Top Top.jpg: As 10 melhores músicas do Asian pop em 2021 (Até agora)

Depois de criar um buzz com as 10 músicas mais pau mole do ano até aqui, está na hora de mostrar que também sei aclamar algumas coisas e eleger as 10 melhores faixas desse 1º semestre no Asian Pop. Esse post vai me render tantos views quanto o Top Top de ontem? Claro que não, pois vocês gostam de caos e confusão, mas para os que tem mais curiosidade em saber quais foram as 10 faixas mais memoráveis para esse blogueirinho (E adquirir um ou outro bop que você talvez não conheça), clica no leia mais e veja o que o Asian Pop entregou de melhor em 2021 até aqui:

10º lugar — Yuqi – Bonnie & Clyde

Eu fiquei na dúvida entre colocar “Giant” ou “Bonnie & Clyde” (Além de outras músicas) nesse Top 10, mas esse debut solo da Yuqi foi aleatoriamente a coisa mais interessante do K-pop (A ponto das duas músicas merecerem uma menção) então eu tinha que colocar a gatinha do (G)I-DLE nesse top. Como ultimamente estou mais inclinado a intensidade e ferocidade de “Bonnie & Clyde”, o pop/rock que surrou a Olivia Rodrigo merece abrir esse Top 10 com muito orgulho e qualidade, mas fica aqui a minha torcida para a Cube investir mais nela solo para a Yuqi entregar faixas tão fortes quanto essa aqui.

9º lugar — Fujii Kaze – Kirari

Fujii Kaze já era um artista que estava no meu radar desde o ótimo “Help Ever Hurt Never”, mas nada dele tinha me prendido a ponto de aclamar e ouvir sempre em casa. Porém, para tudo se tem uma primeira vez, e com o funkyzão de “Kirari” eu falei “Meu deus, agora ele me atingiu”. Acho que o que mais me encanta é esse jeito “entediado” do Fujii Kaze cantando essa música, pois dá um contraste interessante no instrumental e eleva a música a um sentimento único. Eu simplesmente deixo “Kirari” me levar até onde ela quer me levar, e essa atmosfera própria da música deixa a experiência ainda mais memorável e marcante na minha playlist.

8º lugar — fromis_9 – Airplane Mode

2021 ainda não trouxe uma “Labyrinth” ou uma “Heavy cloud but no rain” como as b-sides para definir o K-pop, mas trouxe o fromis_9 servindo a deliciosa “Airplane Mode” que vai bater a cota de b-side desse Top 10. Essa música é muito boa de ouvir para um dia mais puxado que você está cansadíssimo e só quer desativar por um tempo, e vem me servindo muito bem para aqueles momentos de conforto, onde eu só quero uma cama e um som que eu me sinta abraçado ouvindo, então eu sou muito grato pelo que o fromis_9 entregou nessa música leve, com uma batida que me traz paz e vocais adocicados. A fórmula perfeita para uma música adorável.

7º lugar — Utada Hikaru – One Last Kiss

Falando em músicas que me trazem conforto, Utada Hikaru finalmente surgiu com seu tema de Evangelion e salvou o J-pop das quarentonas da fanbase e de vários otakus por aí. Cada novo elemento que surge em “One Last Kiss” é um sopro relaxante que me dá vida, minimamente pensado em soar como uma faixa intimista mas, ainda assim, pop. Essa mistura entre o alternativo e o mainstream que Utada consegue fazer muito bem vinda, e os vocais são hipnotizantes em níveis que eu simplesmente não consigo parar de ouvir. Fácil a melhor música de Utada desde “Michi”.

6º lugar — FEMM – Come & Go

É uma pena que apenas 5 pessoas ainda acompanham FEMM em 2021, pois esse ano está sendo impressionante e o melhor delas desde o FEMM-Isation. As 4 músicas que elas lançaram esse ano são incríveis, mas a minha favorita vai para “Come & Go” que me lembra muito farofa eletrônica que a Jovem Pan tocaria em 2008 (Antes dessa patifaria que a rádio e futura TV é atualmente). É por esse espírito anos 2000 que o FEMM encantou milhões (rs) com o FEMM-Isation, e é por isso que eu vivo por essa música mesmo com esse vídeo podre. Agora só falta elas arranjarem um vídeo tão icônico quanto o de “Fxxk Boyz Get Money” para elas voltarem ao radar dos gays mais “alternativos” do twitter.

5º lugar — ONEUS – Black Mirror

Colocar um boygroup no Top 5 em alguma coisa positiva nesse blog é sempre chocante (E isso que ainda considerei botar “Beautiful Beautiful” do ONF no Top 10 também), mas o ONEUS mereceu uma vaga nesse post por ser a melhor emulação de Michael Jackson que um boygroup entregou em muito tempo. Se eu falar que achei essa música melhor que qualquer emulação de Michael Jackson que o SHINee já fez na vida vem uns 3 querendo me caçar, mas essa música é muito viciante, contagiante e me deixa muito feliz ouvindo, então eu vou só afirmar que tem MUITO tempo que não curtia um monte de maninhos dançando em uma música quanto o ONEUS fez com “Black Mirror”.

4º lugar — WJSN The Black – Easy

Vez ou outra o K-pop tem que me lembrar que sou uma gay básica que adora gatinhas de terno servindo grandes gostosas num batidão house safadíssimo, e o grupo da vez foi a sub-unit do WJSN que debutou esse ano deixando todos os carentes por uma faixa sensual muito bem alimentados com “Easy”. Uma música redondinha, que me deixa 92% mais gostosa (Ai eu amo esse título) e me faz dançar lenta e sensualmente a medida que essa delícia se desenvolve. Em algum momento o WJSN entregaria uma sub-unit mais rampeira para os gays, mas eu não esperava amar tanto quanto eu amei esse debut.

3º lugar — Ken Hirai – 1995

Eu não entendo absolutamente nada nisso aqui. “1995” tem orquestra, tem apropriação cultural, tem música eletrônica pipocando no instrumental, um ritmo frenético, o Ken Hirai chapadíssimo cantando essa música e um velho bêbado viajando horrores com a cabeça do cantor no MV. “1995” é tão absurda e caótica que tinha tudo para dar errado mas, de alguma forma, essa música dá a volta e dá muito certo. Não costumo dar muita moral para o Ken Hirai, mas esse especial de 25 anos de carreira está muito bom e “1995” lidera toda essa comemoração de forma gloriosa.

2º lugar — CAPSULE – Hikari no Disco

Possivelmente esse é o grande comeback de 2021 entre a parte da blogosfera que dá alguma moral para o J-pop, e que bom que o CAPSULE está de volta não só pela existência de Toshiko dirigindo um carro, como pelo retorno do Nakata para as produções icônicas dele. “Hikari No Disco” não tem nada muito novo se tratando de CAPSULE e é basicamente uma versão city pop de um grande pancadão da dupla, e por isso mesmo essa música se torna grandiosa, pois une tudo que o Nakata faz de melhor com tudo que a maioria dos fãs de asian pop vem aclamando por aí. O melhor J-pop de 2021 até o momento, e só não é o #1 dessa primeira metade do ano pois uma nuguzona aí resolveu fazer algo que eu aprecio AINDA MAIS:

1º lugar — Youha – Abittipsy

Eu não sei quem é a Youha ou de qual reality show essa menina pode ter saído, mas desde que ela lançou “Abittipsy” eu decidi que deveria prestar atenção nela. Lançar um synthpop na Coreia está sendo muito fácil, mas lançar um synthpop saído diretamente da discografia da Robyn (Sendo praticamente a prima bêbada de “Call Your Girlfriend”) foi algo que só essa jovem teve a audácia de lançar. A Youha lançou “Abittipsy” sem saber que faria tudo por um gay, e acabou conquistando a minha música favorita desse primeiro semestre.

Para mais listas espertas e recomendações ligeiras do melhor do asian pop, siga o blog no twitter (@popasiaticojpg). E se quiser doar uma quantia para dar uma valorizada em toda essa bagunça que esse blog é, faz um pix (Chave: dougielogic@gmail.com).

6 comentários em “Top Top.jpg: As 10 melhores músicas do Asian pop em 2021 (Até agora)”

    1. Passada que tu gostou dessa música desse tal Oneus, eu não acho ela boa e nem ruim, o instrumental até pareceu legal, mas não tive simpatia nenhuma por esses vocais.
      Agora o restante da lista gostei, a moça que tu colocou em primeiro lugar é surpreendente e bem produzido. E tem uma vibe que foi produzida lá fora e não Coreia, porque parece mais “limpo”, impressionada.

      Curtir

  1. Kpop está fraquíssimo esse ano pra mim, o que me obrigou a migrar quase que completamente pro jpop dessa vez. E foi numa dessas playlist aleatórias que tocou essas músicas mais recentes do femm (que eu até já escutava algumas coisas, mas até o momento nunca tinha deitado) e foi assim eu me tornei a sexta pessoa que ainda acompanha elas.

    Agora one last kiss dê utada foi provavelmente a faixa de pop asiático que eu mais ouvi em 2021

    Curtir

Os comentários estão desativados.