

BamBam – riBBon

O fim do GOT7 pelo menos rendeu 325 carreiras solo para seus fãs ficarem alimentados e pararem de encher o saco de qualquer um que fale que esse grupo está morto, enterrado e só ressurge das cinzas se o Jackson cansar de fazer dinheiro na China. Esse debut do BamBam é divertido, um trapzinho good vibes que te dá boas energias mesmo e deixa aquele gostinho agradável no final do dia…

Yugyeom – All Your Fault (feat. Gray)

… Já o solo desse mano aqui é só uma chatice mesmo.

Angerme – Oyogenai Mermaid

Isso tinha tudo para ser um synthpop oitentista, mas o Hello Project e a mania de farofar dramaticamente suas músicas acabou deixando a coisa toda mais… automática para um grupo do Hello Project. Ainda assim, é a melhor música desse novo triple a-side do Angerme.

Angerme – Aisare Route A or B?

O número retrô do single novo do Angerme. Pontos pela música parecer mais madura que o habitual “Idol goes to jazz” do J-pop, mas não sei se ouviria de novo.

Angerme – Hakkiri Shiyou Ze

Um cover da música de mesmo nome da banda Stardust Revue, pois o H!P está com essa mania de botar seus girlgroups para fazer uns covers aleatórios por aí. Nada tão memorável quanto “DOWN TOWN” do Juice=Juice, mas não ofende também.

Rei – Kimi to nara Ii yo

Totalmente previsível a carreira solo da Washio Reina ser baseada nessas faixas mais lentas de barzinho que você só curte para uma sofrência com 2 doses de cachaça no corpo. Depois de 10 anos batendo xota freneticamente com as coreografias do E-Girls/Flower, ela só quer descansar e viver a vida mais lentamente mesmo.

Chiaki Ito – Merry Go Round

Tem algo nessa música que me lembra MUITO “Russian Roulette” do Red Velvet, o que já faz dessa a melhor música da Chiaki Ito desde que ela saiu do AAA para investir na carreira solo. De resto, um popzinho descompromissado e animado para o verão, e acho que curti mais isso aqui do que deveria.

FAKY – Take My Hand

Duvido muito que esses números mais sentimentais e parados sejam o que o público do FAKY quer que elas lancem, mas a música não deixa de ser bonitinha.

eill – Kokode Ikewo Shite

Não faço a mínima ideia de quem seja essa eill ou do que se trata o anime Tokyo Revengers (Que essa música serve como tema de encerramento), mas é ainda outra delicinha pop/rock que o Japão faz muito bem e, pouco a pouco, eu vou aceitando como algo na minha playlist.

eill – hikari

Enquanto eu assistia o tema de Tokyo Revengers acima apareceu “hikari” nos vídeos recomendados como um novo lançamento da eill, e é uma gracinha também. Vai naquilo de pop mais introspectivo cujo auge é um break pós-refrão que dá um tom mais intenso para a faixa, mas o destaque mesmo são os vocais da eill que são bem gostosos. Talvez entre para o meu radar de gatinhas japonesas da nova era para acompanhar.

Kato Miliyah – Kono Yume ga Sameru Made (feat. Yoshida Brothers)

Eu já falei dessa música da Miliyah em outro Leftovers, mas como o Lunei não lê esse blog, vou repetir: A música é ótima, e esse arranjo tradicional combinou muito bem com a voz da Miliyah. 2 meses depois, acho que essa é uma das músicas mais “fora da caixinha” que a ela lançou recentemente.

MAX – SIMIUS SONG

Amo o fato do MAX ser formado por 4 tiazonas que topam lançar qualquer merda EDM velha só para mostrar para Namie Amuro que elas ainda tem ossos saudáveis e conseguem trabalhar.

BÍCH PHƯƠNG – Đố Anh Đoán Được

YAY! Bich Phuong está de volta com o número pop disco que Doja Cat mataria para lançar como a sucessora de Say So. E essa lenda do Vietnã segue acertando em todo single pop que se propõe.

4 comentários em “Leftovers (21/06): Ailee, Yukika, Pink Fantasy, Angerme, uns ex-GOT7 e etc.”

  1. “Nem vou me iludir achando que o Pink Fantasy vai virar concorrência para o Dreamcatcher”

    A essa altura, o Pink Fantasy já pode comemorar se conseguir manter a mesma formação até o próximo comeback (se houver um).

    Mas a música e o MV ficaram muito bons e tiraram o gosto azedo deixado por “Lemon Candy”.

    Curtir

  2. Não sei se é o biased falando alto mas acho que o DAY6 tão bem sucedido como banda… não promovem mais como kpop há dois anos, só lançam a música e mv, e tem vendas boas pro mercado coreano e internacional. Só perderam a paciência de promover em Inkigayo da vida.

    Curtir

Os comentários estão encerrados.